Ser a vez do PT em Minas?

Murilo Rocha
(O Tempo)

Se caminha como favorito para um quarto mandato consecutivo frente do pas, o PT, em Minas, vive pela primeira vez em sua histria a chance real de governar o Estado. Nunca foi to bom um cenrio para os petistas mineiros como neste do incio do ano eleitoral de 2014. Em eleies anteriores, o partido chegou dividido, sem um nome de consenso, ou ento se viu obrigado a ceder espao para aliados nacionais, como em 2010, quando o PMDB encabeou a chapa com Hlio Costa e Patrus Ananias (PT) foi seu vice.

Em 2002 e em 2006, Nilmrio Miranda (PT), apesar de todo o empenho pessoal, sabia das limitaes de sua candidatura frente ao ex-governador Acio Neves (PSDB) vencedor em primeiro turno nas duas ocasies. Agora, porm, o PT mineiro parece unido em torno do nome do ministro Fernando Pimentel, ex-prefeito de Belo Horizonte.

Junta-se a esse fator dois importantes pontos: o PMDB dever apoiar a candidatura petista em Minas sem maiores problemas, e, principalmente, o PSDB, aps governar o Estado por 12 anos, tem em 2014 a ausncia de uma liderana ou de um nome natural para concorrer ao governo de Minas esse vcuo ocorre tanto dentro do partido como no raio de legendas aliadas.

PIMENTA DA VEIGA

A cartada dos tucanos diante desse cenrio foi desenterrar no ano passado o ex-prefeito de Belo Horizonte e ex-ministro do governo FHC Pimenta da Veiga. Um tiro no escuro, pois boa parte do eleitorado ignora Pimenta da Veiga. Antonio Anastasia tambm era um nome desconhecido, mas foi trabalhado ao longo de oito anos para suceder Acio Neves, e no como uma opo emergencial.

As chances tucanas residiriam em uma dedicao quase integral de Acio Neves para fazer seu candidato vencer no Estado, mas essa hiptese, hoje, bate de frente com a necessidade do senador mineiro de ter de percorrer o pas, principalmente o Nordeste, para angariar fora para sua candidatura Presidncia chegar, pelo menos, ao segundo turno. A ateno exclusiva a Minas seria um abandono da corrida nacional.

Apesar de ser o melhor cenrio de sua histria, o PT tem conscincia da dificuldade de vencer as eleies estaduais, em especial no interior do Estado, nas reas mais afastadas da regio metropolitana, onde concentra seu potencial eleitoral. No toa, Dilma intensificou suas visitas a Minas Gerais em 2013 e deve manter o ritmo no incio de 2014, sempre com o ministro Fernando Pimentel a tiracolo.

No futuro dos sonhos do PT com possibilidade significativa de concretizar-se , o partido reelege Dilma e ganha de forma indita em Minas Gerais, enfraquecendo definitivamente o PSDB de Acio Neves e dominando o segundo maior colgio eleitoral do pas. Mas ainda h muita gua para rolar.

###
NOTA DA REDAO DO BLOGPimentel aquele “consultor” que recebia sem dar consultas, mas a presidente Dilma gasta dele e decidiu mant-lo no governo, alegando que os “malfeitos” dele foram cometidos antes de ocupar o ministrio. (C.N.)

4 thoughts on “Ser a vez do PT em Minas?

  1. O PIG poderia ter bombardeado e conseguido a demisso de grande parte dos ministros de Dilma, desde que deixassem o F Pimentel por ltimo. Mas quando usaram a mesma estratgia usada contra Palloci, a Dilma percebeu o golpe. J era tarde para readmitir o Palloci, mas deixou claro que no mais usaria editorias do PIG como prova de nada. O PIG desde ento aceitou a pecha de inventor de factide.

  2. Curioso… mas, pelo o teor do artigo, parece que o resultado da eleio mineira de 2014 j foi decidido pelos caciques.
    Antes mesmo de pedirem a opinio dos ndios!
    Ser?

  3. Falando sinceramente, como do nosso feitio, agora no tenho mais dvidas, Marina, a exemplo de FHC, entre muitos outros nomes de vanguarda j consagrados da poltica nacional, assim como as Ruas do Brasil, tambm foi capturada pela RPL (Revoluo Pacfica do Leo) que nos prope, o Projeto Novo e Alternativo de Nao e de Poltica-partidria-eleitoral (PNBC-ME), o Novo Caminho para o Novo Brasil de Verdade, porque evoluir preciso. Agora, pois, o nico problema da RPL-PNBC-ME, via urnas, tem sido apenas os pr-candidatos que a esto pela oposio, bloqueando o espao e confundindo o cenrio, a saber: Acio Neves (PSDB), Eduardo Campos (PSB) e Rondolfe Rodrigues (PSOL), que a esto bloqueando e impedindo o surgimento do Fato Novo de Verdade, a Mega-Soluo, em contraponto ao velho continusmo da mesmice que se expressa h dcadas atravs da situao, oposio e do golpismo-ditatorial. Senhores Acio, Eduardo e Randolfe, pelo amor de Deus, coloquem as mos em vossas conscincias, se que a tem, e retirem j vossas pr-candidaturas impostoras temporais, sem causa nobre, sem sentido, sem motivos relevantes, sem p e sem cabea, em prol da Mega-Soluo, do Projeto Novo e Alterantivo de Poltica e de Nao, ou seremos todos obrigados a votar em Dilma (PTMDB-agregados) em 2014, por falta absoluta de opo melhor e mais evoluda. Senhores e Senhoras, acordem, caiam na real, liguem os seus desconfimetros, pois pela Revoluo Pacfica do Leo que as Ruas do Brasil rugem. E o tempo urge. Ser que o HoMeM ter que desenhar nas estrelas para que senhores entendam a Sentena assinada pelo Povo Brasileiro nas Ruas do Brasil, clara o bastante no sentido da ruptura, contra o velho continusmo da mesmice (situao, oposio e golpismo-ditatorial ) ?

  4. Para D Dilma, o passado negativo no importa, contato que tenha amizade pessoal.
    Com esse lema, qualquer criminoso, pode ser chamado a exercer cargo poltico, que tal nomear fernandinho beira-mar para o 40 ministrio, (ainda h tempo de cri-lo) o reino de Ali Bab, estaria completo!!.
    Rui, voc deve estar rubro e arroxeado de vergonha, e De Gaulle, a cada dia que passa no consigo te desmentir.
    Os politiqueiros, esto transformando o Brasil em uma CLOACA.
    Que o Cidado() em 05/10, vote com conscincia, indo at a ANULAO DO VOTO OBRIGATRIO, dito democrtico, NO REELEGENDO, NO VOTANDO NESSES APANIGUADOS, O “GRANDE RECADO DO POVO SER 99,9% DE RENOVAO” ELEGENDO POLTICO. bom lembrar EA DE QUEIROZ.
    05.10, Redeno, ou vaca no brejo, a responsabilidade nossa.
    Pai de Misericrdia, S.O.S., para o BRASIL.

Deixe um comentário para Francisco Vieira Brasilia-DF Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.