Sistema de segurança pública está falido em todo o país, inclusive em Brasília

Resultado de imagem para insegurança charges

Charge do Ivan Cabral (ivancabral.com)

Francisco Vieira

O problema da segurança vai se agravar, devido ao arrocho nas contas públicas. As polícias civil e militar estão quebradas e desmotivadas. Na verdade, pode-se até dizer que não existe mais polícia nem mesmo na capital do país, o centro do poder. Para que se tenha uma ideia, a Polícia Civil do Distrito Federal, que investiga os crimes, só prende em flagrante e está com o mesmo efetivo da década de 80, mesmo com a população tendo quadruplicado. Tem mais de oito anos que a Polícia de Brasília faz greve, nunca conseguiu qualquer aumento/reposição salarial extra e teve que suportar a queda de 60% do poder de compra, corroído pela inflação. Até hoje faz uma greve por semestre, inutilmente.

Em todo o país, a situação é a mesma. Por isso, apenas entre 4% a 8% dos homicídios cometidos no Brasil são elucidados, um dos menores índices do mundo, e nem todos os autores de assassinatos são condenados e cumprem pena.

SOLTAR OS BANDIDOS – Enquanto isso, a organização criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), criada há décadas em São Paulo, se espalha como um câncer, já atua até em países vizinhos, como Paraguai e Bolívia, e tem mais poder nos presídios do que os governadores.

O novo ministro da Justiça Alexandre de Moraes e o Conselho Nacional de Justiça, presidido pela ministra Cármen Lúcia, já sinalizaram que pretendem resolver o problema da superlotação carcerária soltando os bandidos nas ruas.

O país tem hoje mais de 500 mil mandados de prisão não cumpridos – e eu chuto um, dois milhões de bandidos cumprindo pena em liberdade ou protegidos pelas medidas cautelares alternativas à prisão. Como ele precisam comer, beber e vestir, continuam cometendo crimes para permanecerem vivos. E alguém tem que pagar por isso. Com a vida ou com o patrimônio.

PERDA DE TEMPO – Ora, a situação caminha para o quadro em que reclamar ou registrar ocorrência passará a ser uma perda de tempo. Se você quiser justiça, terá de fazê-la com as próprias mãos, se não tiver dinheiro para pagar seguranças particulares.

Fui a um posto da PM aqui em Brasília. Estava com algumas motos emparelhadas, mas só tinha um policial. Ele disse que não poderia sair e deixar o patrimônio desprotegido. E outra: as motos eram só para dá uma “sensação de segurança”, pois estavam enguiçadas. Nas grandes cidades, a PM põe viaturas em locais visíveis, em um cruzamento principal, para ser vista pela população, sem gastar combustível.

Enquanto tudo isso ocorre, o cidadão de bem continua proibido de ter uma arma em casa, para defesa de sua família e de seu patrimônio, embora o povo brasileiro, em plebiscito oficial, tenha se manifestado contra o desarmamento.

50 thoughts on “Sistema de segurança pública está falido em todo o país, inclusive em Brasília

  1. Arma pode ser uma faca de dois gumes. Há 10 anos a escrivã de policia civil do Rio , Ludmila sofreu um assalto, não teve tempo para reagir e quando os bandidos encontraram a sua arma , ela foi torturada e queimada viva aos 24 anos.
    Por que não fazermos primeiro funcionar o que já existe ?

  2. O meu caro amigo Virgílio registra casos esporádicos, onde a arma de nada serviu para quem a portasse, mas deixa de lado o efeito amedrontador que um tiro dado dentro de casa consegue espantar um ladrão de modo convincente!

    Exageros dos americanos quanto ao culto que fazem de armamentos à parte, o GOLPE que o povo sofreu quando votou contra o Estatuto do Desarmamento mas, mesmo assim, se viu impedido de possuir uma arma como anteriormente comprava, demonstra cabalmente que a intenção do governo petista era desarmar o cidadão para evitar qualquer resistência no futuro do plano de poder que estava em jogo!

    Desarmado, inseguro, amedrontado, o povo se veria em seguida à mercê de bandidos, assassinos, ladrões, estelionatários, violência, POLÍTICOS E PARLAMENTARES, que o isolariam dentro de sua residência, cercado de muros e criando cachorros como sentinelas de sua proteção quando morando em casa, enquanto que em apartamentos um sistema de porteiros e câmeras eletrônicas que registram quem entra e sai.

    Como resultante de políticas incompetentes, corruptas e desonestas, a segurança pública foi tão negligenciada que as estatísticas de crimes violentos no Brasil suplantam qualquer país em guerra atualmente, computando mais de cinquenta mil mortes por ano neste aspecto!

    Bom, nessas alturas ou eu me dou de presente uma arma para me defender ou serei dado como oferta para bandidos.

    Na razão direta que nossos governantes se equiparam a quadrilhas, criminosos, assassinos, ladrões, adquirir uma arma seria LEGÍTIMA DEFESA, não fosse o custo de aquisição, registro, provas de tiro, psicotécnico, papelada, burocracia, aprovações, deferimentos – certamente é mais fácil se tornar um diplomata brasileiro que se ter um revólver registrado!

    Sabendo dessas dificuldades exageradas, o bandido que só precisa de dinheiro para comprar armas de uso exclusivo das FFAA, deita e rola ou, melhor, assalta e mata com extrema violência e sadismo, enquanto nossos parlamentares estão cercados de guarda-costas evidentemente custeados por nós, os alvos em movimento!

    • Caro Bentl,

      O problema é que os ativistas da ESQUERDA e os ativistas da DIREITA querem te vender O PACOTE DE IDEIAS FECHADO!!!
      Não admitem que você opte pelo meio termo, nem que faça concessões para ambas as ideologias, e, muito menos, que você considere boa alguma ideia de um lado e alguma ideia do outro.
      -Com eles você tem que usar CALÇA DE VELUDO ou BUNDA DE FORA!
      -Com eles ou é OITO ou é OITENTA!
      -Com eles ou você é PRETO ou você é BRANCO!
      -Com eles ou você PRIVATIZA tudo ou você ESTATIZA tudo…
      -Com eles ou você é um PATRÃO-ESCRAVAGISTA ou você é um TRABALHADOR-ESCRAVO…
      -Com eles ou você é SALGADO ou você é INSOSSO…

      Eles exigem que você se enquadre, se posicione dentro do rol de ideias e “conteúdo programático” já escolhido por eles! A internet está cheia dessas definições.
      Se alguém for a favor do porte de arma, será logo chamado de capitalista-fascista americano (jamais pensarão que você poderia admirar o modo de vida dos suíços); se for contra, é um esquerdista-comunista pró-China (e nunca alguém que admira o desarmamento japonês)…
      Ambos não aceitam a carne temperada na “justa medida” pelo bom senso e pela razão e, por isso mesmo, tentam te rotular para ser possível te ofender.

      -Afinal, como poderiam te xingar sem que, antes, você seja CARIMBADO como “comunista-cubano” ou “fascista-capitalista”?

      Abraços e saúde.

      (Os olhos são inúteis para quem está cego por ideologia”)

    • Meu amigo , andei armado por mais de 25 anos , ainda faço parte de um clube de tiro em São Paulo. Nasci no meio de armas pois o meu pai foi chefe de segurança do Banco do Brasil na década de 70/80.
      Sou contra o desarmamento, apenas costumo fazer esse tipo de advertência, pois o meu irmão mais velho , que atirava melhor que eu , morreu nos anos 80 numa tentativa de reagir a um assalto.
      Acertou no que estava dentro do bar/restaurante, mas tinham 2 , do lado de fora dando ” cobertura”.
      Por isso o que acho que tem de ser ter cuidado nas reações.
      Abrs.

      • PS.: O saber o momento da reação é fundamental, por isso que logo que melhorei um pouco do meu problema respiratório , voltei de forma leve , aos treinos de Krav Maga , que é ótimo para saber como e quando reagir.
        Aconselho esse curso a todas mulheres , pois a força física não importa muito, a não ser em casos de competição.

        • -Virgilio, Você está bem, HEIN???

          Conheço o KRAV MAGA. É o melhor curso de defesa pessoal que existe. Quem treina bem pode nocautear uma pessoa em UM SEGUNDO!!!
          Conforme você disse, É IMPOSSÍVEL para um homem sozinho estuprar uma mulher que sabe dessa arte, mesmo que ele esteja com uma faca ou fuzil na mão.
          Creio que todas as mulheres deveriam fazer.

          • O Krav por não ser nada olímpico é ótimo para essas situações. Quando uma mulher é agarrada basta uma boa pisada no pé , ou colocar delicadamente o indicador sobre o nariz do agressor e dar um pequeno soco no dedo.
            Um pressão moderada do polegar no centro do antebraço, uns dois dedos abaixo do cotovelo faz o agressor abrir a mão e soltar a vitima.
            Bater no pomo de Adão é muito mais eficiente do que no rosto.

        • No Rio tem uma atriz da Globo que é casada com um delegado.
          Ambos cursam Krav há mais de 15 anos , certa vez um ladrão entrou na casa dela a noite e mesmo tendo arma em casa , diante da situação da presença dos filhos , ela preferiu o Krav.
          O bandido foi devolvido a polícia com os dois pulsos quebrados e com o femur de ambas pernas deslocados.
          Parecia um cágado amputado…
          Kkklkk

      • Caro Virgílio,

        Observa que não te tirei a razão dos episódios que mencionaste.

        Lamento a perda do teu irmão de forma dramática, e reconheço que arma não é para qualquer pessoa.

        No entanto, os bandidos estão matando qualquer cidadão!

        Rico, em bem menos vezes; pobres, aposentados, classe média, até mesmo quem mora em ruas!

        Se não estamos tendo uma guerra declarada no Brasil, ela existe dissimuladamente.

        A insegurança hoje é o calcanhar de Aquiles brasileiro, a nossa fragilidade por um fio, a morte de centenas de pessoas diariamente assassinadas por besteiras!

        Ontem, em Porto Alegre, CINCO jovens foram decapitados!!!

        O tráfico de drogas e armas determinam quem vive e quem morre, e não vemos os chefes presos, traficantes detidos, salvo um que outro meliante vagabundo, apesar de assassino!

        A situação é caótica neste aspecto, enaltecida pela economia em recessão porque o desempregado quando atinge patamares de desespero parte para o assalto, pois precisa comer e alimentar seus filhos.

        Para aquele que trabalha, tem o seu carro, um dinheiro consigo, a morte o espreita em cada esquina, correndo riscos diários também em casa porque perseguidos por bandidos não tem como se defender!

        Eu apoiaria, Virgílio, o desarmamento, se as nossas polícias fossem eficientes, aparelhadas adequadamente, investigações sofisticadas porque haveria bons laboratórios de perícia à disposição, um efetivo capacitado, serviço de inteligência dinâmico, sagaz, delegacias bem montadas, informática interligada nacionalmente, que o sistema carcerário não mais existisse, mas em seu lugar presídios privatizados e autossustentáveis, métodos de recuperação do preso que comprovassem a sua ressocialização … mas do jeito que estamos somente à base de cada um ter a sua arma para tentar sobreviver!

        Outro abraço.
        Mais saúde.

        • Completando, sou contra toda essa burocracia, porém um curso para o uso acho fundamental, já vi muita gente fazendo bobagens, como dirigir com a arma debaixo da perna direita, ao invés da esquerda e a arma disparar e atingir a perna esquerda, coisas assim.
          Para a defesa doméstica nada é melhor que uma 12 cano duplo serrado, municiada com chumbo 3T.
          Pode se atirar na sombra que pega.

          • “Eu pago bem barato, pois sou uma espécie de ‘laboratório, devido a idade. Com o tempo nós temos de abandonar algumas técnicas…”
            -Será que no DF tem isso?

  3. Pingback: Sistema de segurança pública está falido em todo o país, inclusive em Brasília – Debates Culturais

  4. Os arautos do pacifismo gostam de espalhar que “violência só traz mais violência”, isso quando tentam justificar o desarmamento do cidadão não criminoso.
    Mas nada dizem sobre a violência dos criminosos, que esta sim desencadeia a reação violenta da sociedade e da própria polícia.
    O problema maior é a própria ideologização da segurança, onde por força da crença em um modelo econômico utópico, passam a ver o bandido como vítima de uma sociedade opressora e a vítima da criminalidade, como o
    próprio responsável pela violência sofrida.
    Esperar que estes políticos que governam o pais façam alguma coisa para mudar a atual situação,
    e tempo perdido, pois eles próprios estão metidos até o pescoço na criminalidade, que o diga a lava jato.
    Nestas alturas, chega-se a pensar, as leis no Brasil são para valer, ou são só engôdos para os otários serem enganados?

  5. A FALÊNCIADA SEGURANÇA PÚBLICA NO DISTRITO FEDERAL
    Eu percebi que a segurança pública em Brasília – e, por conseguinte, no Distrito Federal, estava falida há uns oito, dez anos atrás, quando eu fui à delegacia lá do final da Asa Norte e deparei-me com um painel eletrônico e uma máquina de distribuir senhas instalados na recepção, destinados a controlar o atendimento e a organizar a fila. Foi a primeira vez um vi esse tipo de equipamento em uma delegacia da Capital; mas de lá para cá essa disfunção encontra-se distribuída em quase todas as outras.
    #
    Ora, senhores, DELEGACIA NÃO É LANCHONETE! É um lugar desagradável de se ficar. Não se vai a uma delegacia para lanchar, por prazer, para passar o tempo ou, simplesmente, para ver as pessoas passeando, como se estivesse em um shopping! Vai-se a uma delegacia, na maioria das vezes, quando se é VÍTIMA DE UM CRIME! E sempre a contragosto! Portanto, não pode existir fila em uma delegacia.
    E, realmente, décadas atrás, não havia. Mas graças a falta de pessoal, hoje a fila é comum. Agora, se não existe pessoal em número suficiente para um pronto atendimento no balcão, aberração que dá na vista no mau humor de todos os presentes, os senhores acham que existe pessoal nas seções internas destinadas à investigação, serviço reservado que não tem como ser controlado pelo cidadão?
    #
    -Ora, registra-se a ocorrência e esquece-se dela. Estatística.
    -Crime sem investigação, bandido impune. Cidadão com medo, trancado em casa.
    #
    POSTERIORMENTE, JÁ NO GOVERNO AGNELO, diante da enorme quantidade de “sequestros-relâmpagos” e do pavor da população e quando esta exigiu providências às autoridades, o governador orientou os delegados-chefes que não registrassem a ocorrência desse crime como “roubo com restrição de liberdade” e passassem apenas a registrar “veículo roubado e localizado”, para que as estatísticas ficassem mais amenas e a população tivesse alguma “sensação de segurança”. O governador foi obedecido e as estatísticas melhoraram, claro, pois naquela época a polícia tinha feito uma greve pedindo aumento salarial e o governador, para segurar os grevistas, aumentou a GRATIFICAÇÃO (salvo engano, ele foi duplicada) PARA OS PETISTAS que jaziam acomodados em CARGOS DE CONFIANÇA da Instituição. Os chefes ameaçaram os grevistas. A greve foi esvaziada. A manada brasiliense prosseguiu, estoicamente e sorridente, entre os crocodilos, e apenas os detentores de cargos de confiança saíram ganhando com essa história.
    ORA, se o governo quisesse oferecer à população apenas a SENSAÇÃO DE SEGURANÇA, sem que, de fato, tal “sensação” estivesse baseada em fatos reais, sairia mais barato distribuir GARDENAL à população para que todos pudessem “relaxar e gozar”, mesmo que estivessem no interior de um incêndio ou na frente de uma arma…
    #
    MAS O DESMONTE CONTINUOU: Para enganar a população, iniciou-se a inauguração de várias delegacias, nos mais diversos pontos do Distrito Federal, mas sem que fossem contratados novos policiais.
    -O resultado?
    -Pode ser percebido no seguinte exemplo: Uma delegacia onde existissem 20 policiais era DESMONTADA e dela retiravam-se 18 deles, que eram colocados em outras 9 delegacias, recém-inauguradas (após exaustiva divulgação), de modo que todas “funcionassem’ com 2 policiais apenas.
    Estatisticamente isso foi (e ainda continua sendo) maravilhoso, pois o governador podia (e ainda pode) “cantar de galo”, dizendo que havia inaugurado “nove novas delegacias”!

    SÓ QUE ESSE ATO IRRESPONSÁVEL ESCONDIA UM TERRÍVEL EFEITO COLATERAL: O cidadão dirigia-se ao plantão para o registro de um crime grave, como homicídio ou roubo, e era informado pelos policiais não poderiam fazer diligências e que não poderiam se ausentar do balcão, pois precisavam proteger as instalações da delegacia!!! E até mesmo nos casos de homicídio, única ação dos agentes passou a ser o acionamento da Polícia Militar. Até mesmo os delegados plantonistas passaram a cobrir os flagrantes de várias delegacias, ao mesmo tempo, fazendo com que muitas vítimas e policiais militares desistissem dos flagrantes, sob pena de passarem o dia inteiro (ou a noite inteira) no banco da delegacia, esperando a chegada do delegado. Perda de tempo!
    Por conta disso, os agentes, até hoje, são chamados de “BALCONISTAS” (injustamente, diga-se logo), já que nunca deixam o balcão para cumprir o seu papel de polícia investigativa…
    Creio que esse DESMONTE esteja ocorrendo em todo o Brasil.

    -E quanto à Polícia Militar?
    -Ora, com o advento da MULTA ELETRÔNICA, a Polícia Militar foi relegada a um segundo plano desde o governo do petista Cristovam Buarque…

    Abraços.

  6. A base para diminuir a violência, está na reforma do Código Penal, no Código de Processo Penal e a reforma do sistema prisional.
    Reitero o que venho dizendo: presidiário tem que trabalhar, embora trabalho não seja castigo, mas para o bandido vagabundo é. As escolas precisam de carteiras, os alunos precisam de uniformes e cadernos, os próprio detentos precisão uniformes, Minha casa Minha vida de tijolos e o Brasil precisa de estradas de ferro, etc.
    Um detento custa hoje em um mês, o que o governo gasta por cada aluno do ensino médio em um ano.
    Com certeza, haveria muitas vagas nos presídios, que só serviria de dormitório.
    O detento, receberia um salário mínimo, pagaria todos os encargos, como qualquer trabalhador brasileiro, e teria sua alimentação descontada de seu salário. Assim sendo, .acabaria com o uso de celular para comandar crimes fora da cadeia,
    o uso de drogas, a promiscuidade. Seria o fim da universidade do crime.
    Criminoso ia pensar várias vezes antes de cometer um crime
    PS Concordo com os argumentos do Bendl e a sua indignação.

    .

  7. Outra coisa, Virgílio,
    A atual Secretária de Segurança explicou a causa do LATROCÍNIO em uma entrevista coletiva feita recentemente:

    “O criminoso não quer cometer esse crime quando o inicia, pois isso ocorre mais como um FRUSTRAÇÃO por não conseguir subtrair um item material.”

    Conforme noticiado pela imprensa, ela usa segurança armada e carro oficial para transportar todos os membros da família. Com o dinheiro do contribuinte assaltado e morto, claro!

    (No próximo assalto, tenha cuidado para não FRUSTRAR os sentimentos do bandido. Eles são muito sensíveis, mas tão sensíveis que, embora gostem de ter coisas caras, poderiam ficar com DEPRESSÃO se começarem a trabalhar e a pagar imposto. Só você é forte o suficiente para fazer isto sem fazer besteira ao se sentir frustrado)

    • As nossas ‘ortoridades’ são uma graça, em no Metrô de Nova Iorque, nas áreas de risco de roubos, o sistema de som avisa sobre o problema, as ruas mais perigosas tem placas indicando o fato, aqui não fazem esse tipo de prevenção para fingirem que está tudo bem. No Rio tem uma portaria ridícula que obriga as viaturas andarem com a ‘árvore de natal’ ligada assim, dependendo do local, essa luz é vista a 300 metros, se alguém que estiver ‘sujo’ na rua, logo entra em um estabelecimento comercial…. ” Alice no país das maravilhas’…

  8. Muito bom texto, Sr. Vieira, pelo menos não estou sozinho para comentar sobre Violência que assola o Páis…….
    Estamos numa carnificina diária em que nos meteram nossos desgovernantes com suas fórmula mágicas de prometer tudo nas propagandas, mas que nas ruas os fatos se mostram bem mais verdadeiros do que os apresentados com aqueles Shows de piroctenia a Moda Hollywoodiana.., nossos políticos são Mestres nessa arte de mentir, mentir e mentir de novo.
    Que o diga aquele narizão do famoso integrante da Quadrilha do Partido da Honorabilidade Franco-Tucanífera, Geraldo Pìnocklimion
    A grande Organização Criminosa que não pode citar as Três Letrinhas vêm fazendo um estrago danado no Estado de são Paulo e já estão com sua grande Obra em vários Estados, como citado em alguns artigos, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Góias, Rio Grande do Sul e estão pisando além das fronteiras do Pais, Paraguai e Bolívia…..
    È a grande Obra para a Humanidade do Partido da Dona Henriquetta Cerveró, como eles mesmos dizem nas campanhas. “somos os mais preparados”, “nós temos ideias”.” Somos o Partido da Ética”……e blá blá blá blá e nhen nhen nhen nhen, como diz a Rainha da CorruPissaum….
    Vale ressaltar que para os Governantes está tudo bem, “estamos avançando, estamos trabalhando”. “vamos investigar tudo, doa a quem doê-la”. “nos sabemos governar”. “Nossas estatisticas de violências seguem o padrão da ONU.” costuma dizer o PinoCkiomim e seu Ministro Secretário da Violência Pública…….
    Não sobra muita coisa para atacar, tanto as duas Quadrilhas existentes em São Paulo, roubam tudo, lá no Bunker Mídiatico do Morumbi até as Merendas das Criancinhas são roubadas e não dá nada para os ladrões.
    Nas ruas tudo é roubado, desde uma rede de fios dos Postes até as Ilhas de Segurança que eram os Shoppings, tudo é roubado.
    Matar policiais para o Desgovernador são “fatos isolados” “pontuais”.. e a velha tática de jogar vôlei com a Mídia Chapa-Branca-Tucanífera “Vamos aguardar as investigações”…….
    Quando ouvir essa palavra do Pinockiomin “Vamos”…Vamos”Vamos,, podem ter certeza que nada vai ser investigados, como vários casos de repercusão no Estado..,
    Bom e o povo??
    O povo que pague Segurança particular, contrate Leões de Chacáras para proteção individual, Aumente os muros de casa, coloque cerca elètrica, cerca de arame , coloque pontas de ferro, coloque camêras de Seguranças e Videos, pague Seguro de Casa, Ande de Carro Blindado, se puder compre um Tanque de Guerra que é bem mais Seguro e Reze bastante para que nada lhe aconteça., a você e sua família……
    Bom e o Governo o que faz.???
    Como diz o Pinockiomin…..”O Governo é pra Governar”………..

    PS.1. Enquanto o povo está apavorado em pânico com a Violência, Pinockiomin e sua Filha Dondoquinha fazem festa no Bunker Mídiatico com um belo desfile de Moda….
    PS.2. Seu Ministro Secretário da Violência Pública, Kinder Ovo, disse que o problema da violência são as armas que entram pela fronteira do Páis……….

    • Armando, veja isto:

      “O pesquisador Willis critica a forma como São Paulo contabiliza seus mortos em situações violentas – e diz que o cenário real é provavelmente mais grave do que o discurso oficial sugere.
      Ele questiona, por exemplo, a existência de ao menos nove classificações de mortes violentas em potencial (ossadas encontradas, suicídio, morte suspeita, morte a esclarecer, roubo seguido de morte/latrocínio, homicídio culposo, resistência seguida de morte e homicídio doloso) e diz que a multiplicidade de categorias mascara a realidade.
      “Em geral, a investigação de homicídios não acontece em todo o caso. Cada morte suspeita tem que ser avaliada primeiramente por um delegado antes de se decidir se vai ser investigado como homicídio, enquanto em várias cidades do mundo qualquer morte suspeita é investigada como homicídio.”
      -Creio que seja aqui que entra o “dedo político” para reduzir o número de mortes.
      Fonte: “Queda de homicídios em SP é obra do PCC, e não da polícia, diz pesquisador”
      Link correto: http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/02/160210_homicidios_pcc_tg

  9. Conforme sugeriu o Armando, QUEM MANDA NOS PRESÍDIOS BRASILEIROS SÃO OS BANDIDOS e não os governadores e secretários de segurança.
    Vejam a prova:

    “O possível fim da aliança de quase duas décadas entre as duas maiores facções criminosas do país, o Comando Vermelho (CV) e o Primeiro Comando da Capital (PCC), mergulha os presídios brasileiros em tensão e há o temor de que tudo termine em sangue. As organizações, originárias respectivamente do Rio de Janeiro e de São Paulo, SEMPRE CONVIVERAM DE FORMA RELATIVAMENTE HARMONIOSA NO SISTEMA PRISIONAL E NAS RUAS DE QUASE TODOS OS ESTADOS. No Ceará, por exemplo, elas articularam um acordo que ficou conhecido entre os moradores como a PACIFICAÇÃO DAS PERIFERIAS. As rebeliões ocorridas no domingo (16) centros de detenção em Roraima e Rondônia, no entanto, estão sendo consideradas um sinal evidente da cisão entre elas.” (Fonte: El País Brasil)

    -Entenderam? Quem estabelece a PAZ NAS RUAS E NOS PRESÍDIOS é o crime organizado, e não os governadores, Ministro da Justiça ou secretários de segurança! Essas autoridades não têm NENHUM CONTROLE da situação nos presídios. Na hora em que BEM ENTENDEREM, os criminosos transformam tudo no caos. Se amanhã decidirem que nenhum preso tomará café, nenhum tomará café!
    Somente depois que o “Marcola Sintonia Fina” determinou que os manos se unissem e parassem de se matar foi que o número de homicídios começou a cair em São Paulo.
    http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/02/160210_homicidios_pcc_t

    • No 13 de maio de 2006 , a onda só parou pois negociaram com o Marcola..
      Aliás, queria saber o nome do ‘jeniú’ do juiz que mandou o Beira Mar cumprir pena junto com o Marcola….

    • Moro há 11 anos no Rio, sofri uma tentativa de assalto apenas uma vez, mas foi algo ridículo, um cracudo de uns 16 anos pulou do mato de um parque na minha frente, armado com um gargalho de garrafa de cerveja, um sem noção total…. Aliás, o crack é a única substância que tira até o instinto de preservação das pessoas, você pode ver que ‘loucos’ olham o trânsito antes de atravessar uma rua e certa vez ví na BR 101 , na Paraíba um cracudo deitado no meio da estrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *