Sinal de alerta: Aliados avaliam que se faltar vacina no Brasil, Bolsonaro pagará a conta por nova crise

Negacionismo pode custar caro para Bolsonaro daqui para frente

Valdo Cruz
G1

A equipe do presidente Jair Bolsonaro diz que acendeu o sinal de alerta dentro do Palácio do Planalto no que pode se transformar a nova crise relacionada ao coronavírus no país, depois da tragédia em Manaus. Pode faltar vacina no Brasil para dar continuidade ao Programa Nacional de Imunização.

Neste caso, interlocutores e assessores do presidente avaliam que a responsabilidade pela falta de vacina no país pode acabar sendo debitada na conta de Bolsonaro. Afinal, conflitos criados pelo atual governo com a China podem acabar atrasando ainda mais a exportação de princípios ativos daquele país para o Brasil, impedindo que Butantan e Fiocruz produzam vacinas aqui em fevereiro.

MUDANÇAS NO PLANEJAMENTO – A Fiocruz, inclusive, já divulgou que seu planejamento mudou e não terá mais condições de produzir vacinas em fevereiro, como previsto inicialmente, por causa do atraso na importação dos princípios ativos para fabricação do imunizante nos seus laboratórios. Os produtos estão parados na China desde dezembro e a avaliação é que questões diplomáticas, mais do que burocráticas, estão travando a vinda dos insumos.

No caso do Butantan, o instituto tem uma expectativa de que os insumos sejam liberados já na semana que vem com base nas negociações feitas pelo governo de São Paulo com a China. Neste caso, a produção poderia ter continuidade no mês que vem. A avaliação no governo paulista é que o Butantan tem a vantagem de ser ligado a São Paulo, que tem uma boa relação com os chineses, ao contrário do que acontece com o governo brasileiro.

DEPENDÊNCIA – Ou seja, destacam interlocutores de Bolsonaro: além de perder a foto da primeira vacinação para o governador João Doria, agora o presidente da República pode ficar na dependência exatamente da CoronaVac, que ele tanto criticou, para que a vacinação no Brasil não seja interrompida e pelo menos continue de forma gradual.

“Toda a política diplomática atrelada a Donald Trump, com ataques constantes à China, está cobrando seu preço agora. Se faltar vacina no Brasil por causa disso, levantamentos já mostram que a população vai responsabilizar o presidente da República por isso”, disse ao blog um interlocutor de Bolsonaro.

O Palácio do Planalto definiu como prioridade tentar destravar a vinda dos princípios ativos para a Fiocruz e Butantan, que estão parados na China, e busca contornar as tensões diplomáticas criadas pelo próprio governo brasileiro com o país asiático.

18 thoughts on “Sinal de alerta: Aliados avaliam que se faltar vacina no Brasil, Bolsonaro pagará a conta por nova crise

    • Data vênia, quem está acabando com o povo brasileiro não é a “briguinha do BolsoLira x Inimigo Comunista Johnn Johnn DoriaVaca Grey”.

      As reações dos governos chinês e indiano são decorrentes das palhaçadas de agentes do Governo e da família do Pr (além do próprio).

      Os deboches e as posições políticas não foram esquecidos, mas o preço, altíssimo, quem paga é o povo.
      Confiaram na vacina inglesa, mas seus insumos também são chineses.
      O povo paga a conta, inclusive com as vidas humanas.

  1. Como burro, arrogante, boçal e ignorante que é o Pinóquio desconhece aquele velho ditado que diz bem assim, quem diz o que quer ouve o que não quer. O cara ofendeu o nosso principal fornecedor só para puxar o saco daquele palhaço americano, agora vamos pagar o preço pelas palhaçadas protagonizadas pelo Pinóquio e pelos lacaios que o servem.

  2. Única coisa que sei é que pior que está pode ficar!

    Além das declarações do dito Mito sobre a Covid19 e vacinação ele terá ainda o problema da alta dos alimentos e lembro que o Povo vota com o estômago.

    Do jeito que estão subindo de preços e tudo indica irão continuar, se este governo não conseguir frear, Bolsonaro e seu Clã não serão reeleitos em 2022. Fim de festa.

    Enquanto a Índia prioriza vacinar seu povo aqui os políticos priorizam as exportações de alimentos.

    Vamos entrar em 2021 sem reserva de grãos por que acabaram com os estoques da Conab… – Veja mais em https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2020/09/19/estoques-publicos-conab-alimentos-reducao.htm?cmpid=copiaecola

  3. ÀS VEZES tenho a impressão de que o Brasil não muda de verdade, para melhor, como deveria, porque o tripé mídia, forças armadas e poder econômico tem bandidos de estimação, e o rabo preso com o sistema podre, e o máximo que eles fazem na política é tirar um bandido do poder para colocar no lugar o seu próprio bandido de estimação. Nunca foi uma escolha difícil, o problema foi e continua sendo as ditadura$, em especial a ditadura partidária, direita, esquerda e centro, que continua impedindo de entrar na cena eleitoral a alternativa que a maioria da população estava e continua querendo desde Junho de 2013, tal seja o Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação, o contraponto ideal contra tudo isso que ai está há 131 anos, com o prazo de validade vencido há muito tempo, como propõe a RPL-PNBC-DD-DE, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso. https://www.facebook.com/pdtspmunicipal/videos/2791437407783323

  4. Jared; o governo chinês, é pragmático e encara desta forma: Eles não falam tanto da “democracia” e que todos os países deveriam ser assim?!!!
    Não foi o povo democraticamente (com suas instituições) que tiraram uma presidenta, colocaram o vice e abriram caminho para o “tosco” e seu clã que aí estão?!!!
    Então; um povo morre pelo seu país e pelos seus líderes.
    “eles pensando”: Vamos ver até quando este povo gosta mesmo do seu líder e do seu clã?!!!

  5. CARTA A XI JIM PING EM PORTUGUÊS, INGLÊS E CHINÊS

    中共習近平總書記

    Ednei Freitas
    06:52 (há 3 horas)
    para english, Cco:caijuan9511

    Sou um brasileiro comum de 73 anos, médico psiquiatra. Embora seja seguidor do Partido Cidadania23 (www.cidadania23@org.com.br), que é o novo nome do antigo Partido Comunista Brasileiro, Eu não sou membro filiado ao Partido Cidadania23 por causa de minha idade, mas fui membro e continuo simpatizante do Partido Comunista Brasileiro (CIDADANIA23).

    Vossa Excelência sabe que os brasileiros já têm mais de 220.000 vítimas mortas da Covid-19, e mais de 8.000.000 infectados por esse
    vírus. E isso se deve, em grande parte, à conduta negativa e irresponsável do atual Presidente da República do Brasil, Jair Bolsonaro, que dá mau exemplo, causando multidões sem o uso de
    máscara, desdenhando as vacinas, além disso nomeou como Ministro da Saúde um militar que sequer é médico, desajeitado e que anuncia, a
    pedido de Bolsonaro, para a população, que usar máscara é “besteira” e insiste que o brasileiro deve se tratar com cloroquina (medicamento contra malária), sem indicação médica para o tratamento do covid19.

    Além disso, Jair Bolsonaro é cercado por ministros, que pensam como o atual presidente Jair Bolsonaro, todos de extrema direita e inimigos
    da China, seguidores do louco ex-presidente norte-americano Donald Trump, embora de maneira caricata, que agora felizmente perdeu seu mandato, e Bolsonaro e seus fanáticos seguidores
    dizem que são anti-comunistas ( e tudo ou todos
    os que contradizem Bolsonaro são chamados de comunistas, por Bolsonaro e sua claque trumpista).

    Jair Bolsonaro colocou à frente do Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty) outro membro da extrema direita, Ernesto Araújo, também seguidor de Donald Trump e é incompetente para o cargo que exerce. Assim sendo, provisoriamente,
    uma diplomacia chinesa deve ser feita no escritório em São Paulo, com a equipe do governador João Dória, e os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) ou (API). FIOCRUZ, no Rio de Janeiro, e (IFA) ou (API) do Coronavac, que ao governador João Dória devem ser entregues, desprezando completamente o psicopata presidente Jair Bolsonaro.

    No entanto, Excelência, o Presidente Xi Jinping, tem, no Brasil, um aliado de primeira hora de Vossa Excelência, que, embora não seja um político que possa ser considerado de esquerda, mas de um centrista moderado, que confiou precocemente na China, e será adversário ferrenho de Jair Bolsonaro
    nas próximas eleições presidenciais, isso se Jair Bolsonaro não sair por impeachment por crime de responsabilidade, já com 63 processos de
    impeachment no congresso brasileiro.

    O governador João Dória negociou precocemente e confiante com a China, e negociou com sucesso a vacina Coronavac com a China. Estou falando do governador João Dória, do Estado de São Paulo, o maior estado em população do país e o mais importante polo industrial do Brasil.

    Pelo sofrimento que o povo brasileiro vive hoje, escrevo esta carta a Vossa Excelência, e aponto, entre outros, dois motivos principais: 1º) Precisamos, com o governador João Dória, derrotar o negacionista antivacina Jair Bolsonaro , até o impeachment desse presidente incompetente. Para isso, precisamos vacinar os 320 milhões de brasileiros que vivem no Brasil; 2) Apelo ao Vossa Excelência, Presidente, para que, com sua força, interfira imediatamente para que os cientistas chineses liberem imediatamente ao Brasil (Instituto Butantan, São Paulo) e à Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) os insumos farmacêuticos ativos ( IFA) ou (API), para a FIOCRUZ, no Rio de Janeiro.

    Peço clemência a Vossa Excelência que liberação para o Brasil (Instituto Butantan, São Paulo) e para a Fundação Oswaldo Cruz Cruz (FIOCRUZ ) os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) ou (API).

    A FIOCRUZ, no Rio de Janeiro, tem como pesquisadora no sequenciamento de Covid – 19 minha filha FLÁVIA ALVIM DUTRA DE FREITAS que pretende, junto com os demais cientistas da FIOCRUZ, na cidade do Rio de Janeiro, que desenvolver a vacina da AstraZeneca, de forma autônoma, e os pesquisadores também precisam que a China envie imediatamente o (IFA) ou (API) da FIOCRUZ AstraZeneca, para que essa vacina também seja integrada em larga escala no território brasileiro, que pretende, junto com os demais cientistas da FIOCRUZ, na cidade do Rio de Janeiro, que pretendem e precisam desenvolver a vacina AstraZeneca de forma autônoma, e os pesquisadores também precisam que a China envie imediatamente o (IFA) ou (API) da FIOCRUZ AstraZeneca, para que essa vacina também seja produzida em larga escala no território brasileiro. E também que a China imediatamente disponha aos cientistas brasileiros do Instituto Butantan o (IFA) ou (API) que é do Instituto Butantan, para que os cientistas do Instituto Butantan também desenvolvam autonomamente a Coronavac .

    Devo lembrar que de nada adianta, do ponto de vista sanitário, que a China esteja totalmente imunizada com vacinas, deixando 220 milhões de brasileiros sem vacina, porque este coronavirus-19 e suas variantes, circulando em um país numeroso e continental como o Brasil, irá acabar contaminando novamente o mundo e até mesmo a própria China, já que não sabemos nada sobre as reinfecções por esta terrível coronavirose e suas variantes, e tudo pode acontecer.

    Já deve ser do conhecimento de Vossa Excelência, Presidente Xi Jinping, que o aumento exponencial da curva de infectados pela Covid-19, especialmente na cidade de Manaus, no estado brasileiro do Amazonas, está morrendo em ritmo acelerado por falta de oxigênio, os cientistas brasileiros, assim como os da OMS, alertam que esse fato pode ocorrer em outras cidades brasileiras, se não tivermos vacinas suficientes, em duas doses, para parar os 320 milhões de brasileiros a morrer asfixiados por falta de oxigênio , e a única solução é a de que os brasileiros tenham uma vacina que possa ser fabricada em território brasileiro.

    Por estas razões solicito a clemência de Vossa Excelência, não só para com os brasileiros, mas também para com o mundo, e solicito que com seu poder mande fazer a transferência imediatamente dos (IFA) or (API) para os dois Institutos de Pesquisa brasileiros.

    Com todo o meu respeito e admiração,

    EDNEI JOSÉ DUTRA DE FREITAS

    Rua São Francisco Xavier, 146 – Apartamento 703 –
    Tijuca – Rio de Janeiro – RJ – Brasil – Zip Code (CEP) 20550-012

    • Parabéns Dr. Ednei !!!
      Reconheço o ineditismo e brilhantismo do seu seu gesto…
      Agradeço, como brasileiro, esta conduta iluminada, carregada de humildade,humanidade e, principalmente, esperança por dias melhores, quando não mais precisaremos de conviver com tantas mortes absurdas, por falta de um planejamento,no mínimo estratégico, dos péssimos, ridículos, assassinos e canalhas que nos governam, neste tão sofrido momento…
      Que o Sr. seja ouvido e considerado, para que a nossa tão desejada salvação, não demore a chegar aos nossos braços…
      Sds.
      R.Lemos.

      • Obrigado pelo reconhecimento, prezado Sr. Ricardo Lemos, de Belo Horizonte. Lembro com orgulho que me formei médico na Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, em Belo Horizonte, quando era diretor o inesquecível fundador desta faculdade o Dr. Lucas Machado. Com o Dr. Lucas Machado tive várias conversas e diversos ensinamentos recebidos. Sou mineiro de São Lourenço, e fiz meu curso secundário no então legendário Colégio Estadual de Minas Gerais.

        A carta que escrevi certamente será lida por Xi Jinping, e foi difícil achar o endereço de email do Presidente da República Popular da China. Fiz várias buscas, os portais chineses são obscuros, mas, por fim, achei o endereço de email de Xi.

        Um grande abraço mineiro,

        Ednei José Dutra de Freitas

        • Achei de grande valor a sua iniciativa, Dr. Edinei…
          Também estudei no lendário Colégio Estadual Central de Belo Horizonte em 1977-78.
          Foi uma honra para mim, poder ter trocado algumas palavras e idéias, com um ilustre conterrâneo, pois é assim que o considero, como o Sr.
          Um abração, daqui das Gerais!
          R. Lemos.

          • A CHINA RESPONDEU RAPIDAMENTE

            Embaixada da China diz que se esforçará para garantir vacinas ao Brasil
            Nota foi divulgada no momento em que o país está carente de insumos para a fabricação da CoronaVac e da vacina AstraZeneca/Oxford
            Por Fabio Murakawa, Valor — Brasília

            21/01/2021 14h43 Atualizado há 2 horas

            Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

          • A CHINA RESPONDEU RAPIDAMENTE

            O GLOBO – 22/01/2021

            “Em relação à exportação ao Brasil de insumos de vacinas, a Embaixada da China no Brasil tem mantido contatos com a parte brasileira e fará máximos esforços para conseguir avanços sob a premissa de garantir a saúde e segurança”, destacou a embaixada em um comunicado divulgado nesta tarde de hoje, 21 de janeiro.

            Desde que surgiram as primeiras dificuldades para que o Instituto Butantan possa produzir a vacina CoronaVac com insumos chineses, esta é a primeira vez que o embaixador do país asiático se posiciona a respeito do tema. Também ontem foi o primeiro encontro entre Yang Wanming e representantes do governo brasileiro para tratar do assunto. Até então, o diplomata havia conversado apenas com membros da classe política, como o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

            “A parte chinesa tem sempre apoiado e continuará apoiando o fortalecimento de cooperação na área de vacinas entre as empresas e instituições dos dois países”, diz um trecho da nota.

            No comunicado, a embaixada chinesa ressalta que as vacinas são a principal arma de combate à pandemia. Por essa razão, a solidariedade e a ajuda mútua são o único caminho a seguir. A nota enfatiza que, para a China, o único objetivo de pesquisar e desenvolver vacinas e promover a cooperação internacional é salvar mais vidas.

          • TEMER DIZ QUE EMBAIXADOR CHINÊS GARANTIU ENVIO DA CORONAVAC “EM BREVE”

            Ele participou virtualmente de encontro de ex-presidentes da República promovido por Doria
            Por André Guilherme Vieira, Valor — São Paulo

            25/01/2021 14h01  Atualizado há uma hora

            O ex-presidente Michel Temer (MDB-SP) disse que conversou nesta segunda-feira de manhã com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, e que ele afirmou que os insumos para a fabricação da CoronaVac no país serão enviados “em breve”.

            “Dou agora uma belíssima notícia. Falei com o embaixador da China no Brasil e nesta conversa eu soube que os insumos estão sendo preparados para envio ao Brasil”

  6. Pagar mais o quê? Ele, o Bolsonaro, é culpado de tudo: das mortes que se avolumam, do aumento da pobreza, da falta do pão na mesa, do crime que se alastra, por quase toda a desgraça que sofremos.
    Pagar, pagamos nós, com esse sofrimento atrós de ter que sobreviver á covid todo dia.

  7. O GLOBO 

    PARA A CHINA, BOLSONARO É UM ACIDENTE DE PERCURSO

    Por Marcelo Ninio

    22/01/2021 • 16:30

    Parece muito mais importante para Pequim valorizar a CoronaVac como a vacina que salvou o Brasil e reforçar sua “diplomacia da vacina” do que arriscá-la para punir Bolsonaro. De quebra, a vacina fortalece um rival de Bolsonaro sem que a China possa ser acusada de interferência nos assuntos internos do Brasil. Esta semana o tablóide “Global Times”, o mais aguerrido da mídia estatal, destacou uma foto de João Dória no alto de sua primeira página para noticiar o início da vacinação com a CoronaVac em São Paulo.

    Entre intelectuais chineses que estudam o Brasil, a opinião é de que a paciência demonstrada até agora pelo regime chinês diante dos ataques de Bolsonaro e seu clã se devem à convicção de que ele é apenas um acidente de percurso, e de que não importa quem o suceda na Presidência a diplomacia brasileira voltará aos trilhos do pragmatismo após sua saída do Palácio do Planalto. Os interesses mútuos falam mais alto. Essa visão foi reforçada com a mobilização política deflagrada em Brasília pela crise dos insumos, incluindo a pressão de governadores para que Bolsonaro mude a relação com a China e os apelos de ministros ao embaixador chinês, Yang Wanming, o mesmo que não faz muito tempo foi declarado persona non grata no governo pelo presidente.

    Ainda que não tenha resultado em retaliações abertas contra o Brasil, a atitude inconsequente de Bolsonaro em relação à China tem um custo para o país, ao bloquear canais de comunicação com seu maior parceiro comercial que poderiam ser decisivos num momento de necessidade como agora. Pressionado a interceder na liberação dos insumos para a CoronaVac, Bolsonaro tentou na quarta-feira um contato direto com o presidente chinês, Xi Jinping. Dois dias se passaram e a ligação ainda não havia completado. Eu perguntei á porta-voz do Ministério do Exterior chinês, porque Xi Jinping sequer deixou completar desde quarta-feira a tentativa de contato de Bolsonaro, e a porta-voz me disse:  “Sobre a situação específica que você mencionou, eu não tenho informação a oferecer”, me respondeu nesta sexta a porta-voz do Ministério do Exterior chinês, Hua Chunying quando a perguntei sobre o pedido de Bolsonaro.

Deixe uma resposta para Jared Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *