Se Jair Bolsonaro vencer, quem governará o país serão os chefes militares

Resultado de imagem para poder militar charges

Charge do Newton Silva (newtonsilva.com)

Carlos Newton

No passado recente, já houve candidatos militares à Presidência, como o marechal Eurico Dutra, o general Henrique Lott ou o brigadeiro Ivan Frota. Mas desta vez é diferente. Nas eleições anteriores não havia este carimbo de “chapa militar”, que acaba de ser estampado na candidatura do capitão reformado Jair Bolsonaro, que já havia tentado montar a chapa puro-sangue antes, com o convite ao general Augusto Heleno, que foi vetado pelo partido dele, o PRP, uma recriação da velha legenda integralista fundada por Plínio Salgado.

O que acontece agora é que os militares novamente querem o poder. Com o lançamento do general reformado Hamilton Mourão, presidente do Clube Militar, a situação fica mais clara. Os militares querem voltar ao Planalto, mas desta vez não precisam dar golpe, tentarão através do voto popular.

“NÃO FOI FELIZ” – Em seu discurso, no lançamento da chapa, o general Mourão fez um “mea culpa” e afirmou que ter errado ao defender a intervenção militar no país. “Naquela ocasião, eu não fui feliz na forma como respondi. O que eu quis colocar é que as Forças Armadas, dentro da visão militar, são responsáveis pela garantia dos poderes constitucionais e da lei e da ordem. Quando se fala isso, está falando em garantir a democracia e a paz social. Felizmente tudo está caminhando da forma que tem que ser” – assinalou.

O vice de Bolsonaro ressalvou que não existe uma tentativa de atentado contra às instituições nem risco de intervenção militar. “Não estamos atentando contra as instituições, buscando quebrar o sistema democrático. Que radicalismo que existe aí? Não existe” – disse o general.

MÍDIA É CONTRA – O mais interessante na situação atual é que, ao contrário do que ocorreu em 1964, a grande mídia se posiciona contra os militares. Capitaneada pelo Grupo Globo, fica clara a aversão dos jornalistas aos candidatos militares. É exatamente o contrário do que ocorreu em 1964, quando apenas a Ultima Hora defendia o presidente João Goulart. Não há um só órgão da grande mídia que defenda Bolsonaro. 

Ninguém sabe o que pode acontecer nesta eleição, a mais confusa desde a vitória de Collor, que na época era o preferido da mídia. O que já se percebe é que os militares vêm com tudo em cima, beneficiados pela incompetência da geração que está hoje no poder. Sem dúvida, Fernando Henrique, Lula da Silva, Dilma Rousseff e Michel Temer são um fracasso continuado, presidentes que jamais defenderam os interesses nacionais.

E como não houve renovação de valores nas lideranças civis, vide os exemplos sinistros de Aécio Neves e Sérgio Cabral, o Brasil não tem hoje um candidato que realmente mereça o voto. Teremos de escolher o menos ruim.

###
P.S. –
Este é o quadro político, por enquanto. Com a adesão do general, de repente a chapa do capitão ficou mais forte. E do lado civil, resta definir quem enfrentará os militares, que a meu ver estarão no segundo turno, devido à progressiva desmoralização da classe política. Vai ser uma decisão eletrizante em 28 de outubro.

P.S. 2 – É claro que, se Bolsonaro vencer, não será ele quem governará. Os chefes militares vão assumir o poder. Desta vez, sem torturar e sem matar ninguém. Quanto a Bolsonaro, ele apenas vai posar de presidente.  (C.N.)

58 thoughts on “Se Jair Bolsonaro vencer, quem governará o país serão os chefes militares

  1. Discordo do PS 2. Acredito que sendo vencedor nas urnas, Bolsonaro, que desde o inicio de sua pré campanha sempre foi ele mesmo, será fielmente o presidente, mas que se valerá de mentes militares e não militares em sua equipe de governo e de trabalho.

  2. Não penso que os militares queiram o poder . Enxergo por um outro prisma, pois a sociedade possuidora de valores éticos e morais deseja no Poder, pessoas de passado que construíram suas vidas sem meter a mão no Erário, sem participar de negociatas espúrias, sem se valer de suas trajetórias funcionais para cambalachos diversos que fizeram no nosso País enormes desvios, que se tivessem sido alocados de maneira honesta não estaríamos com nossa dívida pública interna de magnitude bem periclitante.
    Concluindo, essa chapa formada por militares da reserva foi a maneira como eles vislumbraram alcançar o poder, para dar um fim a essas mamatas desconcertantes que estão acabando com o Brasil.
    Com todo o respeito ao Sr. Carlos Newton.

    • Sua opinião está perfeita, amigo Haley, não destoa em nada do que escrevi, mostrando que desta vez é diferente, os militares querem voltar ao poder pela via democrática, e têm todo o direito de disputar e vencer.

      Abs.

      CN

      • Assim como a corja terrorista conquistou o poder pelo voto, em 2003; com todo respeito, mas não tanto. Daí prá frente, há que se considerar a fraude nas apurações das urnas.

  3. Discordo. Entendo que os tempos são outros. O que se passou, passou. Ambos os lados com seus erros.
    Hoje, existe ,sim, o saudosismo do respeito, do patriotismo, da família como célula da nação, da disciplina, da ordem, do progresso….. E isto não se trata de caserna , tratam-se de valores perenes de uma nação séria e ordeira.
    Somos ,hoje, um péssimo exemplo para o mundo.
    Tem que haver mudança, e esta mudança, não deve ser atrelada à pecha de ditadura como querem alguns.

  4. O trem da Democracia não para e segue em frente. E a democracia é exigente, se fez por merecer continua, se não, é deixado na primeira estação e é esquecido. Nessa ótica, se observa que os governos civis foram tão ruins, não trouxeram soluções, que aquele passageiro que ficou lá trás, deixou saudades. O mesmo se repete. Na marra não se aceita nada, nem miliares, nem socialistas. Pela linha Democrática socialistas já mostraram sua incompetência, agora chegou a vez, do outro lado assumir por esse trajeto. E vamos ver como vai ser. Teremos então uma visão clara, pelo todo, o que é melhor para o Brasil.

  5. Visão estreita do CN. Tivemos o Plano Real com o Itamar, A lei de Responsabilidade Fiscal com FHC, O Limite do Teto pelo Temer, estas 3 medidas salvaram o Brasil.
    O Temer tecnicamente é o melhor presidente que o Brasil teve nos últimos 100 anos, mas popularidade está abaixo da barriga da cobra. Será que a oposição vai tentar desfazer tudo de bom e voltar a era das trevas(Dilma e Lula).

  6. Pior do que a reedição do Fla-Flu dos últimos 20 anos, será a reedição da estupidez de 64, prenunciada a partir da anistia, em aquecimento desde 2014, sendo verdadeiro, constatado in loco, que já estão nas ruas o fanatismo tão nefasto quanto perigoso entre bolsonaro-militaristas X lulo-petistas e pós-militaristas, sendo pouco provável que em caso de derrota da dupla Bolsa-Mourão, com o militarismo aguçado pelos mesmos, estes voltem para a caserna de mãos vazias, abanando, e com o rabo entre as pernas. Se com o Aécio surrado pela Dilma já deu chabu, imagine o que pode acontecer com o Capitão-General levando uma coça do lulo-petismo nas urnas, e vice-versa, ninguém respeitará o resultado das urnas, haja visto o precedente gerado em 2014, com o quadro atual ainda mais deteriorado. Julgo de bom conselho, à “Gurizada Fandangueira” da ambos os lados, fardada e à paisana (com a qual o Brasil já perdeu mais de 50 anos e que já nos custou muito caro), que, ao invés de nos obrigar a perder mais tempo em vão, que abraçarem a RPL-PNBC-DD-ME, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, para que todos juntos e misturados façamos aquilo que tem que ser feito que é resolver o nosso Brasilzão para os próximos 100 anos, descortinar novos horizontes, salvar o presente e pavimentar o futuro alvissareiro para o bem de todos os irmãos brasileiros e, sobretudo, para o bem das próximas gerações. Fuja dos mico$ e das treva$, vem comigo Brasil, Deus me mostrou O Mapa da Mina do bem comum do povo brasileiro.

      • a tal da ”’eleição”’ de 2014 foi safadamente FRAUDADA
        por um SAFADÃO !!!

        ainda vai nascer quem me convença de que, naquele evento, não houve PuTifaria !!!

        pelo menos 3 milhões, ou ALGO MAIS de votos
        foram DESVIADOS do cheirador para a estocadora de VENTOSIDADES!

        hoje se vê que foi a salvação do país !!!

        • O problema é que a tralha eletrônica que usamos como urna não permite recontagem. Nem mesmo certeza dos números apresentados.
          Se temos duas urnas e uma for hackeada não há como saber. E hackeada pode ser tanto fraudada como saber em quem cada pessoa votou. Mas o pior de tudo é que embora não haja segurança do sigilo na votação, há sigilo na contagem (fraudulenta ou não) totalizada pelas “urnas”.
          Uma farra de bêbados.

      • Caro Marcio, Dilma foi eleita pelo sinistro Toffoli, na apuração secreta das urnas fraudáveis), sem fiscalização de Partidos, e até proibição de ministros da corte presenciar. Brizola provou, e ano passado o presidente da firma, denunciou, a mídia estrangeira escandalizou e a nossa se omitiu, e o cara soltador de bandidos hediondos vai ser presidente do STF, que já está stf, não merecendo qualquer crédito do Cidadão consciente de seus Deveres para um Brasil decente e justo.
        Dilma ganhou na corrupção que grassa no País, estuprado e vilipendiado pelos criminosos hediondos da caneta, DEUS sabe, e o cidadão consciente, também!!

  7. Carlos Newton, quando da entrevista do candidato Bolsonaro na GloboNews, no final e já encerrada a entrevista, a mediadora Miriam Leitão pediu um minuto, porque ela estava ouvindo pelo “ponto” a leiitura de um editorial-resposta que a direção da emissora preparou às pressas para rebater Bolsonaro, que havia repetido uma passagem do editorial que Roberto Marinho publicou em 1984, defendendo o golpe de 64.

    À medida que Miriam ouvia, a apresentadora, vagarosamente repetia para todos ouvirem. No texto, a direção da emissora lembrou que na época todos os grandes jornais apoiaram o golpe, “à excessão da Último Hora, que se posicionou contra”, afirmou o editorial repetido por Miriam Leitão..

    Pergunto: Carlos Newton, foi só a Última Hora? E o Correio da Manhã não se posicionou contra também?

    Abraços.

    • Prezado Dr. Béja, o Correio da Manhã também ficou contra Goulart. Somente depois, quando se configurou a ditadura e os Atos Institucionais é que o Correio passou a cobrar a redemocratização. Acho que, na época, o Pedro do Coutto estava no Correio e viveu intensamente a situação.

      Abs.

      CN

    • Caro Dr. Béja … Jango realmente se isolou … arrumou briga com os católicos e as mulheres ao falar que seguia os Papas; porém, disse que não adiantava rezar Terço para impedir as reformas … e arrumou briga com MG ao decretar reforma agrária nas terras limítrofes a bens federais … perdeu apoio da grande maioria da Igreja e de MG, inclusive JK!!!

      Abração.

  8. PREFIRO A TERCEIRA VIA DE VERDADE, que é a RPL-PNBC-DD-ME, o Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, com Democracia Direta e Meritocracia Eleitoral, o contraponto ideal aos últimos 128 anos de domínio da dupla, militarismo e antimilitarismo, irmãos siameses que perfazem a primeira e segunda vias, que, há 128 anos se revezam no poder central da república 171 dos me$mo$, em regime de simbiose, uma alimentando a outra, com a população sempre entrando de gaiata no navio furado dos me$mo$ que protagonizam a plutocracia putrefata que aí está e sempre esteve há 128 anos, com jeitão de cleptocracia e ares fétidos de bandidocracia, fantasiada de democracia só para enganar a freguesia, com a política, o estado, o mercado e a população capturados, dominados e manipulados por bandidos mancomunados em permanente estado de guerra tribal primitiva, permanente e insana, por poder, dinheiro, vantagens e privilégios, sem limite$, à moda tudo de bom para elle$, principalmente os filés e os bônus, e o resto que se vire com os ossos e os ônus, dos quais somos todos vítimas, reféns, súditos e escravos, e dos quais urge nos libertarmos como nos propõe a RPL-PNBC-DD-ME, a Revolução Redentora da política, da nação e da população, o Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, rumo ao qual todos estão convidados. Vem comigo Brasil, basta, chega dos me$mo$, fora todo$, Democracia Direta Já, com Meritocracia Eleitoral, fuja dos mico$ e das treva$ do continuísmo da mesmice, Deus me mostrou O Mapa da Mina do bem comum do povo brasileiro, o novo caminho para o novo Brasil de verdade. http://www.tribunadainternet.com.br/lula-na-esquerda-e-bolsonaro-na-direita-definem-os-c

  9. Apesar de achar que essa parelha puro sangue não chegará longe , kinda mais diante de novas declarações nazi racistas , devo lembrar do ” ilustre ” Severino Cavalcante ” : o presidente faz o que quer desde que o Congresso aprove.
    Ontem jantei com um pessoal. do Olodun e senti como a declaração do Mourao ” pegou hem ” .

  10. Bom Dia Carlos Newton,

    Desde 2014, logo após as eleições presidenciais, foram sendo perdidas todas as condições de governabilidade para qualquer governo.

    Em 2016 com o impeachment, esse processo se radicalizou de forma profunda e irreversível.

    Hoje o presidente tem 97% de rejeição.

    Todos os nomes à Presidência tem altíssimos índices de rejeição, variando de 50% a 70%, índices que só tendem a aumentar durante o período eleitoral e pós-eleitoral.

    O próximo governante terá de lançar mão de medidas autoritárias para implementar seu plano de governo, até mesmo antes de assumir o governo?

    Essa é uma avaliação que venho desenvolvendo há algum tempo e ainda não vi nenhum artigo na mídia brasileira antevendo essa situação.

    Seria muito proveitoso um artigo de sua autoria e de algum articulista sobre isso.

    Saudações.

    • Caro leitor e comentarista Luis Hipolito Borges,
      Infelizmente, no Brasil não temos planos estratégicos visando o futuro, haja vista que no mundo desenvolvido a sociedade entende que no presente devem ser implantadas mudanças enxergando o futuro.
      A visão míope do corporativismo e do patrimonialismo de uma elite política e econômica e as castas burocráticas incrustradas no legislativo, no executivo e no judiciário vão matar a galinha dos ovos de ouro que é o Estado brasileiro.

  11. Sr ou Sra. a verdade está lá fora., quem está fora é vc. Defendendo Temer. Ele é o maior técnico em roubar o Brasil. Lembre-se que ele foi vice da Anta.

  12. Com certeza se através de Bolsonaro os militares assumirem o Brasil de forma democrática estaremos vendo o outro lado da moeda, pois desde a catástrofe FHC, o capo Lula e a incompetente Dilma, quem esteve no poder era justamente a “turminha braba” que queria transformar o Brasil no que hoje é a Venezuela, ou Cuba, ou Nicarágua, ou Coréia do Norte… O dano acabou sendo feito pelo bando através das vias democráticas e está aí diante de todos, evidentementecom a ajuda dos políticos rapineiros de plantão e não podemos esquecer do STF em seu puxadinho que vêm estarrecendo a nação. Na verdade o lema de Bolsonaro é o que o Brasil precisa nesse momento: ” BRASIL ACIMA DE TUDO, DEUS ACIMA DE TODOS”. Para não esquecer, acabo de ler que Gilmar Mendes arquivou inquérito da PF sobre Beto Mansur… Realmente precisamos dos militares democráticamente no poder para moralisar o caos em que vivemos.

  13. Quem governará o Brasil é a equipe de governo. O presidente é Bolsonaro, caso for eleito.
    É assim em todo o mundo.
    Ou ainda estamos nos tempo dos imperadores?

  14. Ontem, o General Mourão falou com os empresários que lotaram a Câmara de Indústria e Comércio de Caxias do Sul.Ele defendeu a refundação da república: reforma tributária; reforma fiscal – para reduzir o custo do Estado; novo pacto federativo; digitalização e virtualização dos serviços públicos; revisão da gestão do funcionalismo; reforma política, livre mercado; incentivo às exportações; educação e resgate da cidadania, da credibilidade do Estado, da virtude da política e defesa da democracia.

    Sobre o que fará o novo governo, caso vença Bolsonaro e ele, disse o general:

    – Vamos viver tempos difíceis, porque não se conserta o que está errado da noite para o dia. Teremos que trocar o motor com o avião voando.

    ________

    Para mim, as propostas estão de ótimo tamanho

  15. Não Dr. Béja, o Correio da Manhã foi um dos maiores entusiastas do golpe, sendo dele, mais precisamente da lavra de Oto Maria Carpeaux e Carlos Heitor Cony, os famosos editoriais “Chega”, “Basta” e “Fora”. Mas pouco tempo depois, dois meses, o jornal e sua dona, Niomar Muniz Sodré e, principalmente Cony, estavam na oposição. Cony inclusive foi preso pelas crônicas que depois integraram o livro “O Ato e o Fato.” Cordialmente, Alverga.

  16. O editor só desenvolve o que já havia escrito aqui nesta tribuna em diversos comentários. Se ganhar Bolsonaro será um presidente fantoche. Quem vai mandar de fato serão os generais. Daí militares com alguma instrução estarem apoiando o retardado. Sabem que não irá governar nada. Mas precisam dele para chegar ao poder.

  17. Como venho dizendo, Bolsonaro é a ponta da lança para trazer renovação ao poder executivo e talvez até no legislativo. Ser presidente decorativo não é algo ruim desde que a equipe por trás dele consiga satisfazer os interesses nacionais, algo que como foi dito no ilustre artigo, nunca foi atendido pelos ex-presidentes.

    • Concordo contigo, até porque também sou “um cara aí”. Ter um presidente decorativo é melhor do que uma Dilma, um Lula, um Sarney, um FHC, um Temer…

      Abs

      CN

  18. C N,

    Sei que vc viveu os tempos de chumbo, mas me diga com sinceridade, foram só chumbo?, não houve avanços sociais?, os governos civis não tiveram retrocessos? a lisura foi o norte?
    Sei de suas preferencias e respeito, mas acredito que sua pena está indo alem do trabalho, ao ponto de dizer:
    P.S. 2 – É claro que, se Bolsonaro vencer, não será ele quem governará. Os chefes militares vão assumir o poder. Desta vez, sem torturar e sem matar ninguém. Quanto a Bolsonaro, ele apenas vai posar de presidente. (C.N.)
    Tal qual a imprensa apoiou o golpe em 64 e depois radicalizou hoje não vivemos o mesmo a imprensa apoiando essa bandalheira, e depois vai fazer o mea culpa ?
    Desde o inicio de sua campanha a presidência, ha mais de 2 anos Bolsonaro vem sistematicamente sendo boicotado pelos mesmos militares que diz querer se apoderar da presidência isso não é estranho.
    O fato de serem militares é demérito para assumirem o cargo? mérito é ser ladrão? comparsa? come quieto? tal qual ciro, sabe de todas a roubalheiras e não disse nada até ontem depois da facada?
    Posso citar também fhc com a reeleição?
    São realmente esse políticos que tem capacidade para o cargo?
    Tem de ser matreiro tal qual o lula?
    Tem de ser demente tal qual a dilma?
    Ou do centrão que se tiver boquinha ta tudo bem?
    Tal qual alguém falou acima a democracia já tá ai não vão conseguir abortá-la, nem com militares nem com socialistas.
    E quem sabe se nesse radicalismo todo não devamos mesmo é nos engalfinharmos em uma guerra civil de uma vez por todas, não é uma revolução que todos querem, quem sabe assim expurguemos os pecados todos e comecemos de novo e sabe-se lá como.
    Sim, o seu conhecimento, sabedoria, discernimento é muito importante para mim

    • A horda deixou uma inflação de 215% ao ano e 17 idas rastejantes ao FMI..
      Até hoje as atas do Banco Central da época são secretas para não mostrar como venderam o Brasil .

    • Prezado Al Azevedo, a diferença é que os militares são instruídos para planejar, é rotina deles, por isso fizeram excelentes governos, levando o Brasil a crescimento recorde. O último presidente civil que planejou foi JK, que fez um governo maravilhoso. No pós-64, os governantes civis nada planejaram e jogaram o país no lixo. De lá para cá, o único grande presidente civil foi Itamar Franco, que não teve tempo para planejar, mas colocou o Brasil nos eixos.

      ABs.

      CN

      • Obrigado C N,
        Concordo que são estrategistas, mas creio que o único papel que lhes será dado, é de auxiliar e não de comando, como disse antes Bolsonaro não tem o apoio deles, e os tempos são outros, não tem como o que ocorreu antes se repetir, e o fato da imprensa ter seus interesses pessoais ou patrimoniais, manipular para esse ou aquele lado, é sim um perigo que passa ao largo, tal qual em 64, e apesar de não gostar de Itamar sou obrigado a coloca-lo na galeria dos 3 melhores presidentes do pais.
        Talvez não seria ai o meio do caminho: alguém com visão estratégica em um regime democrático?

        Saudações

        al

  19. Essa questão questão de quem vai ser o herói ou deixar de sê-lo é para convictos e não para pessoas humildes que sabem que cada caso é um caso e por isso diante de um se curvam aos fatos que correspondem a ele.

    Eu observei que Bolsonaro mostrou humildade em algumas entrevistas, concordando com muitas coisas , relativas a questões que ele desconhecia, quando um especialista o convencia por fatos concernentes a elas.

    Enfim, o país com Bolsonaro e Mourão terá uma grande chance de corrigir toda a desgraceira criada pelo esquerdismo desses 13 anos de desgoverno do PT.

    • Amigo Luiz, a imprensa prefere qualquer um que defenda as multinacionais e seja generoso com as verbas de publicidade.

      Abs.

      CN

  20. Que idiotice, todo mundo sabe que quem governa este país são os interesses do Legislativo . Aí atendidos estes interesses vem os interesses do Executivo. Depois disto se pensa na nação, no povo. Os milicos vão ficar na deles, não são estúpidos de enfiar mais uma vez a mão na cumbuca.

  21. C.N., meu amigo! Estou entusiasmado com o seu vaticínio! Por favor diga, só para nós da T.I., qual será o resultado da Megassena da semana que vem, tá? O resultado da eleição ainda está muito longe, mas o da megassena está bem pertinho, né?

  22. JÁ É UM MILAGRE SE HOUVER ELEIÇÕES quem (quem?) derrubou Dilma, prendeu Lula, divulgou, condenou, não vai devolver a bola facilmente, quem tem dinheiro não quer perder com aventureiros e malucos === AS ELEIÇÕES NÃO SERÃO MANIPULADAS? Tudo está sendo bem conduzido, na maciota, até agora === UMA APARÊNCIA DE NORMALIDADE, de “democracia”, vamos ver quem ganha o jogo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *