Roriz em alta depressão

Há dias, numa radiografia-computadorizada sobre a campanha eleitoral de Brasília, informei que Roriz está doente, emagreceu tanto, que está irreconhecível, menos em matéria de corrupção.

A campanha ESTEVÃONIZADA

Logo que saiu a matéria, o ex-governador foi hospitalizado no maior segredo, “baita depressão”. Ficou 48 horas, voltou para casa. Motivo: acha que não perde, mas tem medo de que não registrem sua candidatura. O espertíssimo e cada vez mais rico Estevão, aproveitou e quer ser vice de Roriz.

Por que não cabeça de chapa?

Muitos me perguntam: por que Estevão não sai candidato a governador? Primeiro que ele não sabe se a sua inelegibilidade já acabou. Ele diz que SIM, juristas dizem que NÃO. E ele conhece o estado de saúde de Roriz.

Nessa matéria que publiquei, totalmente reproduzida por rádios e a própria internet, eu apresentava como favoritíssimo à reeleição o senador Cristovam Buarque. Agora vou completar a chapa.

Senador Rodrigo Rollemberg

Esse será o segundo candidato ao Senado, com toda a chance e possibilidade de se eleger. Ele e Cristovam fizeram um acordo, um pedirá voto para o outro. É filho da grande figura de Armando Rollemberg e irmão do brilhante jornalista Armandinho Rollemberg. Se morasse em Brasília, votaria nos dois.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *