Sem Lula na disputa, ganham força Marina, Ciro e Barbosa, afirma o  Datafolha

Resultado de imagem para bolsonaro,ciro, marina e barbosa

Ilustração reproduzida do Imprensa Livre

Ricardo Balthazar
Folha

A prisão diminuiu o apoio do eleitorado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), aumentou a desconfiança sobre a viabilidade de sua candidatura presidencial e manteve indefinida a disputa pelo seu espólio eleitoral, de acordo com o Datafolha. Pesquisa nacional realizada pelo instituto na semana passada aponta o líder petista com 31% das intenções de voto no cenário mais favorável entre nove pesquisados. No fim de janeiro, quando o levantamento anterior do Datafolha foi concluído, Lula tinha até 37% das preferências. O PT diz manter a intenção de registrar a candidatura de Lula, preso no sábado (7) para cumprir pena por corrupção e lavagem de dinheiro.

Apesar do veto imposto pela Lei da Ficha Limpa à candidatura, a legislação permite que ele peça registro mesmo preso. Cabe à Justiça Eleitoral analisar o pedido.

SEM LULA – A nova pesquisa foi feita entre quarta (11) e sexta-feira (13). Foram realizadas 4.194 entrevistas em 227 municípios. Como os cenários pesquisados são diferentes dos analisados em janeiro, a comparação direta entre os dois levantamentos não é possível.

Nos cenários com Lula fora do páreo, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) e a ex-senadora Marina Silva (Rede) aparecem empatados na liderança. Ele tem 17% das intenções de voto, e ela oscila entre 15% e 16%. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) alcança 9% em todos os cenários sem Lula, empatado com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que varia de 7% a 8%, e o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, que entrou no PSB, mas ainda não se lançou candidato. Barbosa oscila entre 9 e 10%.

PT EM BAIXA – Marina, Ciro e Alckmin concorreram em eleições presidenciais anteriores e são bem conhecidos pelos eleitores. Barbosa nunca disputou uma eleição, mas ganhou notoriedade pela forma como conduziu o julgamento do mensalão no STF, em 2012.

Menos conhecidos do eleitorado, os dois nomes cotados no PT para substituir Lula se ele desistir da candidatura têm desempenho fraco. O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad aparece com 2% e o ex-governador da Bahia Jaques Wagner tem 1%. Os dois candidatos de esquerda que ficaram ao lado de Lula nas horas que antecederam sua prisão têm resultados parecidos. Manuela D’Ávila (PC do B) atinge no máximo 2% e Guilherme Boulos (PSOL) chega a 1%.

O presidente Michel Temer (MDB), que acena com a possibilidade de concorrer à reeleição, alcança 2% das intenções de voto. O ex-ministro Henrique Meirelles, que entrou no MDB e também tem aspirações presidenciais, não passa de 1%.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Nada novo no front. Os eleitores ainda acham que Lula pode ser candidato e o próprio PT estimula esta crença. Os verdadeiros candidatos são Bolsonaro, Marina, Ciro, Alckmin e Barbosa, porque Alckmin não decola. Resta saber quem irá para o segundo turno. Se estivéssemos no Reino Unido, as casas de apostas estariam fervilhando. (C.N.)

96 thoughts on “Sem Lula na disputa, ganham força Marina, Ciro e Barbosa, afirma o  Datafolha

  1. Dos que tem mais chances de ir para o segundo turno, Barbosa e Marina não tem força para administrar o país do jeito que ele está hoje. Seriam ótimos candidatos quando FHC deixou a presidência, ou no futuro. Bolsonaro é o cara tem o pulso para mudar o país, mas terá muita oposição por expressar sua opinião particular sobre assuntos polêmicos,
    e isso poderá criar dificuldades.

  2. O problema do Brasil, é que ele não tem um só problema, mas isto sim uma profusão de problemões, entre os quais Lula é apenas uma gota no velho oceano de lama cunhado por Getúlio Vargas, com conhecimento de causa, no qual naufragou com um tiro para não ser julgado pelos seus inimigos, muito provavelmente, até porque ninguém merece ser julgado por inimigos. O problema maior do Brasil reside no modelo de república que, com o tempo, relevou-se um complexo de ditaduras setoriais agora em estado de surto e guerra tribal entre si para saber quem pode mais, porém com a política, o estado, o mercado e a população capturados, dominados e manipulados por bandidos mancomunados, entre os quais a hipocrisia, o cinismo, a cara de pau, a desfaçatez e a frieza do modus operandi são virtudes e não defeitos abomináveis, estado de coisa$ e coiso$ esse$ que, infelizmente, ninguém diz como desmontá-lo e nem apresentam algo realmente novo, de verdade, completo, concreto e alternativo a tudo isso que aí está com prazo de validade vencido há muito tempo, para colocar em seu lugar, exceto a RPL-PNBC-DD-ME que mostra o novo de verdade e diz como fazê-lo, que mostra o pau de maçaranduba e as cobra$ a serem abatidas, porque, quanto ao resto, principalmente o establishment bandido dominante, eu presto muito atenção em tudo o que elle$ dizem mas de novo de verdade, infelizmente, elle$ não dizem nada, e pior ainda, não desocupam a moita e nem se rendem à RPL-PNBC-DD-ME, pelo contrário, esgueiram-se dos lados iguais caranguejos e fogem Dela igual os diabo$ fogem da cruz. E tenho dito. http://www.tribunadainternet.com.br/em-apenas-dois-processos-lula-podera-ficar-seis-anos-em-regime-fechado/

    • Com toda a força que havia contra ele nunca ficou provado que Getúlio tenha se apropriado indevidamente de uma agulha que fosse. Até porque sempre foi rico, grande proprietário de terras, não precisava e nem era deslumbrado com a riqueza.

      • Não sei se o GV era ladrão ou não, não tenho provas, o que posso lhe dizer é que ninguém, exceto Deus, consegue governar a república que ai está sem sujar as mãos de merda. No mais, não acredito nessa “estória” de que o cara é rico não precisa roubar. Lorota, quanto mais se tem, mais se quer e mais se precisa, mais próximo pois da corrupção, fato esse que, aliás, bate com as constatações do Janot e do Barroso, ” um país extremamente corrupto” e “uma sociedade dominada por ricos delinquentes”, sem precisar lembrar do Cristo, segundo o qual ” é mais fácil um camelo passar pelo vão de uma agulha do que um rico se salvar”, até porque isso parece exagero.

      • Não é lorota, estude com profundidade a história política do Brasil e vc saberá. Você deve ser mais jovem, não foi sempre assim como se vê hoje não, pode ter certeza.

  3. Pesquisa feita nas filas do bolsa família, nas universidades federais, nos sindicatos , nas mídias e ONGs vermelhas, e BOLSONARO ainda tem esse índice seria muito bom mesmo se tal instituto tivesse credibilidade.

  4. Segundo o jornalismo canhoto da folha , mais de 50% dos brazuquinhas votam na esquerda, em todos os cenários. Realmente, é o que se vê pelas ruas, ônibus, filas, trens. O povo A-D-O-R-A lula, PT, PcdoB, MST, Psol e assemelhados. Arrastam multidões espontâneas em suas manifestações. Parece jogo Flamengo e curíntia…
    E os jornalistas que ainda estão medianamente saudáveis ficam, como tolos, enchendo a bola desta Datafraude, que tem como objetivo confirmar o resultado que o Tóffoli ou outro ministro impuser na urna jabuticaba.

    • Pura verdade, viajo por todo o Brasil, falo com pessoas de todos os níveis sociais e ninguém fala em votar no Lula, na Marina ou no Ciro. Engraçado, é que este tipo de pesquisa com viés político, sempre apresenta uma bem orquestrada lista de intenções. Se a pesquisa vem da sujíssima Folha, o que poderíamos esperar?

    • A grande maioria das pessoas não abre o jogo e não diz em quem vai votar, até porque demora pra optar, e são esses que decidem a eleição.

      • O fato é que a maioria da população do Brasil é pobre de marré de si. Aliás, 95% não tem a quem reclamar e 5% não tem do que reclamar, exceto quanto ao cerco da pobreza cada vez maior. Num cenário desse, em que pese a definição de Tim Maia, segundo o qual o Brasil é um país que não tem como dar certo, porque aqui “puta se apaixonada, cafetão é ciumento, pobre é capitalista e ama votar em rico”, a maioria não tem outra saída senão ser de esquerda, porque o sofrimento deve estar fazendo a ficha cair.

  5. Pesquisa Data-Falha, ou seria Data-Fraude, descartável. Pior que jornalistas vão perder horas e horas analisando esse quadro.

  6. Independente das pesquisas fraudulentas, manipuladas, a prisão de Lula ensejou uma poderosa campanha contra Bolsonaro.

    Uma vez que o ladrão e genocida está fora do páreo, o seu arquirrival não pode se manter como candidato, precisa ser retirado de qualquer forma desta disputa.

    Anteontem, a PGR aceitou denúncia contra Bolsonaro por incitação ao racismo.

    Além da acusação de Maria do Rosário, tem mais esta, com relação aos quilombolas, em palestra que o deputado proferiu na Associação Israelita, ao exclamar que, “os quilombolas não servem nem para procriar”.

    Já escrevi que o maior inimigo de Bolsonaro é ele mesmo.

    Se o seu opositor, Ciro Gomes, é conhecido como boquirroto, parlapatão, Bolsonaro está sendo caracterizado por uma língua venenosa, que o está ferindo mortalmente.

    A lamentar e, profundamente, que a ausência de Lula e possivelmente de Bolsonaro, deixará o país sem definir o que deseja para si mesmo, se um governo de esquerda ou de direita.

    Barbosa, Marina, Ciro, Alckmin, e outros menos votados, administrarão o Brasil da mesma forma como vem sendo comandado há trinta anos, sem definição, com um discurso água morna, mais enganando do que realizando.

    Se Lula disputasse as eleições – mesmo se sabendo que os roubos e prejuízos continuariam em larga escala -, o povo teria decidido dessa forma mas, sem Bolsonaro, mais uma vez o cidadão deixa de escolher um candidato identificado como verdadeiramente opositor da esquerda, do comunismo e socialismo.

  7. Na pesquisa espontânea (sem uma das trocentas listinhas que só confundem) temos:
    46% não sabem e 21% vão de brancos e nulos, total de 67% que ainda não se decidiram.
    Nesta lula tem 13% (muito mais próximo da realidade lulopetista) e Bolsonaro 11%. Os outros 9% a Folha esconde o destino…
    Procurem esta pesquisa na Folha e verão como é difícil encontrá-la explicada com clareza.

  8. Independente da credibilidade que se dê às pesquisas, eu tenho dito e repito: estão subestimando a Marina. Dizem os especialistas em estratégia que o maior erro é subestimar o inimigo (pra quem a considera assim, é claro).

    • A rigor, eu acho até que ela era pra ter sido eleita mesmo, mas a baixaria contra foi muito grande e ela não lida bem com isso, não joga nesse nível. E esse é outro fator a favor: nunca numa eleição o quesito Ética vai pesar tanto, coisa que ela representa bem, e de forma autêntica, assim como o Barbosa também, em grande parte.

  9. Os petistas já começam a ir embora de Ctb. por causa do frio, não te falei, não há quem aguente aquilo…
    Aquela senhora da floresta ? Nem morta !

  10. Cenários montados não valem.

    Muito menos essa manobra sórdida de rotular os eleitores de candidatos que não é o escolhido do comentarista.

    Ou eu poderia dizer que os simpatizantes de Barbosa são babacas ou baboseiros e, de Marina, marionetes?!

    A mania de rotular os oponentes em psiquiatria é algo muito grave, outrora chamada de Psicose Maníaco-depressiva e atualmente de Transtorno Bipolar.

    • Boa tarde Francisco Bendl.

      Todos tem o direito de escolher, mas chegar certa idade com bobice ideológica fica feio demais. O cidadão fala mais no Bolsonaro que o candidato preferido dele, e caricato é os bolso-mitos.

  11. A obsessão pelos militares, uma ideia fixa e persistente que determina a conduta de uma pessoa, conduzindo a comportamentos que frequentemente são contra a vontade da pessoa obcecada, muitas vezes essas obsessões são acompanhadas de uma sensação de medo e podem se desenvolver de forma patológica, dando origem a uma neurose obsessiva.

    Uma vez que se está definindo em termos psiquiátricos os eleitores neste espaço democrático, o exemplo de se ser contrários aos militares de forma permanente, evidencia este sintoma, logo, as análises a respeito estarão sempre prejudicadas pela falta de sensatez e seriedade!

    • Tô dizendo …

      Quando a obsessão se torna permanente, ela impede o raciocínio, a sensatez.

      O dicionário assim define adestrado:
      13 sinônimos de adestrado para 3 sentidos da palavra adestrado: Indivíduo: 1 habilidoso, treinado, destro, hábil. 3 amestrado, doutrinado, educado, ensinado, explicado, formado, instruído, lecionado.

      Logo, burro não pode ser adestrado mas, o crítico, pode ser eventualmente um burro.

      • Dos males o menor.

        Seus sucessores só roubaram e exploraram o povo e país.

        Se é péssimo o fedor do excremento, a solução é simples, porém compensar os danos e prejuízos impossível.

    • Se o estudo fosse a prerrogativa de governos eficientes e eficazes, Collor e FHC teriam sido excelentes presidentes!

      Na mesma sintonia, porém do outro lado, se não ter estudo também garantisse uma administração honesta, o PT teria sido exemplo.

      Mais a mais, a maioria envolvida na Lava Jato tem estudo, é formada em alguma faculdade, assim como os parlamentares acusados.

      No entanto, o estudo não impediu que fossem ladrões e corruptos, da mesma forma quem sequer concluiu o Ensino Fundamental!

      Em consequência, quem pode alegar que os honestos de agora não sucumbirão às tentações do poder?!

      Ainda mais inexperientes.

        • Silva Santos,

          Evidente!

          Os tais “estudados” se aproveitam de um povo inculto e incauto para mentir, iludir, enganar!

          Claro que um ignorante no Planalto seria ruim, pois seria comandado por assessores, e quando tomasse alguma decisão seria uma tragédia, vide Lula e cúmplices.

          Logo, o nosso problema não é ter ou não estudo para ser presidente da República, mas alguém que seja honesto, que tenha boas intenções, que seja brasileiro e não traidor!

          Um abraço.
          Saúde e paz.

  12. Como evitar uma vitória anunciada

    Mentiras e mais mentiras, por cagaço ao Bolsonaro
    Processam-no por que ele respira

    Mentem todos que não querem ordem na nação e o progresso postergado, nos mantenha servis ao mundo

    sanconiaton

  13. Que conversa é essa de vitória anunciada ?
    E desde quando o país precisa só de ordem ?
    E o progresso significa dinheiro no bolso de todos, inclusive deles.

  14. Os críticos veementes de Bolsonaro esquecem de um detalhe crucial:
    Quanto mais o perseguirem, querendo alijá-lo da disputa à base de denúncias frágeis, mais o deputado cresce.

    O brasileiro se mostra avesso à verdade, à realidade, à sinceridade.

    Acostumado às mentiras, a ser engando, iludido, roubado e explorado, ao se defrontar com um candidato que fala o que pensa, sem tergiversações ou sofismas, naturalmente espanta, causa surpresa, e incomoda.

    Não existe contra Bolsonaro dúvida alguma de quem é ele.

    Trata-se de um político contrário ao PT, ao comunismo, ao socialismo, a corrupção, ao antipatriotismo, a demagogia.

    Bolsonaro é um candidato definido, e votará nele que se identificar com suas ideias, comportamento e ações, e quem também acredita que o combate à violência se faz com a mesma violência eventualmente.

    Da mesma forma os movimentos que se intitulam de sociais, que não passam de impulso à vadiagem, que o Estado sustente as pessoas que se dizem sem condições de trabalhar em face de suas condições materiais e da cor da pele.

    E exemplifico:
    O maior crime desta deturpada e criminosa ideia de liberdade para quem não a merece porque mais precisa de ajuda, se dá com as cracolândias!

    Milhares de pessoas soltas, inúteis, doentes, morrendo diariamente porque dependentes químicas, inaceitável que não sejam levadas à força para hospitais e clínicas para serem tratadas e curadas!

    No entanto, foram “movimentos sociais” que impediram o Estado agir em defesa deste cidadão doente, desta pessoa que rouba e, às vezes, de forma violenta, matando até mesmo seus familiares para obter dinheiro e comprar drogas!

    Logo, se estou no meu direito de criticar o drogado porque sem condições físicas e mentais de decidir por si, as críticas serão severas, em nome de uma liberdade inexistente e falsa!

    Bolsonaro é claro nesse aspecto, então as reações contrárias à sua candidatura e pretensões de chegar ao Planalto são veementes e, na maioria das vezes mentirosas, as tais fake news.

  15. Eduardo RJ,

    E quem tem o poder de mudar essa situação, o povo, quer que esta indefinição continue.

    Fazer o quê?!

    Um abraço.
    Saúde e paz.

  16. Pesquisas muito antes das eleições, não valem nada, só serve para inflar esse ou aquele candidato.
    Eleições para presidente é de suma importância, é preciso que se tenha cautela. O ideal é aguardar até a proximidade das eleições para escolher com mais consciência, pelo menos o menso ruim. Se o candidato que um eleitor escolher hoje, e no decorre da campanha, nos debates e entrevistas se sair mal. Não era o que se esperava.dele. Esse eleitor terá coragem de mudar seu voto, ou passará a torcer por ele como se fosse um time de futebol?

  17. Tenta manter o nível, tenta.

    Se o “milico também passou a mão” – uma mentira torpe, pois basta ler e pesquisar como morreram os presidentes militares -, e os civis somente roubaram e exploraram o povo e país, qual seria a tua solução?!

    Eleger quem?

    Se o militar não presta e o civil é pior, sobra quem?!

    Sugere, quem seria, na tua ótica, o candidato ideal ou menos ruim?!

  18. Marcha soldado, cabeça de papel, se não marchar direito, vai preso no quartel, lá lá lá lá…
    Como tem gente sem noção deste país.
    Ofende de graça se discordar, e depois vem querer papo, quem baixa o nível não sou eu.
    Odeio bairristas !!

    • Tens certeza que estás de posse das tuas faculdades mentais?

      Diálogos infantis, expressões pobres, conclusões absurdas, frases sem nexo, obsessões, neuroses evidentes … tem tratamento para essas deturpações da mente!

    • Trate-se na Áustria, em N York, Pequim, França…
      Dinheiro não lhe falta, não é?

      cariocadagema.
      Abril 10, 2018 at 5:33 pm

      “Eu paga ?Nossa! quanta imaginação.
      Não preciso, sou muito bem paga pelo governo federal,é melhor procurar tratamento…”

        • Agora você me ofendeu!

          Deve ser tão honesta quanto o temer…

          O escadinha também não é político o lima e o vaccari e a kodama…

          Na realidade nenhum deles, lula e temer nunca foram políticos são criminosos e pior traidores da nação

          Realmente, papagaio, você só repete asneiras

  19. Olha só, começou!

    E, de forma malandra, porém safada, acusa a outra pessoa.

    E diz que odeia bairristas, logo esta pessoa que odeia gaúchos!

    E como é confortável usar o anonimato, se esconder atrás da covardia, então afirmo sem medo de errar que se trata de um homem, sem muita convicção do seu gênero mas, um homem, pois a mulher seria digna, corajosa, valente, sincera, e enfrentaria com educação e elegância quem dela discordasse.

    E não teria medo de dizer quem seria o seu candidato.

    Esta caiocadagema não é mulher, apenas um indivíduo que se diverte atazanando quem quer contribuir para o país melhorar, logo, deve ser mesmo combatido e execrado.

  20. Se formos julgar pelas pesquisas, a verdade, que brilha como o sol do meio dia, é essa: Bolsonaro NÃO tem a menor chance.
    Simples assim.

  21. Cazé,

    O debate deve ser assim, mediante as características de cada candidato.

    Ofender o eleitor deste ou daquele proponente é baixeza moral, degradante, que espelha o mau caráter do ofensor.

    Por outro lado, torna-se difícil uma discussão isenta, pois predominam o ódio, o radicalismo, a aversão.

    Se as pesquisas apontam a menor chance para Bolsonaro, as redes sociais dizem exatamente o contrário.

    E agora?

    A meu ver seria necessário que listássemos as características de Bolsonaro e Ciro, e comparássemos quem é melhor ou quem seria o menos ruim dos dois.

    Não esquecendo que, nesse meio tempo, Barbosa cresce,e poderá deixar ambos para trás.

    Um abraço.
    Saúde e paz.

    • Bendl,

      Estou, apenas, analisando resultados, nada mais.
      Pela aritmética, ainda que Bolsonaro vá para o segundo turno, NÃO vencerá. Os votos dos oponentes, somados, provam_no.
      Isso é resultado direto do radicalismo do candidato, do seu imenso repertório de ofensas e preconceitos , nenhuma dúvida. Não terá com quem compor.

      Agora, quanto a quem vencerá, de fato, grande incógnita.
      Embora pareça muito forte a chapa Marina/Barbosa, há aspectos graves a se considerar :
      1) eleitor petista vota em Marina?
      2) eleitor petista vota em Barbosa?
      A primeira votou e apoiou Aécio; o segundo condenou petistas, no mensalão.
      Sinceramente, é caso para refletir.
      Daí, cumpre consideramos Ciro Gomes, nenhuma dúvida.

      E caso o segundo turno seja entre os dois JBs, pessoalmente falando, sem considerar as pesquisas, não excluo, sequer, que Bolsonaro vença as eleições com os VOTOS DOS PETISTAS!
      Sim, parece loucura, ” but is true “!
      Tenho fortes razões para suspeitar disso.
      Abs

  22. Ignocente, temer também estudou e é quem é,,,
    aécio, gilmar m, delfin n, toffoli, serra, a lista é grande, todos estudaram e são criminosos

    Deixe de falar abobrinhas…

    sanconiaton

  23. A Data-Foice está passando o pé-de-moleque nos Bolsominions como dizia antigamente.
    Já não se faz mais pesquisas como antigamente.
    Bons tempos onde o Candidato da própria Foice já entrava no páreo com 35% de intenções de votos.
    Hoje não passa dos 5%..

    eh!eh!eh
    Vive La France.

  24. Acreditar que um destrambelhado como o Bolsonaro é capaz de botar ordem em alguma coisa é muita ingenuidade ou má fé. Desconhecem ou esqueceram que ele adquiriu a notoriedade que catapultou a sua carreira política jogando bomba nos quartéis, a pretexto de campanha para aumentar o soldo.

  25. A desonestidade dos institutos de pesquisa eleitoral agora tem a valiosa colaboração do TSE.

    Explico.

    Toda pesquisa eleitoral é obrigada a se registrar no TSE antecipando o questionário, o número de pessoas entrevistadas, as datas e os lugares das entrevistas. Até 2017 a lista de municípios envolvidos era obrigatória, só que agora, conforme a Resolução 23.549/2017 do TSE, no art.2º §6º, aos institutos, é permitida a apresentação da relação completa dos municípios e bairros pesquisados posteriormente, até o sétimo dia seguinte à data de registro da pesquisa, ou seja, dias depois da pesquisa divulgada.

    Não que houvesse critério rígido antes, por parte do TSE, com relação à escolha dos municípios abrangidos, já que os institutos, cinicamente, afirmavam – e ainda afirmam – em suas inscrições que os municípios são sorteados (“em cada estrato, num primeiro estágio, são sorteados os municípios que farão parte do levantamento”, segundo a inscrição da recente pesquisa da Datafolha). E quem faz o sorteio? Eles mesmos.

    E é aí que a coisa pega. Há oito anos eu tive a paciência de fazer um levantamento numa pesquisa do IBOPE – público e notório contratado do PT – para o 2º turno da eleição para presidente (Serra e Dilma) através do TSE e constatei que o instituto havia pesquisado 171 municípios, sendo que 39 governados pelo PSDB e coligados e 132 pelo PT e coligados. Detalhe: à época o PSDB tinha 42% a mais de municípios governados que o PT (791 contra 558).

    Na mesma época, uma do Vox Populi, do Marcos Coimbra, outro notório vendido ao PT:
    Dos 122 municípios que compunham a amostra da Vox Populi, apenas 27 tinham prefeituras oposicionistas, do PSDB, DEM ou PPS; em 45 municípios, ou 37%, além de prefeituras governistas, não houve um só candidato da oposição; as cidades escolhidas pela Vox Populi que tinham prefeitos oposicionistas tiveram férrea disputa eleitoral ou eram pequenas e inexpressivas cidades. Foi uma vergonha estatística.
    Por exemplo, a amostra do Rio de Janeiro, onde a Vox Populi conseguiu que Dilma Rousseff ultrapassasse José Serra. As cidades escolhidas foram Campos (PMDB), Nilópolis (PP, sem oposição em 2008), Niterói (PDT), Nova Iguaçú (PT, sem oposição nas eleições de 2008), Paraíba do Sul (PMDB), Rio de Janeiro (PMDB), São João do Meriti (PR, sem oposição em 2008) e, finalmente, um município oposicionista: Resende, onde o DEM venceu uma eleição dificílima, com placar embolado. Não havia município governado por tucano na amostra da pesquisa e não surpreende que Dilma estivesse à frente.
    No Rio Grande do Sul, dos oito municípios, apenas um era governado pelo PSDB e em três deles não houve candidato a prefeito fora da base do governo. Seria necessário fazer um cruzamento com as obras do PAC e com aquele programa de Lula, denominado Territórios da Cidadania.
    Em São Paulo, a manipulação foi flagrante. A amostra tem cinco municípios, totalizando 573 mil eleitores, que eram dirigidos por tucanos. Já o número de eleitores em três municípios petistas da amostra era de 1 milhão e 400 mil eleitores, incluindo Guarulhos e São Bernardo do Campo.
    Em Santa Catarina, montaram uma amostra de cinco municípios, apenas um tucano, onde a eleição foi acirradíssima. Em três municípios não houve oposição aos partidos da base de Lula em 2008. E o mais escandaloso: trocaram a capital Florianópolis por São José, do PSB, onde a filha do Lula era secretária de Ação Social e estava entupindo a cidade de verbas federais.
    Não dá para deixar de comentar a Bahia. Tiraram dali a representatividade do Nordeste. Por acaso, são 13 cidades no estado do Jaques Wagner. Em 9 delas não houve candidato de oposição em 2008. Sabem quantos municípios governados pelo DEM na amostra? Nenhum! Isto na terra do ACM! O mais engraçado é que escolheram um município, cujo nome é Boa Nova, onde o nome do prefeito é Toinho da Dilma. Nada mais simbólico para emoldurar esta pesquisa da Vox Populi.
    E o que dizer do Ceará? Naquele estado, o PSDB fez 30% das prefeituras. Sabe quantas cidades tucanas estavam na amostra da Vox Populi? Zero! Das 5 cidades, 2 são do PT e 1 do PCdoB.
    Em Minas Gerais, então, a Vox Populi chutou o balde. Fora 13 municípios na amostra, sendo que apenas dois eram do DEM. Sabem quantos eleitores os municípios demos de Antonio Dias e Antônio Prado de Minas tinham? Menos de 10 mil! Sabem quantos municípios não tiveram concorrência do PSDB, DEM e PPS em 2008, na amostra mineira? Cinco! E sabe quantos municípios governados pelo PSDB do governador Aécio Neves estavam na amostra? Nenhum! Aliás, um! Juiz de Fora, com 370 mil eleitores, onde o PSDB elegeu o prefeito com 51% contra 48% do PT.

    Enfim, é isso. Quem acredita nesses institutos está sendo escancaradamente enganado, agora com o aval do TSE.

  26. A Marina que ninguém mais houve falar aparece em segundo numa pesquisa do Datafraude. Por essa pesquisa o Datafolha merecia um processo por estupro da mentalidade de um povo.
    Quanto ao Joaqujm Barbosa que parecia ser admirável, se mostrou um Jânio dos dias atuais. Renunciou sem dar motivos. Se eleito for possivelmente renunciará novamente, portanto, é muito importante focar em quem será seu vice pois, sendo o JB o eleito, possivelmente seu vice assumirá ao longo do mandato por abandono do titular.
    JB ser apoiado pelos governadores de PE e da PB não é trunfo mas sim por serem do mesmo partido.
    Marina é aquela que quando ministra do meio ambiente se mostrava apática a tudo.
    Bolsonaro já afirmou de viva voz que se for para mentir ele não chega lá pois, o objetivo não é tão somente ser Presidente mas ser presidente como ele é e se propõe ser e não como um enganador.
    Alvaro Dias, pouco comentado e presidente eleito segundo o vidente que depois do acidente com a Chapecoense não acertou mais nada, pode ser um nome interessante desde que não façam perguntas na qual ele precise escorregar como em baba de quiabo pra não responder o que pensa, portanto, falso em suas declarações.
    Alkimin é PSDB de Aécio, Serra, Aluisio Nunes, Cássio Cunha Lima e correligionários.
    Nomes do PT ou de apoiado por ele todos sabemos o que serão. Aliás, aqueles que dizem estar decepcionados com o PT, ou que já foram PT ou ainda apoiam o PT e seus satélites cabe esclarecer que não se tratou de engano mas de problemas de visão como se fosse uma catarata. O PT e seus satélites sempre mostraram ser o agrupamento do que há de pior neste país, mas depois de assumirem o poder máximo mostraram que eram muito pior do que se haviam mostrado até então.

  27. Numa recente enquete feita por um site jornalistico da Paraiba, Bolsonaro recebeu cerca de 70 porcento dos votos. É só uma enquete sem valor de pesquisa, mas foi surpreendente.

  28. Nada X Nada. A que ponto chegou o Blog.. É melhor ir tomar meu uisque.e depois comer um filezinho de tilápia com uma taça de “Casilero Del Diablo”. Fui.

  29. TIPO DE GENTE que vota no lula livre do PT (e no bregaço do PeTê):

    1.
    Autoritário,
    2.
    Grotão convencido a sabichão,
    3.
    Pessoas toscas,
    4.
    Pessoas que sofreram Lavagem Cerebral, via João-o-Milionário-Santana (o ex-publicitário do brega petismo),
    5.
    Bregas e barangonas,
    6.
    População reacionária,
    7.
    Ladrões, bandidos e mulheres revoltadas;
    8.
    Imbecis de toda ordem!

    O petismo, lula, dilma etc. são totalmente autoritários de esquerda…
    Vejamos. Eis tais pessoas:
    Elas têm uma abordagem mental tão estreita como o buraco de uma agulha (PT, PCdoB): ali não cabe outra opinião além da sua, outra crença ou outra verdade, algo que ela mesma criou ao longo da sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *