Senado não atende o pedido de Bolsonaro e aumenta os salários do Supremo

Presidente do Senado, Eunício Oliveira colocou na pauta do dia votação sobre reajuste dos ministros do STF e do PGR

Eunício não quis nem saber do pedido de Bolsonaro

Deu no Estado de Minas

O Senado aprovou, nesta quarta-feira, o Projeto de Lei da Câmara 27/2016, que prevê reajuste nos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A votação terminou com 41 votos favoráveis, 16 contrários e 1 abstenção. O texto segue para sanção do presidente Michel Temer (MDB). A confirmação do aumento  contraria o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), que alertou para o impacto que a matéria poderia causar nas contas públcias, calculado em cerca de R$ 6 bilhões por ano.

Em Brasília, na manhã desta quarta, Bolsonaro disse que via com “preocupação” a possível aprovação do reajuste dos salários no Judiciário e incluindo aumento também para a Procuradoria-Geral da República, para 2019.
DA MELHOR MANEIRA – “Espero que o Parlamento, por sua maioria, decida da melhor maneira possível essa questão”, disse Bolsonaro, após tomar café da manhã no comando da Aeronáutica. “Obviamente não é o momento [para esse aumento de despesa]”, complementou.

Com o reajuste, o salário dos ministros do STF subiria de R$ 33,7 mil para R$ 39,3 mil – um aumento de mais de 16%. A alteração tem efeito cascata, elevando o teto do funcionalismo público e pode conceder automaticamente aumento para as carreiras de juízes, procuradores, promotores e parlamentares.

O impacto estimado, segundo analistas, é de R$ 6 bilhões por ano. O último reajuste foi em 2014, mas a proposta de um novo reajuste gerou protestos dos integrantes da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). O projeto já havia sido aprovado pela Câmara, mas estava parado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado desde 2016.  A “pauta-bomba”, como é conhecida por parlamentares contrários à medida, foi colocada de surpresa pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira, na noite de terça-feira.

SEM RETROATIVIDADE – O líder do Governo, Fernando Bezerra (MDB-PE), esclareceu que o reajuste não será retroativo a 2017, como estava inicialmente previsto no PLC. Em emenda de redação, o emedebista retirou o dispositivo de retroatividade e determinou que o valor será válido a partir de janeiro de 2019.

Os senadores também aprovaram o Projeto de Lei da Câmara 28/2016, que concede reajuste ao procurador-geral da República. Assim como o projeto que trata de reajuste ao Judiciário, o texto vai segue para sanção do presidente Michel Temer.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGÉ cada um por si, neste país esculhambado. Os juízes do Supremo acham pouco receber R$ 33 mil, mais penduricalhos e com moradia funcional. Quem que o povo se exploda, como diria Chico Anysio no papel de Justo Veríssimo. (C.N.)

20 thoughts on “Senado não atende o pedido de Bolsonaro e aumenta os salários do Supremo

  1. -O Eunício não é o “Índio’ da planilha da Odebrecht?

    -Bandido é bandido e só defende dinheiro no bolso e os interesses dos que são da igualha dele, seja no Senado, seja no Supremo com um “calaboca”.

  2. E agora?

    Será que vai ter “soldado e cabo” fechando o Senado e o STF amanhã???

    E o povinho de merda vai às ruas????

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

  3. Eunício e o Senado são bandidos, simples. Bandido só pensa no seu bolso e nos seus interesses. Está tentando se blindar junto com Temer, pois em janeiro babau foro privilegiado. Tomara que a PF o coloque atrás das grades, mas acho difícil já que Eunício e Temer são bilionários.

  4. A maior parte dos malandros que votaram à favor deste assalto aos cofres públicos , não foram reeleitos , estão envolvidos na Lavajato e em outros crimes . Este ( reajuste ? ) na realidade , é o pagamento de honorários feito pelos meliantes , à Suas Excelências , com intuito de no futuro , contarem com suas generosidade . PROVA CABAL QUE SÃO CULUNDRIADOS .

  5. É deplorável que estes indivíduos que estão cheios de processos estejam bajulando a Suprema Corte ou STJ para tentarem mitigar suas condenações.
    Bandido não poderia estar discutindo este tema, deveriam ser afastado do Senado e sem direito a votar qq matéria.
    São os piores bandidos que denigrem toda a população brasileira. Que sejam logo apenados e cumpram longas penas pelos seus delitos contra o Estado.

  6. É uma falta de respeito com o contribuinte, principalmente a declaração do ministro Dias Toffoli, o qual foi colocado aonde está agradeça a Dilma, dizer que este reajuste do judiciário acabaria com os subsídios, auxílio moradia, etc…, é a mesma coisa que, tirar com uma mão e dar com a outra, será que pensam que somos idiotas, são R$ 4,1 bilhões para este reajuste, pois provocará uma cascata de servidores públicos, enquanto isso, o Brasi do outro lado, vive o drama do desemprego, é surreal.

  7. ÍNDIO CORRUPTO DETONA O BRASIL,

    O Senado Federal, em uma grande bandidagem, autêntica cafajestagem, em uma Casa onde a maioria de seus membros tem processos na Justiça, aprovou nesta quarta-feira (7) projetos de lei que concedem aumento aos ministros do Supremo Tribunal Federal e ao procurador-geral da República. O reajuste altera o subsídio dos 11 integrantes do STF e da atual chefe do Ministério Público Federal, Raquel Dodge, de R$ 33,7 mil para R$ 39 mil e provoca um gigantesco efeito cascata sobre os funcionários do Judiciário. Com a fixação de novos tetos dos ministros, agora haverá uma enxurrada de aumentos de desembargadores federais e estaduais, juízes federais e estaduais, procuradores e promotores de várias instâncias e esferas, defensores públicos, senadores, deputados federais e estaduais, prefeitos e vereadores. Vai ser uma gastança descontrola, abissal, em um fim de governo patético. O Congresso Nacional dá outra poderosa demonstração de que está pouco se lixando para o País e os brasileiros, tratando de seu locupletar e também as corporações públicas que lhes dão sustentação. (reprint vide versus)

  8. O Congresso Nacional é hoje a “Faculdade Nacional de Safadezas Gerais” , lá só existem Doutores Honóris Causa em Safadezas Gerais, o troco vem antes do final do ano, depois vivem pedindo que obedeçam a Constituição quando eles mesmos rasgam a Constituição sob o silêncio e impunidades do Poder Judiciário por inteiro, depois de ontem precisam provas ??? Começou a República do Vamos nos Locupletar, e aí Dodge não basta palavras e sim gestos, gestos tão criminosos contra a Nação e seu Povo ??? Acorde Ministério Público o comum acordo de crimes praticados pelos 3 Podresres recomeçou com força total, o filho de Bolsonaro tem razão, tá faltando um soldado prá visitar esses podres poderes !!!!

  9. -O nome dos BANDIDOS do Senado Federal que votaram “A FAVOR DO AUMENTO:

    Acir Gurgacz (PDT-RO)
    Aécio Neves (PSDB-MG)
    Ângela Portela (PDT-RR)
    Antonio Anastasia (PSDB-MG)
    Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
    Armando Monteiro (PTB-PE)
    Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
    Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
    Cidinho Santos (PR-MT)
    Ciro Nogueira (PP-PI)
    Dalirio Beber (PSDB-SC)
    Davi Alcolumbre (DEM-AP)
    Edison Lobão (MDB-MA)
    Eduardo Amorim (PSDB-SE)
    Eduardo Braga (MDB-AM)
    Eduardo Lopes (PRB-RJ)
    Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE)
    Garibaldi Alves Filho (MDB-RN)
    Hélio José (PROS-DF)
    Ivo Cassol (PP-RO)
    Jorge Viana (PT-AC)
    José Agripino (DEM-RN)
    José Amauri (Pode-PI)
    José Medeiros (Pode-MT)
    José Serra (PSDB-SP)
    Otto Alencar (PSD-BA)
    Paulo Bauer (PSDB-SC)
    Paulo Rocha (PT-PA)
    Raimundo Lira (PSD-PB)
    Renan Calheiros (MDB-AL)
    Roberto Rocha (PSDB-MA)
    Romero Jucá (MDB-RR)
    Rose de Freitas (Pode-ES)
    Sérgio Petecão (PSD-AC)
    Tasso Jereissati (PSDB-CE)
    Telmário Mota (PTB-RR)
    Valdir Raupp (MDB-RO)
    Vicentinho Alves (PR-TO)
    Walter Pinheiro (sem partido-BA)
    Wellington Fagundes (PR-MT)
    Zezé Perrela (MDB-MG).”
    (G-1)

  10. Se dao aumento ao Juciciario toma critica se dao aumento ao salario minimo outra critica vai quebrar a previdencia porem se aumentam as insencoes fiscas que este ano foi de 293 bi em em 2019 sera de 316 bi aumento de 23 bi e o pagamento de juros da divida interna que deve passar dos 300bi silencio total inclusive da imprensa vendida,ineteressante.

  11. -O SENADOR-PILANTRA do Distrito Federal, é o suplente HÉLIO JOSÉ, que passou 30 anos no quadro do Partido dos Trabalhadores vagabundos.
    -Tá explicando o comportamento dele, portanto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *