Rose sabia para quem ligava

Percival Puggina

Quando a Polícia Federal iniciou a operação de busca em sua residência, a chefe do gabinete do Escritório de Representação da Presidência da República em São Paulo, deu de mão no telefone e ligou para quem? Para um advogado? Para a presidente Dilma? Para o ministro da Justiça, o companheiro Cardozo? Não. Ligou para o Zé (como diria Roberto Jefferson).

O fato talvez seja surpreendente para quem não conhece a “lógica” mafiosa de certos grupos políticos que jamais deixam ao desamparo os membros da famiglia. Ela tinha certeza de que poderia contar com o pronto apoio do seu Corleone. No entanto, neste momento, Dirceu está com seu campo de ação limitado e respondeu que nada poderia fazer.

O telefonema em questão vale por um depoimento sobre o poder de José Dirceu dentro do PT e sobre como, apesar de tudo, os quadros petistas ainda o veem.

(Do Blog do Puggina)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *