Sarney não “ressuscitou” a CPI da Petrobras

O jornalão desinformou feio na manchete. A CPI só saiu por causa da intimação da oposição na quarta-feira: “Se a CPI não sair, amanhã, quinta, às 10 da manhã, estaremos indo ao Supremo”. Na mesma quarta informei: “A oposição e a “base” não querem ir ao Supremo”.

Ontem, quinta-feira, como a “base” tinha certeza de que perderia, resolveu fazer o acordo. No final da tarde, surgiu mais acusação contra Sarney, ele não foi presidir a sessão, constrangido.

Às 6 da tarde, Artur Virgilio foi á tribuna, explicou: “Fiquei esperando Sarney presidir a sessão, não gosto de criticar ninguém ausente. Mas não posso deixar de falar”.

E foi duro com Sarney, exatamente o contrário do que está na manchete do jornalão. E se a palavra “RESSUSCITOU” pode ser usada, é em relação ao próprio Sarney. Como presidente do Senado, respira por aparelhos. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *