Sem-teto ocupam tríplex no Guarujá, fazem protesto e são desalojados

Resultado de imagem para SEM TETO INVADEM TRIPLEX

Militantes foram desalojados pela Polícia

Catia Seabra e Mônica Bergamo
Folha

Em uma ação que consumiu menos de cinco minutos, cerca de 50 militantes sem-teto invadiram nesta segunda-feira (16) o apartamento tríplex atribuído ao ex-presidente Lula e pivô de sua condenação na Lava Jato. O grupo faz parte do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), coordenado por Guilherme Boulos, pré-candidato à Presidência pelo PSOL e uma das lideranças sociais mais próximas de Lula.

“É uma denúncia da farsa judicial que levou Lula à prisão. Se o tríplex é dele, então o povo está autorizado a ficar lá. Se não é, precisam explicar por que ele está preso”, diz Boulos.

VINTE ÔNIBUS – A ação foi acompanhada pela Folha. Cerca de cem pessoas, divididas em ônibus, chegaram ao edifício Solaris de madrugada para o ato.

Uma parte do grupo, cerca de 50 militantes, pulou as grades de acesso ao prédio e subiu 16 lances de escada. Ao chegar ao apartamento, após arrombamento da porta, os militantes encontraram uma geladeira, um fogão e um micro-ondas, além de camas.  

Eles fixaram bandeiras do movimento na varanda com vista para o mar. Da sacada do prédio, gritam: “Não tem arrego. Ou solta o Lula ou não vai ter sossego”.

Integrante da Frente Povo Sem Medo, da qual o movimento faz parte, Andreia Barbosa afirmou que o grupo ficaria o tempo que for necessário para fazer uma demonstração de que Lula é inocente. “Se o apartamento é do Lula, ele que peça a integração de posse”, diz Andreia.

PM NO LOCAL – ​Um representante do condomínio bateu na porta, que esta travada por um pedaço de madeira, e perguntou se os militantes tinham ciência de que estavam cometendo um crime. Em resposta, ouviu que só deixariam o apartamento com decisão judicial.

No início da tarde, a Polícia Militar informou aos sem-teto que poderia ser obrigada pela Justiça a cumprir a reintegração de posse e pediu que eles se retirassem voluntariamente. O MTST decidiu, então, sair do imóvel pacificamente. Cerca de 50 pessoas participaram da invasão.

19 thoughts on “Sem-teto ocupam tríplex no Guarujá, fazem protesto e são desalojados

  1. O Lula foi condenado em primeira, segunda instância e seus recursos, HB, embargos e o diabo,a quatro, todos foram negados por mais de uma dezena de juízes. Esses fanáticos, adoradores do “Deus” Lula acham que ele é inocente e partem para baderna. São arruaceiros, que naturalmente não trabalham É muita consideração com essa gente. tinham que ser presos, por vagabundagem e invasão de propriedade alheia….

  2. Que invadam o apezão de andar inteiro que encontra-se vazio em SBC, meliantes/militantes profissionais!O lixo do lixo, a escória da escória, em suas veias não corre sangue, circula chorume!

  3. Quando é que esses petistas sem vergonha vão compreender que no crime de lavagem de dinheiro nunca vai aparecer nada no nome do autor do crime.
    Se não não seria lavagem e sim corrupção passiva!
    Simples assim!

  4. É de pasmar o “raciocínio” lógico do Boulos. Primário, pueril e pedestre.
    Será que essa gente pensa que convence alguém, com cérebro, com esse tipo de argumentação?

  5. O Twitter do Boulos:
    “Ocupamos o triplex do Lula para denunciar a farsa judicial do Brasil.”

    Triplex do Lula….

    Boulos.. acha que é “peixe du homi” (do molusco).
    Mini tilápia fazendo-se de bacalhau…
    Passa na farinha, e frita….

  6. Depois de condenado por Moro, cuja sentença foi confirmada por TRF4, pelo STJ e STF porquê a imprensa ainda fala em apartamento “atribuido’ a Lula.?
    Ora, o apto É de Lula ou então o famigerado MTST tem razão.

Deixe uma resposta para Anônimo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *