Senador com dinheiro na cueca amplia prazo da licença para seu filho assumir o mandato

Senador Major Olímpio afirma preferir Lula a Bolsonaro no PSL

Rodrigues sai e deixa o filho em seu lugar no Senado

Julia Lindner
O Globo

Flagrado com dinheiro vivo na cueca, o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) ampliou o pedido de afastamento do mandato de 90 para 121 dias, conforme antecipou a colunista Bela Megale. Caso a mudança seja aprovada, será convocado o primeiro suplente do parlamentar durante a licença. Neste caso, o filho de Rodrigues, Pedro Arthur, que disputou a última eleição na chapa do pai.

“Venho retificar a petição protocolada na data de hoje, às 8h49, para requerer que a minha licença ao cargo de Senador da República se dê pelo prazo de 121 (cento e vinte e um) dias”, escreveu Rodrigues em mensagem enviada à Mesa Diretora.

A VEZ DO SUPLENTE – Conforme o regimento do Senado, o suplente só pode ser convocado se o prazo da licença for superior a 120 dias. Inicialmente, é convocado o primeiro suplente. Se ele não aceitar, é o segundo suplente quem assume.

Na mensagem original com o pedido de licença, Rodrigues voltou a alegar inocência e afirmou que não deve ser condenado previamente. “Serei julgado pela mais alta Corte judicial do País, composta por aqueles que detém o mais alto conhecimento jurídico. Tenho confiança e tranquilidade que terei a meu favor a Justiça e um julgamento humano”, escreveu.

“Por trás desse broche de senador, há um ser humano. Rogo a deus que ilumine os homens e me julguem de maneira sábia e imparcial”, concluiu.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGPara evitar mais problemas com a cueca, o filho do senador já comprou uma mochila grande, do tamanho da usada pelo ex-tesoureiro petista João Vaccari, cujo apelido era “Moch”. Como diz o velho ditado, “mudam os cavalos, mas a manjedoura é a mesma”.. (C.N.)  

4 thoughts on “Senador com dinheiro na cueca amplia prazo da licença para seu filho assumir o mandato

  1. Este Juninho da cueca tem uma cara de bunda igual a do seu progenitor !
    Um circo de horrores este País.
    Credo !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *