Sarkozy tenta obter votos desafiando o islamismo em Paris

Pedro do Coutto

O presidente Nicolas Sarkozy, desaprovado por 71% do eleitorado francs, tenta erradamente recuperar o prestgio perdido e obter votos para o sucesso em maio de 2012 restringindo os hbitos mulumanos e desafiando o islamismo nas ruas de Paris, esquecendo que a capital de seu pas historicamente um exemplo de liberdade, arte, beleza.

Reportagem excelente de Lus Kawaguti, enviado especial da Folha de So Paulo, publicada na edio de sbado 16, focaliza, depois do veto ao uso da burca e do vu islmico, agora a disposio do governo de proibir oraes mulumanas nas ruas. O ministro do Interior, Claude Guent, tenta justificar Sarkozy dizendo que o estado laico. Argumento primrio.

Se assim fosse, as procisses tradicionais que saem de Notre Dame e Madeleine, duas igrejas monumentais e belssimas no poderiam mais se realizar. Quando estive em Paris, em maro, li o resultado de pesquisa de opinio pblica do dirio Liberacion revelando que, se as eleies fossem agoraSarkozy correria o risco de no ir ao segundo turno. Rejeitado por 71%, encontrava-se atrs de Marine La Pen. A candidata da direita tinha 24 pontos, ele 23. Uma faixa muito grande do eleitorado aguarda qual ser o candidato do Partido Socialista. natural. Os socialistas apresentam um amplo elenco de nomes, porm no se fixou em nenhum at o momento. Mas ter que terminar decidindo e obtendo a unio. No quadro atual, nunca foi to fcil vencer.

Desde 1965, quando De Gaulle instituiu novamente o voto popular, somente por uma vez gaulistas e socialistas deixaram de disputar o segundo turno, alis inveno francesa. L chama-se ballotage. Em 65, foram ao segundo turno o prprio De Gaulle e Mitterrand. Na sucesso seguinte, Giscard DEstaing e Mitterrand. Giscard ganhou. Mas ao buscar mais um mandato foi derrotado por Mitterrand. Este venceu mais uma sobre Chirac. No curso da histria, Chirac venceu Jospin. Equivocadamente, Lionel Jospin, numa composio parlamentar, aceitou ser o primeiro ministro. De Chirac. No pleito seguinte ficou sem mensagem e como candidato da oposio. No foi ao segundo turno.

Chirac, assim, teve o apoio dos socialistas: foi vitorioso. Derrotou Le Pen. Na ltima disputa, Sarkozy ganhou de Segolene Royal no segundo turno. Esta a histria dos combates polticos. Ao longo dos 45 anos do voto direto, apenas uma vez gaulistas e socialistas deixaram de seenfrentar na ballotage.

Proibir atitudes e atos religiosos no caminho positivo para as urnas. Sarkozy omite que o Isl no constitui apenas uma religio, mas tambm um cdigo de conduta. Desafiar os mulumanos admitindo que tal deciso possa acrescentar votos significa tanto uma falta de percepo quanto de conscincia. Ao contrrio de fortalecer sua posio, o abala ainda mais. A impresso que deixa a de que a Frana e os franceses vo contemplar uma outra primeira dama nos Campos Elseos no lugar de Carla Bruni daqui a pouco mais de um ano. Na primavera, em Paris.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.