Sérgio Machado já devolveu R$ 56 milhões à Transpetro, mas continua milionário

Imagem relacionada

Machado entregou seus comparsas e saiu incólume

Ramona Ordoñez
O Globo

O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado devolveu R$ 56 milhões aos cofres da subsidiária da Petrobras responsável pelo transporte de petróleo e combustíveis, como resultado do acordo de delação premiada firmado no ano passado. Sem citar nomes, a Petrobras informou nesta quarta-feira que foram feitos pagamentos em três parcelas até a última sexta-feira. Esses recursos foram repatriados pelo Ministério Público Federal (MPF) e se referem a irregularidades apuradas pela Operação Lava-Jato.

De acordo com a Petrobras, com os valores recebidos agora, o total de recursos provenientes de delação premiada e acordos de leniência recuperados pela empresa totalizam cerca de R$ 716 milhões. Os valores devolvidos por Sérgio Machado foram para o caixa da Transpetro.

AÇÕES EM ANDAMENTO – A estatal petrolífera informou ainda que continuará “adotando as medidas jurídicas contra empresas e pessoas, inclusive ex-funcionários e políticos, que causaram danos financeiros e à imagem da companhia”. A Petrobras atua como co-autora com o MPF e a União em 13 ações de improbidade administrativa em andamento, além de ser assistente de acusação em 33 ações penais.

A Petrobras ressaltou que está trabalhando em estreita parceria com as autoridades que conduzem a Operação Lava-Jato, sendo “reconhecida por tais autoridades, inclusive pelo próprio Ministério Público Federal e pelo Supremo Tribunal Federal, como vítima da corrupção investigada” e acrescentou que “continuará colaborando com as autoridades e buscará o ressarcimento de todos os prejuízos causados em função dos atos ilícitos cometidos contra a companhia.”

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Sérgio Machado é o mais esperto dos larápios envolvidos na Lava Jato, dá de goleada em Joesley Batista, por exemplo. Montou uma fábrica de corrupção na Transpetro, enriqueceu criminosamente a família, quando percebeu que ia ser apanhado, gravou os amigos Romeró Jucá, José Sarney e Renan Calheiros (Jáder Barbalho escapou por pouco, estava hospitalizado, Machado quis se encontrar com ele, o médico não deixou), incriminou os parceiros e depois fez acordo de delação para devolver apenas R$ 76 milhões, uma mixaria, porque apenas um de seus filhos já tinha aplicado quase R$ 100 milhões em imóveis de luxo no Reino Unido, segundo o jornal The Guardian. Com o acordo, Machado conseguiu isentar de culpa a família inteira. Os três filhos (Daniel, Sérgio e Expedito) estão riquíssimos. Confiante na impunidade, Machado rompeu o acordo com a Procuradoria, abandonou a prisão domiciliar e não aconteceu nada, absolutamente nada, a ele e aos filhos. Joesley ainda corre risco de ter seu acordo de delação modificado, mas Machado é inalcançável, inexpugnável, inimputável. Ah, Brasil… (C.N.)

7 thoughts on “Sérgio Machado já devolveu R$ 56 milhões à Transpetro, mas continua milionário

  1. 1) Li nas redes: estamos vivendo em uma Kakistocracia, o termo vem do grego e significa o governo dos piores.

    2) Maiores detalhes é só consultar o livro: “Contra o Governo dos Piores – uma Gramática da Democracia”, do filósofo italiano Michelangelo Bovero, professor da Universidade de Turin, editora Campus.

    3) Que karma negativo Brasil !

  2. Estes acordos são uma porcaria, os caras roubam milhões de dólares e pagam em reais, este poder judiciário não julga com severidade, são tantas mazelas que fico enfurecido, quem eles querem enganar, é por isto que este país continua cheio de ladrão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *