Situação caótica da saúde se repete nas cidades do interior do Rio de Janeiro    

Resultado de imagem para SUS EM MACAE

Na Região dos Lagos, os doentes têm de ser atendidos em Macaé

Vanderson Tavares

Os habitantes do interior do Rio de Janeiro também não estão satisfeitos no tocante à saúde, pois as UPAs (Unidades de Pronto-Atendimento) são verdadeiros depósitos de doentes. Temos cidades como Arraial do Cabo que recebem grande fluxo de turistas que o hospital público sequer conta com UTI. Como desculpa, o prefeito alega que tem Cabo Frio bem ao lado, que por ser uma cidade de grande porte, recebe os doentes mais graves, porém isso não acontece tão fácil assim.

Na cidade de Araruama, por exemplo, a UPA tem diversos doentes à espera de exames cardiológicos, por exemplo, que estão há mais de 15 dias internados na “sala amarela” aguardando exames de cateterismo, porque foi fechado o atendimento público em Cabo Frio, que fazia exames na Clínica Santa Helena, obrigando os doentes (cardiopatas) a esperarem uma fila de mais de dois meses, sendo transferidos para a capital ou Macaé.

DOIS POR CIDADE – Em Macaé, o setor público responsável por fazer exame de cateterismo tem uma agenda de atendimento diário de duas pessoas “por cidade”, por estar sobrecarregado com o fim da Clínica Santa Helena, de Cabo Frio, recebendo pacientes de muitas as cidades do interior, especialmente da Região dos Lagos.

Para os habitantes desses municípios, não vai adiantar muita coisa receber cifras milionárias oriundas de royalties de petróleo, se não houver um planejamento de investimento maciço em saúde e educação.

SEM ESPECIALISTAS – Sem contar que as UPAs estão, na maioria das vezes, ocupadas com residentes de Medicina, que ainda estão começando a atuar no atendimento aos pacientes, que chegam com as doenças das mais variadas, em muitos casos necessitando de atendimento especializado.

A nosso ver, o governador Wilson Vitzel deveria criar um canal para reclamações (com respostas) dos moradores do interior, onde os prefeitos não estão oferecendo atendimento médico adequado através do sistema do SUS, que é federal, estadual e municipal. No final das contas, tudo é muito “maquiado” para inglês ver, quer dizer, para eleitor ver.    

5 thoughts on “Situação caótica da saúde se repete nas cidades do interior do Rio de Janeiro    

  1. A saúde vai mal.para o povo trabalhador que não pode pagar plano.de.saúde porque os impostos pagos do pouco dinheiro que recebe vai para o estado e daí para as farras federais, estaduais e municipais.
    Ou o povo se levanta contra todo tipo de injustiça ou viverá até a morte com uma doença tipo flamenguice, mistura de esquecimento historico com preguiça e malandrice.
    Todos as ruas contra esta doença que começou na mais linda cidade do mundo e se espalha por todo o Brasil.

  2. Sr. Roberto Velásquez,
    De onde o Sr. tirou que o Rio de Janeiro é a cidade mais linda do mundo?
    Onde está escrito isso?
    Moro no Rio de Janeiro e vou confessar que existem cidades pelo mundo tão bonitas ou até mais que o RJ.

    Temos que parar com esse inebriante ufanismo.

    Hoje o rio de janeiro é um lixo!
    CIDADE VIOLENTÍSSIMA,
    UMA NARCO CIDADE.
    A pior qualidade de vida do país.
    Caríssimo e, sem NENHUMA QUALIDADE!
    Estamos com padrão de vida africano. Uma cidade linda tem que abraçar seus moradores, coisa que o governo faz questão de nos expulsar.
    É um lugar desonesto e a malandragem impera.
    Isso é ser a cidade mais linda do planeta?

    Me despeço cordialmente e torço como o senhor por um Rio de Janeiro melhor, mas por favor, não sejamos cegos!
    Atenciosamente.

    • Ser linda aos olhos de quem olha o seu mar , os.seu pontos pitorescos e o seu povo, não é nada demai.
      Basta ver com naturalidade e não se deixar levar por fatores externos sociais e morais que imputam à mais bela cidade do mundo e que em verdade não são causados pela.cidade mas pelos habitantes.
      Ou voce conhece outra mais bonita?
      Me conte a tua piada para que eu ria bastante, e rir é uma das coisas que nós cariocas de verdade mais gostamos, e muito.
      Além de toda a beleza inigualável, o Rio tem o Clube de Regatas Vasco da Gama que é o unico.no mundo que homenageia o cristianismo, as navegações e a.historia do nosso querido Brasil.
      Coloque mais poesia em seu olhar, e verás muito mais.
      Ser carioca é ser alegre, mesmo nas horas duras de ter que encarar 22 anos de governo esquerdopata de fhc, luiz Inácio e de dilma, sem contar temer.
      Seja feliz, seja Cruzmaltino e cante:
      “Sua estrela no céu a brilhar ilumina o mar!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *