Sem saída, Lula pede conselhos ao espanhol Felipe González

González não tem a menor noção do que deve dizer ao PT

Deu na Folha

Preocupado com o destino do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está convocando petistas para uma reunião nesta segunda-feira (22) com o ex-primeiro-ministro da Espanha Felipe González. O PSOE (Partido Socialista Obrero Español) é apontado por petistas como referência de uma legenda que sobreviveu a uma severa crise.

Líder maior do PSOE, González governou a Espanha de 1982 a 1996. Nos anos 90, o partido foi abalado por denúncias de corrupção, sendo derrotado nas eleições. Em 1997, após essa derrota nas urnas, González se afastou do comando da sigla. O partido passou por uma reciclagem. E o PSOE voltou ao poder em 2005.

Para petistas, o rejuvenescimento do PSOE é um exemplo a ser seguido pelo PT neste momento crítico. Para outros petistas, o partido de González não serve de modelo.

A palestra é organizada pelo Instituto Lula e acontecerá em São Paulo. Além dos dirigentes do PT, o Instituto Lula está convidado parlamentares e simpatizantes do partido.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Como se dizia antigamente, Lula está mais por fora do que umbigo de vedete. Não percebeu que o PSOE não tem nada a ver com o PT dos dias de hoje. No início, o PT até parecia o PSOE, porque tinha uma abertura com intelectuais, com professores, com funcionários públicos e com estudantes. Mas era tudo mentira. O PT (leia-se: Lula) queria apenas o Poder, não tinha um projeto nacional. O partido foi se corrompendo e elitizando, os intelectuais, professores e funcionários públicos se sentiram marginalizados e acabaram abandonando a legenda. Hoje, o PT não é mais nada. Tornou-se exclusivamente “o partido da boquinha”, como diz Anthony Garotinho, que foi apoiado pelo PT ao governar o Estado do Rio de Janeiro e se arrependeu muito. González não tem o que ensinar a um partido podre como o PT. (C.N.)

3 thoughts on “Sem saída, Lula pede conselhos ao espanhol Felipe González

  1. Eles se merecem em matéria de governos corruptos. Um por ter jogado duplo aqui durante a ditadura e o outro por ter acobertado os crimes do franquismo, com o agravante de haver autorizado, quando primeiro ministro, torturas de presos políticos bascos. Está física e espiritualmente decrépito para aconselhar sua própria gente, quanto mais o daqui. Aliás, a Espanha está em crise total. Só ganha na Comunidade Européia da Grécia. O PSOE e o PP do poder tão desmoralizados que não elegeram nem o prefeito de Madri recentemente.

    • Você esta + por fora que o proprio Brahma da Silva. Você comparar Felipe Gonzalez a essa coisa.
      O bem estar que a Espanha teve pelo trabalho fabuloso do seu governo. Nunca o Brasil teve nada igual e dificilmente terá. Os dois com governos corruptos? . A corrupção do Brasil é incomparavel com qualquer outro, e maior da historia da humanidade

Deixe uma resposta para Chamberlain Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *