Sem curso superior, Eike Batista ficará na cadeia junto com os presos comuns

Resultado de imagem para eike batista preso charges

Charge do Aroeira, reprodução de O Dia/RJ

Deu em O Globo

O empresário Eike Batista afirmou, em sua autobiografia “O X da questão”, que não possui diploma de curso superior. Eike é alvo de um mandado de prisão, expedido nesta quinta-feira durante a Operação Eficiência, braço da Lava-Jato no Rio de Janeiro. Sem o diploma, o empresário pode dividir espaço entre presos comuns caso sua prisão seja realizada. A decisão sobre qual presídio o empresário ocupará cabe à secretaria estadual de Administração Penitenciária.

“Estudei engenharia metalúrgica na Universidade de Aachen, na Alemanha. Rodei o mundo. Falo cinco idiomas. Sou engenheiro por formação, ainda que não tenha completado a graduação. Fui vendedor de seguros”, escreveu o empresário, dono do grupo EBX, no primeiro parágrafo da introdução do livro publicado em 2011.

O empresário não foi encontrado por policias federais em casa na manhã desta quinta e é considerado “foragido”. Eike embarcou para Nova York na última terça-feira. Segundo o Ministério Público Federal, o empresário teria utilizado um passaporte alemão. Autoridades brasileiras acionaram a Interpol na busca pelo empresário.

LAVAGEM DE DINHEIRO – Eike teve prisão decretada por participar do esquema de desvio e lavagem de dinheiro de contratos do governo do Estado do Rio na gestão do ex-governador Sérgio Cabral. As investigações apontam o pagamento de propina de US$ 16,5 milhões ao ex-governador por Eike e Flávio Godinho, braço-direito do empresário, usando a conta Golden Rock no TAG Bank, no Panamá.

Segundo o MPF, apesar de ainda não ter sido apresentada denúncia, o empresário pode ser investigado por corrupção e lavagem de dinheiro. Ainda não está claro para os investigadores se ele fazia parte da organização criminosa.

OPERAÇÃO CALICUTE – A Operação Eficiência é uma segunda fase da Operação Calicute, um desmembramento da Lava-Jato no Rio de Janeiro. Segundo as investigações, o grupo desviou cem milhões de dólares para paraísos fiscais no exterior. Os mandados foram expedidos pelo juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, Marcelo Bretas.

Eike já prestou depoimento à PF em pelo menos duas oportunidades no âmbito das investigações da Lava-Jato. Ele foi ouvido pelos policiais no Rio e em Curitiba. Eike, porém, não estava negociando um acordo de delação premiada. No Rio, ele negou ter pago qualquer tipo de propina a Cabral.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Na elogiosa autobiografia que pagou para escreverem, Eike mentiu mais do que bula de remédio fitoterápico. Daqui a pouco a gente volta, para contar como se fez a fortuna desse grande espertalhão, que nunca teve emprego, nem sabe o que significa uma carteira assinada. (C.N.)

26 thoughts on “Sem curso superior, Eike Batista ficará na cadeia junto com os presos comuns

  1. Acharam ?

    Rio – Foragido da Justiça brasileira, o empresário Eike Batista está hospedado no apartamento de um renomado advogado carioca, em Nova York. A Polícia Federal foi à residência de Eike, no Jardim Botânico, às 6h desta quinta-feira, mas ele não foi localizado. Ele viajou na terça-feira à noite para Nova York em um voo da American Airlines. A PF investiga se ele usou um passaporte alemão (Eike é filho de alemã e tem dupla cidadania) para embarcar.

    O apartamento fica na Trump Tower, do atual presidente dos EUA Donald Trump, um arranha-céu localizado em frente ao Central Park, que possui 202 metros de altura e 58 andares. Caso o empresário não se apresente à Justiça brasileira, será colocado na difusão vermelha da Interpol – índex dos mais procurados em todo o mundo

    ( O Dia )

  2. Uma pergunta fica no ar: Qual é o envolvimento nessas tramoias de Eliezer Batista, ex-ministro de Minas e Energia de João Goulart, ex-presidente da Vale, patrono do Projeto Carajás e conselheiro do filho Eike Baptista?,

    • Depois voltou a Vale.

      A convite do presidente general João Figueiredo voltou a ocupar a presidência da Companhia Vale do Rio Doce, em 1979, cargo que exerceu até 1986. Após este mandato, retornou à Rio Doce Internacional.

      Como presidente da Vale pela segunda vez, foi o responsável pelo Projeto Grande Carajás, oficialmente conhecido por Programa Grande Carajás (PGC), que passou a explorar as riquezas da província mineral dos Carajás – abrangendo uma área de 900.000 km², cortada pelos rios Xingu, Tocantins e Araguaia, e engloba terras do sudoeste do Pará, norte de Tocantins e oeste do Maranhão [7]

  3. Pergunta: se é verdade que Eike Batista usou passaporte alemão para cair fora, isso significa que a PF não controla de verdade os cidadãos que entram e saem do país com passaporte estrangeiro?

  4. Quando a atual presidente, já processada , do BNDES vai explicar quanto pagamos por isso ?

    A Polícia Federal informou que, durante a operação Eficiência, foram apreendidos, ao todo, 18 carros, além de obras de arte, relógios, jóias e aproximadamente R$ 100 mil em dinheiro. Entre os veículos apreendidos, está um Lamborghini branco do empresário Eike Batista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *