“Se TSE absolver Dilma e Temer, a casa cai”, diz Tasso sobre a posição do PSDB

Tasso sinaliza o fim do apoio do PSDB a Temer

Maria Lima, Cristiane Jungblut e Fernanda Krakovics
O Globo

O mais novo escândalo envolvendo o presidente Michel Temer admitindo uso de um jatinho de Joesley Batista para uma viagem particular com a primeira dama Marcela Temer, pode ser o ingrediente que faltava para o rompimento do PSDB com o governo. A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que seria o gatilho para um eventual desembarque, acabou provocando o adiamento da reunião da Executiva desta quinta-feira para a próxima segunda-feira . Mas o episódio do avião pode acabar com a resistência de senadores e ministros a pressão de deputados para o rompimento já.

Diante da indefinição do PSDB e do agravamento da situação do governo, cresce entre os deputados um movimento para que alguns saiam da legenda.

DATA-LIMITE – “A cada dia é um fato novo, não vai parar de ter fato novo nunca. Isso vai mudando a cabeça dos senadores. Segunda-feira é o limite do PSDB” — disse o presidente interino, Tasso Jereissatti (CE), depois de uma manhã e tarde tomada por reuniões com deputados e senadores em seu gabinete.

A reunião da Executiva , segunda-feira, será ampliada, com a participação de todos os governadores, deputados, senadores, ministros e presidentes de diretórios estaduais.

— Daqui para lá pode ter coisa nova. Estou preocupado com esse novo roteiro do TSE. Se absolver Temer e Dilma a casa cai — disse Tasso.

UM CALDEIRÃO – O senador explicou que há um caldeirão no partido, que tem de tudo, e que a preocupação é que o PSDB saia coeso dessa situação, por isso era preciso aguardar a decisão do TSE. “Não precisamos de cargos ou ministérios para continuar apoiando as reformas” — disse Tasso.

Durante almoço no gabinete de Tasso, havia a premissa de que o TSE decidiria até quinta-feira, o que facilitaria a decisão da Executiva. O colegiado será ampliado , mas só os integrantes da Executiva votarão.

“Nós precisamos de uma narrativa para o rompimento. O TSE nos daria essa narrativa, mas adiou para sábado” — lamentou um dos presentes na reunião. Entre os tucanos, há a percepção de que mesmo que escape do julgamento do TSE, Temer não terá como governar.

TEMER ACUADO – “A percepção é que o TSE vá absolver os dois, Dilma e Temer. Mas aí como será o cotidiano do governo? Não governa, hoje Temer está preocupado em dar explicações sobre o avião, amanhã será outra coisa. Está acuado, é uma situação terrível” — disse o presidente do Instituto Teotônio Vilela, José Aníbal.

Para os tucanos, Temer teria também enormes dificuldades de conseguir os votos para barrar o acolhimento da denúncia que deverá ser encaminhada a Câmara pelo STF. “Aí a chapa esquenta. Não será tão fácil assim” — avaliou o secretário geral do PSDB, deputado Silvio Torres (SP).

Até segunda-feira Tasso irá conversar com governadores e dirigentes do PSDB para chegar a um consenso sobre a decisão de segunda-feira. “O adiamento foi bom. Dará tempo para conversar com todo mundo e amadurecer uma posição de consenso” — disse Silvio Torres.

PRESSÃO DA BANCADA – Segundo dirigentes tucanos, a pressão da bancada de deputados pelo desembarque segue muito intensa e deve forçar a Executiva a ter uma posição clara. Alguns parlamentares estariam inclusive ameaçando deixar a legenda se o partido não decidir prontamente. Mas o clima tenso não está apenas na Câmara. Alguns senadores passaram também a demonstrar crescente descontentamento com a situação:

“A nossa questão é politica. Temos um projeto e começamos a ver que o governo está sem rumo. As reformas estão andando mais por nossa forca que pela do governo. A bancada dos senadores ainda não tem uma posição, mas o foco da bancada da Câmara no desembarque é muito forte e não podemos tomar uma decisão e ignorar isso” — pontua o líder do partido do Senado, Paulo Bauer (SC).

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGEm tradução simultânea, o PSDB já saiu do governo. Já está claro que os tucanos sairiam do governo, se Temer fosse condenado pelo TSE. Agora, Tasso informa que o partido também sairá, mesmo se Temer for absolvido. Isso significa que o PSDB já está fora, o governo acabou e os ministros do TSE que forçarem a barra para absolver Temer estarão jogando no lixo suas biografias, inutilmente. (C.N.)

9 thoughts on ““Se TSE absolver Dilma e Temer, a casa cai”, diz Tasso sobre a posição do PSDB

  1. Os “cabeças”da elite do PSDB estão desnorteados. Do contrário, enxergariam a catástrofe nacional que é este governo. É fato que por trás dessas decisões interesses pululam em torno do “Acordão Salve-se quem puder”.
    O PSDB está matando seu coletivo para proteger uma minoria que representa o que tem de mais antigo e viciado na politica brasileira. Quando me refiro ao “antigo” falo de condutas conservadoras no sentido regressivo, de hábitos tradicionais repetitivos amorais.
    Se o PSDB quiser sobreviver a esse tsunami chamado Governo Temer, terá de se dissociar de raposas do PMDB, tais como: Jucá, Padilha, ´Moreira Franco, o próprio Temer, etc…
    Por outro lado, não sejamos ingênuos, o casamento do PMDB com o PSDB não aconteceu por amor e afinidade, foi um casamento “arranjado” pela alta cúpula e representa a preservação da tríade Família, Tradição e Propriedade no partido.
    Dado que sinaliza aos “cabeças pretas” do partido, que se quiserem ir adiante na política brasileira, terão duas opções apenas: pressionar os “cabeças brancas”, ou, abandonar a barca furada.
    Que tenhamos um bom dia!

  2. Estão banalizando a justiça, se pudesse sairia deste país, não iria para nenhum país rico, mas um país onde pudesse viver sem me preocupar com estes sistemas falidos do Brasil.

    • Se for verificado que o TSE absolverá Temer, sou a favor de que Rosa Weber ou Luiz Fux peçam vista ao processo é adiem sua decisão.

      Assim faríamos eles provarem do próprio veneno !!!

  3. Se o psdb fosse um partido com letras maiúsculas, não esperaria o resultado do TSE, mas o influenciaria, dando um exemplo de retidão e dignidade ao país.
    Como se pode apoiar um governo PODRE como esse, cujo titular, visando seu ego e bem estar doentios, deixa o país sangrar o tempo que for, mas não renuncia?
    Não há como expressar o NOJO que sinto dessa corja, desse bando, dessa malta de canalhas.

  4. Já ouviram falar em lampréia o peixe que vive grudado nos outros, se sair morre de fome. Este pessoal é que nem lombriga se sair da merd@ morrem.

  5. O PSDB nasceu como um caminho novo e com propostas novas. Não esqueçamos que seus fundadores, na sua maioria, saíram do núcleo central do antigo MDB/PMDB. Naquele momento, discordâncias fulcrais afastaram lideranças e futuras lideranças, deliberando todos para a criação do partido tucano. E mais. Na nova proposta partidária, aqueles fundadores, trouxeram a socialdemocracia e o parlamentarismo.
    Assumindo um governo de 8 anos, ainda muito jovem (dois mandatos de Fernando Henrique), o PSDB caiu em várias armadilhas, entre as quais destaco: escolher um sem liderança popular (Fernando Henrique) para governar o país e uma forma de governo de coalizão banhada de cargos, recursos e acordos, certamente alguns por “trás dos panos”. Erros dos governos tucanos, levaram o PT ao poder, com facilidade e por quase 4 mandatos e a atual situação do país. Já escrevi sobre a verdadeira herança maldita de FHC. Alguma dúvida que, tudo que acontece hoje nasceu de Collor para cá?
    Agora os tucanos, sem cara e sem coragem, com bico quebrado e penas ao vento, tentam sair pela janela que entraram.
    E quais são os objetivos principais, no momento, dos tucanos? Salvar o que restou de sua história, preservar alguns de seus principais líderes antigos/atuais e manter uma porta aberta, já que a janela será gradeada .
    O PSDB só não trocará de sigla por uma razão: a inexistência de outros partidos sérios.
    No fundo, bem lá no fundo, todos os partidos atuais teriam de ser refundados.
    Mantidos os atuais partidos, seus quadros e crenças atuais, será muito difícil que os eleitores sérios e responsáveis, procedam as escolhas dos que devem representa-los nos legislativos e executivos, nos três níveis.
    Fallavena

  6. PT e PSDB são irmãos siameses. A diferença é que um prega o comunismo através da guerra armada (via CUT, MST) e o PSDB vai devagarinho. Todos só querem a chave do cofre para terem a liberdade de criarem suas fortunas nos paraísos fiscais e acabar com a democracia no país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *