Simone Tebet entra na disputa e ataca a política ambiental “desastrosa” do governo Bolsonaro

Simone Tebet se lança pré-candidata à Presidência pelo MDB e critica  líderes que dividem país - 08/12/2021 - Poder - Folha

Simone Tebet fez seu primeiro discurso como candidata

Raphael Felice
Correio Braziliense

A senadora Simone Tebet criticou a política ambiental do governo do presidente Jair Bolsonaro durante o evento que oficializou sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto, em um hotel na Asa Sul, área central de Brasília, nesta quarta-feira (8/12). A parlamentar disse em seu discurso que a leniência com relação ao meio ambiente é prejudicial também ao agronegócio.

“Nós temos uma política ambiental desastrosa, leniente, com a grilagem, de destruição da nossa biodiversidade. Essa leniência não queima apenas nossa mata biodiversidade, ela queima a credibilidade do nosso agronegócio, que alimenta o Brasil e mundo. É preciso acabar com essa dicotomia. O país não tem prioridades, é um governo que não tem projeto, não tem plano nacional e nem regional de desenvolvimento”, disse Simone.

MUITAS CRÍTICAS – A senadora, que ganhou destaque em sua atuação na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid-19, criticou o governo atual também por seu discurso de ódio, pelo desemprego no país e por “promover a discórdia e a polarização”.

“O governo não tem dinheiro, apesar de sermos um dos povos que mais paga impostos. Sem prioridade e planejamento não consegue aplicar o dinheiro onde necessariamente precisa. Aí falta para o mais básico e obras de logística. Sucateia nossos parques industriais, faz com que o comércio tenha portas fechadas e impede que nossos trabalhadores de serviços poderem estar ganhando seu pão”, disse a senadora, acrescentando:

“O governo que aí está cria crises artificiais, mas é mais grave do que isso. Promove a discórdia e a polarização. Numa única palavra quer aniquilar as minorias. As minorias são hoje vítimas do gabinete do ódio que, numa estratégia muito bem preparada, tenta impedir o pensamento crítico, a oposição e a imprensa livre. Não vão conseguir”, destacou.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Simone Tebet é a parlamentar de maior destaque no Congresso. Ou seja, realmente merece participar da eleição presidencial, num pais em que as mulheres são maioria no eleitorado, é bom lembrar. (C.N.)

18 thoughts on “Simone Tebet entra na disputa e ataca a política ambiental “desastrosa” do governo Bolsonaro

  1. Tem muito tempo pela frente e uma campanha feita com inteligência poderá sensibilizar o eleitorado feminino (maioria no país) a apoiá-la e fazer frente aos que polarizam as atenções (Lula e Bolsonaro). Há que se levar em conta também que o Brasil está cansado dos pretensos “salvadores da pátria’, haja vista a situação de penúria moral, econômica e política pela qual estamos pagando um alto preço, com nossas instituições se deteriorando.

  2. “É preciso acabar com essa dicotomia. O país não tem prioridades, é um governo que não tem projeto, não tem plano nacional e nem regional de desenvolvimento”, disse Simone.”

    • “Sucateia nossos parques industriais, faz com que o comércio tenha portas fechadas e impede que nossos trabalhadores de serviços poderem estar ganhando seu pão” Disse Simone.

      Digo eu, alguém consegue acreditar nisso tudo?
      Candidata a presidência, vai esculhambar outro depois de ter neutralizado Bolsonaro.
      Hehehe, isso não é discurso, é fofoca.

    • E quais são os projetos, plano nacional e regional de desenvolvimento da Simone.??
      O Temer não é do mesmo Partideco da Simone.?
      Não tinha planos para o País.??

  3. 1) Faço votos que sua candidatura cresça, e que o voto feminino escolha ela.

    2) Homem faz muita lambança…

    3) Mas tudo vai depender do karma do Brasil, acredite se quiser, eu sei que poucos acreditam, mas as eleições também passam por aí.

  4. A senaDanta esta em quarto lugar nas pesquisas para senador em seu estado, sem chance alguma. Como o Calcinha Apertada, não tem votos, sabe que não vai chegar, disputar, muito menos ganhar. A função dos dois nas eleições do próximo ano é só atrapalhar e arrumar confusão. São os bobos da corte.

    • Luiz Fernando Souza POA/RS … Bom dia!

      Obrigado por tão gentil lembrança.

      Desde a metade de 1.980 … faço uma pesquisa bíblica sobre “Mas há uma coisa, caríssimos, de que não vos deveis esquecer: um dia diante do Senhor é como mil anos, e mil anos como, um dia”. (2Pd 3,8).

      Agora, sinto segurança em voltar aos pitacos kkk visto que consegui entender o que pesquisava kkk KKK kkk

      Forte abraço.

  5. A dona Simone, não tem voto, não é apoiada pelos caciques do partido.

    Os caciques,querem uma bancada forte no congresso,e fazer o que sempre fez.
    Ficar a sombra barganhando…

    Outra,a dona Simone, não tem meta, projeto, não tem programa…

    Na Itália,a deputada Cicciolina-Frota de lá,tinha programa…

    O MDB,salvos honrosas exceções, já está acertado com Lula ..

    Lula,tem ainda pendências jurídicas muito bem explanado pelo Dr° JORGE BEJÁ,e contra razoado pelo Dr° Carlos Alverga.

    Eis,o balão de ensaio, até resolver os perengue jurídico.

  6. Quem elege não é o partido, são os votos. Simone Tebet tem currículo e é extremamente qualificada. Pena que esteja no Partido errado. As Elieis da vida, gostam e votam apenas em paraquedista que falam cuspindo, babando e arrotando. De novo : Tem gosto para tudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *