Servidores fazem novo protesto contra pacote de maldades do Pezão

Resultado de imagem para protestos na alerj

Servidores pressionam para humanizar pacote de Pezão

Paulo Peres

Nesta terça-feira, 20/12, a partir das 10 horas, os servidores públicos farão outro ato unificado em frente à Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), na tentativa de impedir a aprovação de alguns projetos que restam para serem votados do pacote de maldades do governo, face ao rombo provocado nos cofres do Estado por políticos como Cabral, Pezão, Garotinho e Picciani.

O funcionalismo público estadual não teve reajuste nos seus vencimentos em 2015 e 2016, há atraso no pagamento de ativos, aposentados e pensionistas da maior parte do funcionalismo, além da não existir previsão do pagamento do 13º salário deste ano.

Segundo o Jornal do Brasil de 19/12, das 22 propostas que foram enviadas pelo Executivo no dia 4 e publicadas no Diário Oficial no dia 7 de novembro, 14 foram devolvidas ou retiradas de pauta, uma foi rejeitada e sete foram aprovadas pela Alerj. Em novembro, os deputados iniciou as discussões sobre os projetos, que receberam, ao todo, 722 emendas. Em dezembro, passou-se à fase final: votação dos projetos, que os servidores acompanham ativamente, para atenuar as maldades do pacote.

2 thoughts on “Servidores fazem novo protesto contra pacote de maldades do Pezão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *