Sergio Zveiter, relator da denúncia contra Temer, pede desfiliação do PMDB

Imagem relacionada

Zveiter votou contra Temer e não aceitou punição 

Bernardo Caram
G1, Brasília

O deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) apresentou nesta sexta-feira (dia 11) pedido de desfiliação do PMDB. A decisão de Zveiter ocorre um dia após o PMDB anunciar a suspensão das funções partidárias dos deputados que se posicionaram contra Temer na análise da denúncia, entre os quais Zveiter. Com a decisão, parlamentares serão retirados temporariamente das comissões em que representam o partido.

Na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, ele apresentou relatório favorável ao prosseguimento da denúncia da Procuradoria Geral da República contra o presidente Michel Temer.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Sérgio Zveiter era considerado um dos melhores quadros do PMDB. Ex-presidente da OAB no Rio de Janeiro por dois mandatos, entrou na política pelo PDT de Leonel Brizola. As informações em Brasília são de que vai se filiar ao Podemos (antigo PTN), que lançará o senador Álvaro Dias como candidato à sucessão presidencial. Com sua filiação, o partido passará a ter 14 deputados federais e dois senadores.  (C.N.)

 

14 thoughts on “Sergio Zveiter, relator da denúncia contra Temer, pede desfiliação do PMDB

  1. Será,que ele também vai ser tão rigoroso,quando aparecer as denúncias contra o maninho,que tem relação íntima com Picciani e com a quadrilha do Cabral.
    Com certeza ele vai dizer,que está sendo retaliado.

  2. Não se mede a profundidade de um rio com os dois pés. O nobre deputado, certamente, já havia sondado a sua aceitação no Podemos antes de decidir o voto contra o atual patrão..

  3. Não adianta. O sujeito tem cara de espertalhão e age como espertalhão. Jogou para a plateia com o tal relatório. Não aguenta uma pressãozinha de 200 mil reais. Está escrito na sua cara, que não consegue despistar que é da malandragem. Falou mano! Vou sair do PMDB para mostrar que sou honesto pacas, mano!

  4. Nada em favor do partido político, mas, assim como sai do PMDB deveria, junto com a família toda, sair da Justiça, do Esporte, da Política e da Maçonaria.Assim, esses ambientes restariam mais arejados.

    • Desculpe, Fradelo SFU, mas nada consta contra Waldemar e Sérgio Zveiter. E as armações de Luiz, o outro Zveiter, não podem ser atribuídas ao pai e ao irmão, segundo a Constituição em vigor.

      Abs.

      CN

  5. A desavença entre o Brizola e o então governador Garotinho foi por causa da nomeação do Zveiter pelo governador Garotinho. Como Brizola via mais a frente que os demais políticos, deva ter suas razões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *