Sergio Cabral assustado com Garotinho

O ex-governador, em janeiro de 2008, anunciou um acordo com Cesar Maia e Picciani. Ele seria candidato novamente a governador e os outros dois para o Senado. Desistiram (não se elegeriam), mas Garotinho se manteve, preocupando Serginho.

E piorou quando Lula mandou que o palanque de Garotinho “fosse o terceiro de Dona Dilma”.

Hoje, desde às 8 da manhã, Sergio Cabral está “pensativo”. Motivo: Lula vem ao Rio às 3 e meia e Serginho quer conversar com ele sobre sucessão estadual. Isso quando Lula está preocupado com a nacional, Serginho nada a ver. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *