Senador Cid Gomes é baleado após tentar entrar em batalhão da polícia com retroescavadeira no Ceará

Os dois tiros passaram perto, mas não atingiram o coração do senador

Cid, que está licenciado do Senado, estava em uma retroescavadeira e tentava entrar no batalhão da cidade. O trator foi alvejado e teve os vidros estilhaçados. A assessoria de Cid Gomes informou que o senador foi baleado por arma de fogo e que, no início da noite, estava passando por estabilização no Hospital do Coração de Sobral. A equipe do senador informou que ele será transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral.

PRIMEIRAS INFORMAÇÕES – Nas redes sociais, o ex-governador Ciro Gomes (PDT) disse que as primeiras informações são de que foram dois tiros, que não atingiram órgãos vitais. “Meu irmão Cid Gomes foi vítima de dois tiros de arma de fogo por parte de policiais militares amotinados e mascarados em Sobral, nossa cidade. Até aqui as informações médicas são de que as balas não atingiram órgãos vitais apesar de terem mirado seu peito esquerdo”, escreveu Ciro.

“Novos exames estão sendo feitos, mas a palavra aos familiares e amigos é de que Cid não corre risco de morte. Espero serenamente, embora cheio de revolta, que as autoridades responsáveis apresentem prontamente os marginais que tentaram este homicídio bárbaro às penas da lei”, afirmou.

NEGOCIAÇÃO – No início da tarde, Cid Gomes avisou por meio de rede social que chegaria em Sobral para tentar negociar o fim das manifestações dos policiais militares. Desde a noite de terça-feira , dia 18, PMs protestam contra a proposta de reestruturação salarial feita pelo governo do Estado.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), estava reunido com o governador da Bahia, Rui Costa (PT), quando soube que Cid Gomes havia sido baleado. Ele tentou, sem sucesso, ligar para o celular de Cid. Depois, entrou em contato com o ministro Sergio Moro (Justiça) e com o governador Camilo Santana (PT).

“Acompanho com preocupação os desdobramentos do ocorrido com o senador Cid Gomes, na tarde desta quarta-feira (19), em Sobral, no Ceará. Entrei em contato o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e com o governador do Ceará, Camilo Santana, para obter informações e garantir a segurança do parlamentar”, disse Alcolumbre em nota.

ATAQUES – Até o momento, três policiais foram presos e 261 são investigados por participarem do protesto, que foi proibido na segunda-feira, dia 17, pela Justiça. Em meio aos atos, dois batalhões foram atacados por homens encapuzados, que roubaram dez viaturas em uma das unidades e esvaziaram pneus dos carros em outra.

Na segunda-feira, dia 17, a Justiça havia determinado, a pedido do Ministério Público Estadual, que agentes de segurança poderiam sofrer sanções e até serem presos por promoverem movimentos grevistas ou manifestações no estado.

Em um dos ataques, no batalhão no bairro do Papicu, cerca de dez viaturas foram levadas. Em outro, na Barra do Ceará, os carros tiveram os pneus esvaziados. O governo vai investigar as ações, mas o secretário da Segurança, André Costa, disse nesta quarta-feira que podem ser policiais e até esposas de policiais envolvidos nessas ações.

PORTAS FECHADAS – Os protestos já chegam ao menos a sete cidades do interior do Ceará. Em Sobral, homens encapuzados, com o corpo para fora das janelas de viaturas da Polícia Militar, circularam pelo centro da cidade nesta quarta ordenando que comerciantes fechassem as portas.

Muitos só reabriram as lojas após a chegada de policiais civis e guardas municipais, que estão patrulhando algumas cidades do Ceará com a paralisação de parte da PM. O Ministério da Justiça divulgou nota em que informa que está acompanhando a situação no Ceará e “analisando as providências que podem ser tomadas”.

“Já foram enviadas equipes da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal para Sobral para garantir a segurança do senador Cid Gomes”, diz o comunicado. Cid Gomes é senador licenciado. Ele se afastou em dezembro para cuidar das eleições municipais no Ceará e deve voltar ao cargo em abril. Em seu lugar assumiu seu suplente Prisco Bezerra (PDT-CE).

BASE ELEITORAL – Sobral é a base eleitoral de Ciro Gomes, candidato a presidente derrotado em 2018 e que apoia o governador petista Camilo Santana.  Seu irmão Cid Gomes foi governador do Estado em momento semelhante de crise com a PM, em 2012.

32 thoughts on “Senador Cid Gomes é baleado após tentar entrar em batalhão da polícia com retroescavadeira no Ceará

  1. Pode até parecer piada.
    Com tantas medidas para serem tomadas no senado (dizem que eles só trabalham “terça, quarta e quinta) um senador está afastado e defendendo o PT; o outro está em reunião (em plena quarta-feira) com o governador da Bahia do PT, que deveria estar dando informações através da imprensa, sobre a morte do miliciano (onde estão as imagens ?).
    Na cidade onde mora meu irmão; quando um PM dá um tapa em um “menor infrator” a imagem aparece no Jornal Nacional.
    Na mesma cidade um professor (básico) ganha R$ 5.000,00 da prefeitura e mais R$ 5.000,00 do estado; e ao se aposentar recebe integralmente dos 2.
    Alguém pode informar “aqui” quanto ganham esses policiais militares ?

  2. Bem, inicialmente sou favorável a greves para melhoria das condições salariais e de trabalho. Mas nesse caso, envolvendo PMs que agiram com violência e usando táticas de bandidos, sou contra.

    Não haverá alternativa, o Estado, sob pena de ficar refém de movimentos similares, vai ter de agir com rigor.

  3. Acho melhor ver o outro lado.

    Cid Gomes foi negociar jogando uma retroescavadeira no portão do batalhão, não machucando que estava do outro lado do portão por sorte. Depois disso é que os policiais deram tiros de borracha nele.

    Tem vídeo na internet mostrando as ações do Cid Gomes e dos policiais. Esta tudo gravado.

    Vejam no https://luizberto.com/

  4. Alex, avisa pra teu Chefe e Amado Corrupto Idolatrado Lula Cardoso que isso é o legado de uma Nação roubada pela quadrilha dele nesses 20 anos. Todos os Trabalhadores do Brasil passam Fome e Desemprego por culpa de teu Chefe , como pode dar aumento agora se os falsos “defensores dos trabalhadores” não deram aumento e sim Fome, Miséria e desemprego, tradução Amas e Vives com um Bandido que já devia ter sido preso por Genocídio, Lei de Segurança Nacional Nelle !!!

  5. A reação dos policiais cearenses sobre a nova elaboração salarial da categoria por parte do governo do Ceará é mais do que justa!

    BASTA, de ser o povo a pagar pelos crimes e corrupção dos governantes e do legislativo.
    Quem é o mais importante para a população?
    Policiais ou parlamentares?
    Quem é mais importante para a sociedade?
    Professores ou parlamentares?

    Por que um deputado/senador recebe 200.000 mensais(!!), enquanto agentes de segurança e mestres são pagos miseravelmente?
    Por que esta clamorosa injustiça e segregação imperdoável?

    O povo prefere segurança, educação e saúde ou troca esses direitos inalienáveis por um legislativo corrupto, ladrão, incompetente, perdulário, inútil e vagabundo?!

    Agora, o que tinha na cabeça o senador Cid Gomes quando avançou contra os militares a bordo de um trator??!!
    Esse idiota poderia ter matado pessoas, caso rompesse a barreira e passasse por cima dos grevistas!
    Mais:
    O parlamentar foi contra o direito dos servidores na sua reivindicação salarial com extrema violência.
    Agiu contra a cidadania, pois os policiais são egressos do povo, que vem sendo desprezado, maltratado, abandonado; que se encontra desempregado, pobre, miserável, e sem qualquer chance de melhorias para os servidores dos Executivos estaduais, enquanto as castas do judiciário e legislativo nadam em dinheiro, regalias, mordomias, penduricalhos … um corolário de vantagens ROUBADO da população exaurida pela grave crise econômica.

    Bom, aguardo as manifestações da oposição sobre o episódio com Cid Gomes.
    Certamente vão acusar Bolsonaro, e vão enaltecer o risco de morte e agressão sofrida pelo senador.
    Lembro que o atentado contra Bolsonaro, que era carregado nos ombros do povo mineiro de Juiz de Fora, e recebeu uma facada que quase tira a vida do até então candidato, a oposição considerou um teatro, que era falso o atentado, que não saíra sangue(?) … e outras asneiras.

    Agirá da mesma forma a situação?!
    Afinal das contas, Cid saiu caminhando e com uma pequena mancha de sangue na camisa!

  6. Coroné gomes é secretário de segurança?
    É funcionário da secretaria de segurança?
    É funcionário do governo de Camilo do PT?
    Tinha CNH para dirigir retroescavadeira?
    Rapaz…o caboclo tem que ser preso e processado por destruir o patrimônio, atacar um prédio público, tentar atropelar pessoas e não ter autorização para dirigir.

  7. Caro Francisco, só posso dizer a você…Perfeito o texto, análise e acerto pedagógico para muitos que deixaram de Administrar o Brasil e partiram ,desde lá do Congresso, passando por todos os Poderes(vide a Impunidade em massa), e foram saquear a Nação no Poder Executivo, o resultado taí.., bem claro nítido e querem que acerte com 1 ano de Governo o que destruíram em 20 anos,?? ??? Que o Senador Cid Gomes se recupere logo e que a Paz volte a reinar na bela Sobral no lindo Ceará, terra de meus sobrinhos que nasceram em Fortaleza, Abraços daqui do nosso Recife . Que Deus tenha Piedade do Brasil e de seu Povo !

    • Edjailson, meu caro,

      Não me lembro de algum parlamentar ter investido contra o povo com ímpetos assassinos porque contrariado com a greve justa dos policiais, desde que me conheço por gente.

      Cid não só foi insano, quanto demonstrou total desequilíbrio mental e instabilidade emocional diante do povo.

      Caso ele rompesse o alambrado ou a cerca de ferro do batalhão, haveria mortes por esmagamento e pessoas sendo pisoteadas por outras, mesmo de homens, mulheres e crianças!

      Certamente Cid se deixou levar pela empáfia, arrogância, prepotência, soberba e impunidade, que goza como parlamentar.
      Houve um momento, que ele vociferava que não admitiria a greve “na minha cidade”, certamente acostumado a ser autoritário e arbitrário.

      Se teve como resposta alguns tiros desferidos contra ele, a verdade é que o senador queria matar as pessoas com trator que dirigia, logo, caso de LEGÍTIMA DEFESA!

      Já assisti a polícia agir contra manifestações com extrema violência, baixando o cacete prá valer em quem estivesse na frente.
      O sujeito poderia correr, evadir-se de levar uns pescoções.
      No entanto, o senador partiu com intenções assassinas, com ódio, com crueldade, para cima de pessoas que reivindicavam salários mais justos relativos à função de proteger os cidadãos.

      Isso que este tresloucado parlamentar embolsa 200 mil mensais. Imagino se recebesse 2/3 mil por mês!
      Mataria meio mundo!!!

      Uma constatação, e excelente:
      o povo está até as goelas com tantas injustiças e segregações, que aumentam, vertiginosamente, as diferenças sociais.
      Percebe-se que basta o riscar de um fósforo para o povo explodir!

      Isso é muito bom!

      Abração, meu amigo.
      Saúde.

  8. “…estava em uma retroescavadeira e tentava entrar no batalhão da cidade. ”

    -A reportagem não diz porque o sujeito, ao invés de usar um carro ou entrar a pé como qualquer cidadão, tentou usar uma retroescavadeira para entrar no quartel.
    Tal omissão teria sido por “conveniência” do repórter?

    • “Cid pilotava uma retroescavadeira e tentava furar um bloqueio feito por policiais no 3º Batalhão da Polícia Militar do município.”

      -Que tolice! Muita sorte não ter morrido.

      • Agora vamos ver se o senador DPVAT vai entrar contra ele com um pedido de cassação por quebra do decoro paralamentar. A não ser que ele ache normal passar com um trator por cima dos outros…

  9. PMs encapuzados e praticando atos de vandalismo. Ameaçando os cidadãos, quando a sua obrigação seria defendê-los. Pode ser que Cid se excedeu, mas os atos dos PMs foram piores, Já disse e repito que sou favorável a greves. Porém esse movimento foi digno de quadrilha de bandidos. Não há diferença.

  10. Newton sugiro a você que publique o artigo de hoje do Elio Gaspari. Explica bem o momento de insanidade e ensandecimento total e fenomenal que atinge este pobre país, que se transformou na terra da barbárie e da falta de civilidade. Caos total. E esse movimento do Ceará pode se alastrar para os outros Estados. E ainda ressuscitam a Lei de Segurança Nacional, esse estrume jurídico escatológico e pastoso que já deveria ter sido objeto de uma ADPF para o Supremo declarar a sua não recepção pela Constituição de 88 e sua extirpação do ordenamento jurídico nacional, assim como fizeram com a Lei de Imprensa.

  11. Eu vi o vídeo e o que o abestado do cid fez, foi oque, tentativa coletiva de assassinato?
    E o que os policiais fizeram foi legitima defesa, quero ver em que tribunal essa coisa vai pegar, que com o arsenal de imagens o abestado do cid ainda vai ter de pagar pelos policiais machucados debaixo das grades o que no minimo se fosse uma pena decente falaria sobre os policiais machucados também, mas pelo visto a pena é de vida fácil

  12. Quando a policia desce o pau nos grevistas todo mundo pau na policia, agora o babaca do celerado do cid tenta um atropelamento coletivo e todo mundo bate palmas, ficaram loucos, esse mentecapto deveria no hospício junto com todos que o apoia e a seus atos e ideias incluso as penas de vida fácil.

  13. sem entrar no mérito apenas como analise de como a imprensa noticia.

    A noticia nao deveria ser:

    ” Senador cid gomes é baleado ao tentar invadir com uma reto escavadeira um quartel da policia militar que estava invadido por elementos armados e encapuzados, provavelmente parte do grupo que havia invadido outros quarteis e furtado dezenas de veiculos militares ”

    A noticia correta naõ é esta??

    Os porques, as motivações, as loucuras são outra coisa

    Estou falando da noticia rasa, parcial e incompleta

  14. Enquanto os professores (básicos) que fazem greves todos os anos (além de ter direito a duas férias), tiveram o seu piso salarial nacional, estabelecido em 1.800,00 (e é unanimidade, que eles não ensinam nada [produtividade zero]).

    Esses militares, que são proibidos pela constituição (do senador motorista de retro escavadeira) de fazer greve; recebem R$ 1.400,00 por mês (segundo eles. E eu não vi informação contraria em nenhum lugar).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *