Sem intervenção militar, será preciso ir às ruas exigir uma nova Constituição

Resultado de imagem para povo nas ruasJoão Amaury Belem

O mediador deste blog afirma que “o país está entregue ao crime organizado, esta é a realidade.” Ora, caros leitores e comentaristas da “Tribuna da Internet”, em hipótese alguma podemos aceitar que fiquemos sob o crime organizado, isto é intolerável. Muito oportuna a observação feita pelo comentarista Rogerio Izquierdo, de que o principal problema do país seja de natureza ética/moral, com a falta destes elementos essenciais ensejando a perda da coesão social.

O nós contra eles é o exemplo crucial dessa perda de coesão social. Vemos a falta de ética e moral em todos os níveis da nação (federal, estadual e municipal) com cargos públicos ocupados por indivíduos que exibem questionáveis habilidades de gestão e demonstram interesses escusos.

BLINDAGEM DE LULA – Dois dias depois da sentença condenatória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, exarada pelo juiz federal Sérgio Moro, o deputado federal Vicente Cândido (PT-SP), relator da reforma política na Câmara dos Deputados, propôs que seja aprovada uma emenda que proíba a prisão de candidatos até oito meses antes da eleição, o que, induvidosamente, pode vir a beneficiar o recém condenado ex-presidente, caso o Tribunal Regional Federal decidir manter a condenação de Lula à prisão em meio ao período eleitoral.

Será que esta excrescência não preocupa o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas? Como poderá o povo brasileiro impedir que essas excrescências sejam formuladas e, sobretudo aprovadas por essa desclassificada classe política que temos?

DIZ A CONSTITUIÇÃO – Segundo o parágrafo único do art. 1º da Constituição Federal: “Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”.

Já o art. 142 estabelece que “As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem”.

Ora, volto a afirmar que o maior poder constitucional é do povo brasileiro, a ele devem obediência todos os outros poderes. Infelizmente, ainda não nos demos conta disso.

DITADURA CIVIL – O povo brasileiro trabalhador, composto de homens e mulheres de bem e do bem, não quer ditadura militar, mas também não quer a ditadura civil em que vive atualmente nossa amada pátria Brasil.

Este país só vai mudar realmente se todos os homens e as mulheres de bem e do bem retornarem maciçamente às ruas, praças e avenidas para exigir a estruturação de um novo Brasil, com uma nova Constituição enxuta e extirpada de todas as excrescências atuais, como o foro privilegiado para parlamentares e autoridades.

Não se pode negar que o Brasil que temos atualmente está falido ética e moralmente. Por isso, existe o clamor por uma intervenção que os militares não aceitam fazer.

31 thoughts on “Sem intervenção militar, será preciso ir às ruas exigir uma nova Constituição

  1. Prezado colega e amigo José Amaury Belem. No país, e não é de hoje, reina a desordem. Os poderes da República funcionam, mas sem ordem, sem progresso. Ao contrário, na desordem e no retrocesso. Aquele julgamento político de Dilma no Senado, em sessão presidida pelo presidente do Poder Judiciário, foi escandalosamente deprimente. Esses escândalos contra o presidente da República são repugnantes. Essa recentíssima corrupção da compra de votos, através de concessão de emenda a parlamentares para desaprovar o relatório e voto do deputado Sérgio Zveiter foi corrupção, suborno e intromissão do Executivo no Legislativo. Sim, nesse quadro de absoluta desordem o poder da força precisa intervir para resgatar o poder do Direito. O povo brasileiro clama ser defendido.

    • Está na hora de os militares assumirem responsabilidade que deveriam ter segundo o bom senso coletivo. Ah, mas a constiuição não prevê intervenção, diria um mortadela pago com o petroreal. Mas a Constituição não prevê também que alguns juízes do STF julguem segundo o humor do dia ou do acumpliciamento com o canalha da vez; não prevê que o Presidente se intrometa no poder Legislativo para comprar compadres; que os poderosos roubem e fiquem sob o manto protetor da inépcia do STF. Se a Constituição não vale para os corruptos, não pode valer para os justos prejudicados pela iniquidade dos privilegiados.
      Tá na hora de o comandante do exército tirar o pijama, vestir o uniforme, e agir. Vou repetir, seu Villas-Boas: Hope is not a strategy.

  2. O Exército não quer intervir porque faltam homens e honestidade. O Exército é tão corrupto como os outros poderes, se é que o Exército pode ser chamado, ainda, de um poder.

  3. Uma nova Constituição ou os militares assumindo o poder por tempo limitado, faltaria ainda os objetivos claros que deveriam ser discutidos e aceitos pela maioria da sociedade. Valores morais e éticos baseados nos princípios cristãos.

  4. Enquanto isso na Alemanha…

    todos os meios de imprensa, absolutamente todos, todos os jornais impressos, todas as tevês, todas as rádios noticiaram a condenação do Presidente Lula

    O clima, por aqui, é de estupefação total, não só porque Lula é o líder político mais importante do Brasil, mas também porque é considerado na Europa um dos líderes mais influentes da História contemporânea mundial.

    Nos jornais, os articulistas tentam, sem sucesso, explicar o caso. Falam de um tal apartamento de luxo numa praia, que teria sido reformado pela OAS, mas que não pertencia a Lula… Entre os comentários do jornal Zeit, um leitor indaga: “ Condenado a quase dez anos de prisão porque visitou um apartamento que, em seguida, recusou? País estranho esse tal de Brasil…”.

    Na impossibilidade de explicar logicamente a condenação, todos os jornais, claro, aludem às eleições de 2018 e explicitam que Lula não só seria candidato, mas também é o favorito, segundo as pesquisas, muito à frente dos demais, o que certamente faz lançar sobre a condenação, concluem, “suspeitas de fundo político”

    O notório radialista Brendel, da Deutschlandradio, salientou que a condenação não era definitiva, mas fez questão de dizer que ela acentuava ainda mais o “caráter surreal” dos recentes acontecimentos no Brasil, já que, enquanto condenam o Presidente Lula, sem uma prova concreta que sacie a sanha midiática brasileira, os parlamentares brasileiros manobram para manter no cargo o presidente em exercício que foi, palavras do jornalista, “gravado em transações criminosas”.

    Por fim, o NZZ fala em “tempos difíceis no Brasil” e diz que o que está em jogo é o “Comeback de Lula em 2018”.

    Sem mais.

    Antonio Salvador

    https://goo.gl/rst5bG

    • Lula considerado na Europa um dos líderes mais influentes da História contemporânea mundial? Eu hein. Vai ver que os europeus estão comendo mortadela.
      O texto não reflete em nada o conceito do Lula no exterior. Ele esteve em cartaz enquanto torrava o dinheiro do brasileiro em viagens com a sua secretária Rosemary. Lula foi uma uma curiosidade internacional como eram os índios brasileiros nas cortes européias. Ganhou muito cartaz entre os latinos porque torrou nosso dinheiro com obras nos seus países. Ele nos fez de trouxa.
      O Obama certamente sabia da imensa ignorância do presidente brasileiro quando o chamou de “my man”. Foi apenas uma maneira graciosa de cumprimentar alguém em disvantagem intelectual entre os outros presidentes. O Obama trataria o Nicolas Sarkozy da mesma maneira? No way, jose.
      Chega de fantasiar Lula de líder – ele não passa de um palhaço que nos custou caro.

      • E que tal o povo que votou no corrupto do Aécio, marionete do bandido Joesley, Marcelinho Odebrecht e cia ? Em clima de fla-flu os que estão fora dos governos e dos erários só irão continuar tomando no ú. Fla-Flu partidário só interessa e convém aos pilantras manipuladores.

  5. Senhores, essa compra de votos de Temer, é a “pá de cal”, a mostrar o criminoso que é, o Congresso, com mais de 30% acusados, o stf, com sinistros, Temer transformando o Brasil em senzala, com 220 milhões de escravos, chego a conclusão, que os 3 patetas, por Amor à Patria, já deveriam ter se pronunciado, Temer comropeu às FA, O povo vem para a rua,ou a intervenção das FA, prendendo os acusados, pela Justiça, e chamando eleição Constituinte, com advogados honestos e competentes, mais OAB Nacional e Regional,elaborando uma Constituição Digna do Brasil e seu povo, com afinco, pelo bem da Pátria, creio que 120 dias é suficiente, para o Brasil voltar a ser respeitado e nos orgulharmos dele, e trazendo a referendo do povo. A Constituição que ai está, é uma colcha de retalhos, com mais de 100 emendas, a proteger a canalhada politica, só serve a bandidos das quadrilas hediondas sediadas em Brasília, que o Joseley, nomeou, como chefe perigoso da quadrila, o Presidente Temer.
    Aos 3 patetas, a a tropa, lembro o Almirante Barroso, “O Brasil espera que cada um cumpra seu Dever, a tropa na guerra do Paraguai, e o Brasil saiu vencedor. Hoje o Presidente Temer nos envergonha perante o Mundo, queira Deus, que saiamos desse oceano de lama, sem derramamento de sangue, o mais rápido possivel.

  6. Quando uma sociedade passa a clamar que um dos seus segmentos, no caso os militares, passem a ter que resolver um problema que é de todos, é porque esta sem rumo.
    No caso brasileiro ninguém sabe mais o que fazer, a desunião é a marca registrada da baderna que campeia pelo pais afora.
    A corrupção é o combustível que alimenta a criminalidade, a falta de patriotismo e principalmente a ganância de quem já não acredita em mais nada, a não ser o poder adquirido pelo dinheiro, que compra os outros corruptos.
    O povo que não espere soluções para a atual crise, proporcionada por este sistema. Estão todos entorpecidos e contaminados pelo estado de coisas existente.
    Tanto faz o Temer sair ou ficar, nada vai mudar no sentimento político da atual classe dirigente do pais, apenas seria uma troca de guarda, com os antigos mandatários ávidos para voltar ao poder.
    A palavra “podre” da uma dimensão mais ou menos da realidade administrativa do pais, mas a verdade é que o poder político esta totalmente desvirtuado da sua real finalidade.
    Este ano e o próximo deverão ser apenas para a recuperação econômica, a recuperação ética e moral, que sera a mais difícil, devera ser para mais tarde, mas terá que ser intransigente com os desvios morais, tendo o ministério público e principalmente o judiciários, os seus protagonistas.
    Após a limpeza, a rearrumação sera preponderante, incluindo também uma “cruzada” contra o tráfico de drogas e armas.
    Talvez seja necessário que o futuro congresso seja constituinte, mudar tudo o que não esta funcionando, é a pedida.
    Para que assim seja, também teremos que contar com uma ajuda divina, porque cá entre os homens de muito pouca boa vontade, esta difícil.

    • Justamente.
      O nome do problema:
      “desUnião da Republica Federativa do Brasil”

      O povo, torpe, desacreditado, dividido ao meio nas últimas eleições, e hoje nem se sabe..
      Dirigentes sem respaldo popular, tão vorazes na destruição do Brasil…
      O povo desencantou; esse é um trabalho aniquilador da vontade popular que vem de muito tempo…. Velha agenda…

      O papel das FFAA, frente á total institucionalidade do momento, até assusta!
      Faltou a complementação da cartilha, á la Figueiredo:
      “Governo que for contra o Povo, eu prendo e arrebento”

    • Ajuda Divina, em primeiro lugar. Me parece por aí o início do caminho das pedras, porque a nossa problemática é muito vasta e muito complexa, muito acima da pequenez da nossa capacidade humana de resolução de questões de alta complexidade.

  7. Eu já havia me manifestado favoravelmente ao artigo do dr.Bélem, simplesmente oportuno e adequado ao grave momento brasileiro e, o que é pior, sem solução se dependermos do tal desmoralizado sistema eleitoral!

    Os parlamentares montaram um sistema que se não for devidamente rompido, qualquer eleição supostamente democrática dará continuidade às intenções dos poderes, ROUBAR O POVO E EXPLORAR O PAÍS!

    Executivo e Legislativo enganando, mentindo, corruptos e incompetentes, criminosos e inúteis, perdulários e traidores, enquanto chancela o comportamento deletério e abjeto desse bando de predadores, o STF!

    Justamente pela desesperança de resolvermos as questões gravíssimas que afligem a segurança, saúde e educação, a falência ética e moral dos poderes constituídos, muitas pessoas, eu, inclusive, clamam pela intervenção federal, pelo fechamento deste antro de ladrões, conhecido como congresso nacional, e mandar embora os que se adonaram do Planalto para continuar lesando a população e o país!

    Se querer de volta o bem comum, a esperança para o cidadão brasileiro, estou indo de encontro à Constituição, então muito antes de mim indago veementemente às autoridades as razões pelas quais a IMPUNIDADE segue célere e concedendo aos criminosos parlamentares que estejam livres, leves e soltos, sem que sejam devidamente punidos!

    A ditadura do legislativo, somada à incompetência e cumplicidade do executivo, humilham o povo, deixam-no sem reação, amordaçam a sociedade, e impedem que o Brasil se desenvolva, cresça, seja verdadeiramente independente!

    Aumentam apenas os roubos e o enriquecimento dos parlamentares, de quem foi governo, afora os salários absurdos e milionários do Judiciário, que invariavelmente dá ganho de causa às causas políticas pleiteadas, óbvio, enquanto que as reivindicações da população ficam desamparadas e sem qualquer atenção!

    A solicitação das FFAA como último recurso de se querer um país confiável, que ofereça oportunidades iguais para todos em termos de emprego, educação, saúde e, principalmente, segurança, de se ir trabalhar sabendo que se voltará para casa sem maiores problemas, têm sido os motivos pelos quais as redes sociais registram o pedido de intervenção militar diariamente, em face de não se suportar mais tanto escárnio com o dinheiro do povo, com a retirada de seus direitos conquistados através de Leis Trabalhistas e querendo que o trabalhador tenha mais tempo de serviço antes de se aposentar!

    Mas nada é feito com relação à contribuição do Legislativo e Judiciário sobre a crise nacional, nada, imutáveis, sagrados, intocáveis!

    Pois é esta discriminação odiosa que precisa ser impedida de seguir adiante, e somente com intervenção, fazendo com que o Brasil comece de novo, com novas regras, métodos, sistemas, limites aos poderes, e realçando o povo, o cidadão!

    Mas, o general Villas-Bôas não pensa com o povo, apenas justifica a sua omissão apontando as funções das FFAA com base na Constituição, como se esta fosse estanque às dificuldades e necessidades do povo, em consequência somente nos aguardam sangue, suor e lágrimas!

  8. Intervenção militar no comando do país não é sonho, mas, isto sim, pesadelo, delírio. Mas as forças armadas têm sim o dever de apoiar a intervenção certa, social, alicerçada na boa-fé, no projeto novo e alternativo de política e de nação, na paz, no amor, no perdão, na conciliação, na união e na mobilização pela mega-solução capaz de libertar o país e sua população das garras da corrupção, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME, porque evoluir é preciso. http://www.tribunadainternet.com.br/e-preciso-aceitar-que-a-sonhada-intervencao-militar-nao-pode-nem-deve-ocorrer/#comment-456338

  9. Sair às ruas de que jeito, com elas ocupadas pela direita, pelo centro e pela suposta esquerda, impedindo que a Bandeira certa , que é a Democracia Direta seja levantada e ocupe o espaço, como aconteceu em Junho de 2013, quando elle$ foram pegos de surpresa, aos gritos de “sem partidos, sem partidos, vocês não nos representam” ?

  10. Caro Amaury,

    Se for feita agora uma nova Constituição, ela será feita pelos bandidos que hoje mandam no país e, certamente, sairá pior do que a atualmente existente.
    Creio que a única opção para o país seja esperar até 2019, torcendo que nas eleições de 2018 ocorra uma “descarga sanitária” dos que emporcalham o Congresso Nacional do mesmo molde que ocorreu nas prefeituras.
    Será uma Constituição feita pelo “sangue novo” (espero!), com o Congresso Nacional já destituído dos criminosos parasitas que se autointitulam de “esquerdistas”, que foram expulsos das prefeituras em 2016 – e que se existisse eleições gerais naquele ano, também teriam sido expulsos na vida política de todos os escalões do país.

    Abraços.

    • Caro Francisco Vieira Brasilia – DF,
      Estreme de dúvida essa nova carta política não seria para este ano em que reina a absoluta esculhambação institucional, o caos, o roubo desenfreado do erário público.
      No entanto, para o escrutínio eleitoral do ano que vem (2018), desde que, varramos do parlamento brasileiro toda essa desclassificada classe política que hoje representa o pior Congresso Nacional da história desta pobre nação.
      Não há outro caminho para as pessoas de bem desse pobre país, a não ser inundar as ruas, praças e avenidas deste país de dimensões continentais e gritar por uma verdadeira república, encerrando as atividades deste Brasil que faliu ética e moralmente.

      • É por aí, mas tem que ser sob a Bandeira certa, inconfundível, porque direita, centro e esquerda, situação e oposição, no Brasil, agora, depois dos avisos prévios de Junho de 2013, estão mais velhaca$ do que nunca, saindo o tempo todo nas ruas com a visível intenção de impedir que o novo de verdade entre em cena e se estabeleça no lugar delle$. Inteligência, muita inteligência é preciso, pois estamos lidando contra um know-how de dominação que perderá soberano há milênios, tal seja o partidarismo-eleitoral, o golpismo-ditatorial e seus tentáculos, velhaco$, camaleônico$.

  11. O Militares não querem fazer uma intervenção e fazem muito bem em não fazerem.
    O povo não quer também, está estampado para o mundo todo ver … os estádios estão lotados, as baladas cada vez mais emBALADAS, as estradas entupidas no feriados. Nem precisa de uma prova melhor de que tudo está indo bem e de conformidade com os anseios da sociedade !!! Só um Idiota como eu pensa diferente …

    • Carnaval… Sonegação Lucros… Drogas… Publicidade… Narcotráfico… Turismo sexual… Audiência… A FORÇA é tão poderosa que até o Crivela teve que pedir arrego, bater no tatame e dizer que manterá o financiamento público da farra na Cidade de Sodoma!

  12. Os brasileiros perderam totalmente a esperança. Um país sem esperança, é um país sem futuro. No Brasil de hoje, só existem zumbis. Os políticos corruptos conseguiram matar a esperança, pois o principal item de as coisas funcionavam era a Justiça, o amparo legal do povo, seu tutor. Mas impunidade tomou conta, e se foi a esperança.No Brasil de hoje, infelizmente, só uma catástrofe vai acordar as pessoas dessa letargia. Quanto aos militares, esqueçam, lavaram as mãos, pois para eles qualquer situação serve, pois ninguém vai querer uma briga com eles.

  13. Tanta inteligência desperdiçada, com sonhos de uma noite de verão.

    Qualquer “coisa” na política só será construída pela própria política.

    Não existem soluções rápidas e milagrosas.

    Tudo é processo, de longa duração.

    Assim como os homens, a política, feita por humanos, tem as mesmas contradições humanas.

    Quem se acha acima do bem e do mal, esta completamente equivocado.

  14. De acordo Alex, as soluções têm que ser políticas e quais seriam? Revolucionar a educação, para formar futuros pais que eduquem seus filhos dentro da ética e do civismo, coisa de duas gerações, no mínimo. Não para resolver mas para minorar o descalabro atual o jeito seria punir a devassidão política com o único castigo que eles temem, o voto “Não reeleja um corrupto!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *