Rubens Bueno, relator na Câmara, vai propor restrições ao auxílio-moradia

Resultado de imagem para rubens bueno

Bueno vai acabar com a farra do auxílio-moradia

Deu em O Tempo
(Agência Estado)

Em acordo com o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), marcou para março a votação de projeto que regulamenta o recebimento de auxílio-moradia para autoridade dos Três Poderes. Relator da proposta na Casa, o deputado Rubens Bueno (PPS-PR), vai propor acabar com o pagamento do benefício para juízes e membros do Ministério Público que tiverem domicílio de trabalho fixo.

Ainda não está decidida a regra para deputados e senadores. “Essa regulamentação vai atingir todos os Poderes. Ela precisa ser feita e será feita durante o mês de março de forma harmônica, no diálogo, para que se organize do jeito que a sociedade espera, mas entendendo a realidade de cada um dos Poderes”, afirmou Maia após reunião com a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia.

HÁ EXCESSOS – “Tem parte desses auxílios que fazem sentido. Então, a gente precisa separar o que pode ser o excesso e o que é legítimo para o exercício de uma função”, acrescentou.

A regulamentação será votada por meio do projeto que regulamenta a aplicação do teto remuneratório vigente no País, hoje de R$ 33,7 mil, salário de um ministro do STF. A proposta já foi aprovada no Senado em 2016 e está sendo analisada em uma comissão especial da Câmara desde setembro de 2017.

9 thoughts on “Rubens Bueno, relator na Câmara, vai propor restrições ao auxílio-moradia

  1. E por quê só agora isso ? Porque parte dos Juízes, Promotores, Delgados e equipes, idealistas, houveram por bem romper o velho pacto de silêncio face ao $istema político podre, sem se importarem com as consequências do rompimento face aos tradicionais cala-boca, mimos, privilégios e cia oferecidos a vida toda pelo dito cujo $istema político podre, com prazo de validade vencido há muito tempo ?

  2. Este senhor é autor da Lei que obriga, os veículos a acenderem os faróis baixos, durante o dia, nas rodovias do Brasil.

    Sem nenhum estudo de resultados, antes e depois da implantação da Lei, fez a Alegria dos fabricantes de lâmpadas, sem falar do nada desprezível acréscimo de consumo de combustível, e agressão ao meio ambiente.

    O que esperar de Rubens Bueno?

    • Eduardo
      Muitos são os questionamentos sobre veículos e seu uso.
      infelizmente, muitas opiniões são dadas sem qualquer razoabilidade.
      Sugiro que leias o artigo abaixo.
      http://jornaldocarro.estadao.com.br/carros/saiba-por-que-usar-os-farois-de-dia/

      Participo de grupo que estuda, com técnicos e especialistas, uma série de situações envolvendo veículos. É impressionante o nosso desconhecimento e das autoridades. Só queremos soluções que nos beneficiem.
      vale a pena conhecer.
      Abraço e saúde.
      Fallavena

      • Caro Fallavena

        Agradeço a observação, e pergunto, por que a Lei não libera a opção de faroletes a LED, de baixo consumo, permitindo inclusive a instalação destes, em veículos mais antigos?

        Não existe a apresentação de estudos de vidas “poupadas” a partir da Lei, tão pouco se divulgou o aumento de gasto de combustível em decorrência da alimentação dos faróis e todas as luzes do veículo, em milhões, rodando com esse consumo adicional.

        Sem falar na industria das multas.

        Imitar outros países é pouco.

        • Caro Eduardo
          Temos muito que estudar, aprender e melhorar.
          mas são poucos que desejam isto. A maioria, a imensa maioria é irresponsável,
          Quanto a “indústria da multa”, te afirmo com a convicção de quem analisa isto desde 2015: o que existe são motoristas sem educação.
          Alguns defendem CAMPANHAS DE EDUCAÇÃO. mas após entrega CNH? Não deveriam ter educação antes?
          Na minha cidade, rotularam empresa pública de indústria da multa.
          No trabalho que realizamos, a empresa multa em torno de 0,04 das infrações!
          No último levantamento, numa avenida de 2 kms, identificamos 216 veículos estacionado sobre as calçadas. Nenhum foi multado.
          Não querem multas, não querem lombadas, não querem multadores escondidos. São os mesmos que elegem os corruptos e os acusam de corrupção. Não sabem ou fazem não saber que descumprir leis também é corrupção.
          Solicito que autorizes CN a encaminhar teu email para o meu. Gostaria de manter contato direto.
          Abraço.
          Fallavena

          • Caro Fallavena

            Será um prazer contar com seu saber e amizade.

            Desde já peço ao CN que lhe informe o meu email, do provedor YAHOO, desta postagem.

            Abraços,

            Eduardo

  3. O Limpinho queimou a cara quando disse que achava o Auxílio-moradia correto, até pode ser legal mas sempre foi imoral. Aí queimou o filme de vez quando descobriram que o cara tem um imóvel no DF e recebe Auxílio-moradia para morar na própria casa. Duvido muito que esta imoralidade do Auxílio-moradia acabe um dia, quem é que quer deixar de receber esta renda extra livre do IR?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *