Senado deixa para 2015 discussão de biografia não-autorizada

Deu em O Tempo

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal decidiu adiar a discussão do projeto de lei que permite a publicação de biografias não autorizadas no país. Agora, a votação será retomada apenas em 2015.

Diante de sessão do Congresso Nacional que analisaria, entre outros temas, a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2015, o grupo sequer deu início à pauta prevista para o dia — de acordo com o regimento, o trabalho nas comissões deve ser suspenso enquanto uma sessão do Congresso estiver sendo realizada.

Na semana passada, o grupo já havia adiado o debate sobre a proposta, que ganhou fôlego com a polêmica sobre biografias censuradas, como a do cantor Roberto Carlos. O texto foi sugerido em 2011 pelo deputado Newton Lima (PT-SP) e sofreu alterações no Senado Federal.

Após a votação na CCJ, o projeto precisa ainda passar pelo plenário do Senado. Em seguida, ele deve ser encaminhado à sanção presidencial.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGSe a liberdade de expressão no Brasil depender de artistas que tentam esquecer o passado, voltaremos à Idade da Pedra Lascada. (C.N.)

4 thoughts on “Senado deixa para 2015 discussão de biografia não-autorizada

  1. Como se não tivéssemos problemas sérios para resolver, temos de ficar discutindo as vaidades e os arrependimentos de cantores que já eram há muito tempo. Por que não procuram um novo composer writer (ou seja, alguém para compor canções para eles), porque parece que o que fazia para eles aquelas coisas deliciosas no passado já se foi. Não são capazes de fazer mais nada que agrade.

  2. Fico com a nota da redação do blog. Permita-me, Moderador:

    “NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Se a liberdade de expressão no Brasil depender de artistas que tentam esquecer o passado, voltaremos à Idade da Pedra Lascada. (C.N.)”

    Tribuna da Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *