Só o desenvolvimento social poderá enfrentar a violência e assegurar o progresso

Resultado de imagem para desenvolvimento charges

Charge do Eugenio Mendes (Arquivo Google)

Pedro do Coutto

O Datafolha concluiu pesquisa destacando o pensamento da grande maioria dos brasileiros no sentido de que só o desenvolvimento social do país pode enfrentar a violência e assegurar o crescimento econômico. O repórter Tiago Amâncio, Folha de São Paulo de segunda-feira, analisa os resultados concluindo pela necessidade urgente de o governo investir firme na área social para conter a onda de criminalidade que aterroriza a população e com isso trava o progresso como um todo.

Uma tarefa, não se enganem os leitores, para cerca de vinte anos, tais são as condições de atraso que atingem a maioria da população.

OS MISERÁVEIS – Estamos em um país em que quase a metade da mão de obra ativa recebe apenas um salário mínimo mensal. A consequência vem de longe e governo algum norteou uma política de valorização humana diante da extrema concentração de renda que sufoca a imensa maioria dos que trabalham, atingindo por igual os regidos pela CLT e aqueles que se encontram no funcionalismo público.

Pode-se até dizer que os vencimentos do funcionalismo superam os do mercado de trabalho de modo geral. Mas é preciso não esquecer que enquanto os trabalhadores privados e das estatais têm o FGTS, os funcionários estão fora. A diferença é de 8% sobre os vencimentos e multiplicando-se esta receita ao longo do tempo vai se observa a dimensão verdadeira dessa capitalização.

FALTA EMPREGO – O desenvolvimento social começa pelo emprego, o que no Brasil tornou-se um problema grave uma vez que o índice de desemprego encontra-se no patamar de 11,2%, dado do IBGE. Esse índice foi publicado ontem equivalendo a uma queda de 0,6%, fração muito longe de poder representar um avanço social. Inclusive o resultado embute um confronto entre as admissões e as demissões. Claro, porque no cotejo o avanço no plano do emprego tem de ser confrontado com a perda de postos de trabalho, uma vez que as demissões não podem ser iguais a zero durante novembro, quando o IBGE concluiu a pesquisa.

RETROCESSO SOCIAL – Analisando-se o panorama brasileiro verifica-se que estamos muito atrasados em matéria de avanço social. Metade das cidades brasileiras não  possui sistema de tratamento de esgoto. Apenas 10% dos que trabalham recebem por mês entre cinco e nove mil reais. A renda média do trabalho em nosso país fica na escala de 2.300 reais mensais.

De fato, a situação exige um esforço enorme, especialmente no que se refere à redistribuição de renda. E não é possível implantar um modelo redistributivo se a corrupção não for arrasada. Porque nada mais concentrador de renda do que a corrupção. Por isso é que, na minha opinião, predominou no país nos últimos 20 anos uma política conservadora na pior acepção da palavra.

20 thoughts on “Só o desenvolvimento social poderá enfrentar a violência e assegurar o progresso

  1. Bom dia, mais um ótimo artigo do amigo Pedro do Coutto que ilustra nossa triste realidade brasileira. Descaso, falta de vontade política, corrupção… muito triste estarmos em um país tão rico e haver milhões de irmãos tão pobres. Já dizia lá atrás Frei Vicente do Salvador 1564-1636; “Nenhum homem nessa terra é repúblico, nela zela ou trata do bem comum, senão cada um do bem particular”. Atualíssima a frase. Lutar até o fim para tentar mudar isso é o que nos resta. Abraços pessoal!

  2. Somando ladrões de gravata, de Toga, e mais ladrões investidos nos Parlamentos Federais, Estaduais, Municipais Presidentes dos Executivos Federal , Estaduais e Municipais, Congressistas, Vereadores, Secretários de Presidente da República, Prefeitos, Parlamentares, Deputados, Vereadores, Assessores de Políticos (formais e informais) somados a milicianos, traficantes de drogas e armas, assaltantes de bancos, fraudadores, homicidas, latrocidas, feminicidas, filicidas, funcionários públicos de alto escalão, ladrões de cargas, assaltantes de rua, bandidos diversos praticantes de crimes dolosos, empresários inescrupulosos batedores de carteiras, punguistas e demais categorias correlatas, estimo que no seio da sociedade brasileira há, pelo menos vinte milhões de bandidos, incluindo juízes que vendem sentenças ou libertem monocraticamente seus amigos, mesmo os bandidos condenados por crimes hediondos recheados de provas, provindos de instâncias inferiores da Justiça.

    • Eu ne incluo numa desta classes que você citou acima. Eu não sou ladrão. Muito de nossas malezas são o resultado de um sistema político ineficiente e de uma justiça tendensiosa. Uma parte do sofrimento também deve ser atribuída ao nosso povo. Que sempre fica esperando por ações dos políticos e continuam votando errado.

  3. EM AGOSTO COMO AUX ENF NO INTO DEPOIS DE 43 ANOS DE TRABALHO RECEBENDO 4.300,ESTA É A REALIDADE SALARIAL DA MAIORIA DOS SERVIDORES PUBLICOS FEDERAIS NOS ESTADOS E MUNICIPIOS A REALIDADESALARIALÉ PIOR JUNTO COM AS CONDIÇÕES DE TRABALHO,UM AUX DE ENF.NO ESTADO DO RIO COM 35 ANOS DE SERVICO GANHA EM TORNO DE 1500,00 ESTA É A REALIDADE.QUEM PAGA PIOR É A INICIATIVA PRIVADA.

  4. O MAIOR PROBLEMA NÃO ESTA NA CORRUPÇÃO QUE TEM QUE SER COMBATIDA E SIM NO ABSURDO PAGAMENTO E AMORTIZAÇÕES DAS DIVIDAS INT E EXT E NA BRUTAL ISENÇÃO FISCAL DADA AOS GRANDES EMPRESARIOS TEMOS QUE FAZER UMA AUDITORIA DAS DIVIDAS,SO ESSE ANO FORAM 350BI DE ISENÇÃO E MAIS DE 500BI DE JUROS FORA 1.5TRI PARA GARANTIA DO PAG DAS DIVIDAS E 1.25 TRI CORTADOS PELA LEI DO TETO DOS GASTOS DESDE 2017,É ISSO.

    • Claro que o nosso maior problema não é essa corrupção visível. Essa é a propaganda para enganar os trouxas. E como engana.
      E quando alguém coloca isso é considerado da prior forma possível.

  5. Desenvolvimento social só acontece no capitalismo de livre mercado. Ou seja, impostos não ultrapassando 28%, leis trabalhistas como as dos EUA,exigências mínimas para o investidor, etc,etc,etc.

    O problema é como desmontar a nefasta e poderosa corrupta máquina pública, iniciada por Getúlio em 35 , que absorve a metade de todo o dinheiro do cidadão para sustentá-la?

    Pasmem, só para dar um exemplo: aqui se paga de imposto sobre combustível 62% em impostos. Nos EUA 7%

    • Prezado Sr. MÁRIO JR,
      O senhor comete uma injustiça contra o grande Presidente GETÚLIO VARGAS que saindo de 150 anos de Liberalismo Laissez-Faire, a partir de 1930 e especialmente de 1937 usou o mais eficiente Modelo NACIONAL DESENVOLVIMENTISTA SEMI-ESTATAL para INDUSTRIALIZAR o Brasil, e quando saiu do Governo para entrar para a História em 1954, a Carga Tributária era de 15,8% do PIB, praticamente sem Deficit Nominal.
      Se Governos sucessivos abusaram elevando a Carga Tributária para os atuais +- 36% do PIB com ainda um Deficit Nominal de +- 6¨% do PIB, não é culpa de VARGAS.

      No mais pensamos parecido, sendo que o senhor não enfatiza a importância do Capitalismo de Mercados ser NACIONALISTA.

      Abração e Feliz Ano Novo.

      • O socialismo é assim: no primeiro capítulo dá certo. O problema é nos capítulos seguintes.
        Ou seja, quebrar os princípios matemáticos no começo, podem não ter grandes consequências a curto prazo.

        Boas festas e ano novo feliz.

    • Quais os países do mundo em que a maioria da população é mais feliz? Será que são os países com Estado mínimo? Mario Jr., afinal de contas, o governo existe para satisfazer a maioria ou uma minoria? Livre mercado não existe.

      • Vidal, felicidade é pessoal.
        Já um país que oferece melhores condições para viver e com um estado que interfere menos na economia e na vida do cidadão são os EUA.
        O resto ainda embarca na canoa furada do ideal. Das ideologias ou religiões políticas. Essas ilusões criadas por quem não percebe um mínimo de nossa natureza e por isso não imagina as consequências de contrariá-la.

        • MARIO O ESTADO INTERFERE TODO O DIA DE FORMA NEGATIVA CONTRA O TRABALHADOR TODA A AÇÃO DO ESTADO E PARA FAVORECER AS ELITES,VIDE PAGAMENTO DE JUROS A BANQUEIROS E INSENÇÕES AOS EMPRESARIOS,O NUNCA SERVIU A MAIORIA DA POPULAÇÃO.

          • Tá certo, mas o prejuízo do trabalhador é nos países socialistas como o nosso, que cobra impostos até em alimentos e remédios.
            Nos países socialistas mais radicais como Cuba, os impostos chegam a 90%, já descontados na folha.
            Aqui é de quase 50%.

  6. O grande e experiente Jornalista Sr. PEDRO DO COUTTO chama atenção para a urgente necessidade de Desenvolvimento Social que começa com o aumento do EMPREGO, e depois dos SALÁRIOS, para ajudar a enfrentar a Violência Criminal e assegurar crescente Padrão de Vida.

    Chegamos aonde chegamos por seguirmos Políticas erradas, incentivando crescimento INSUSTENTÁVEL via Deficits Fiscais, Endividamentos, aumento gigantesco da Carga Tributária, maltratando os Produtores com milhares de irritantes Legislações desnecessárias e até chamando-os de EXPLORADORES, criando grande INSEGURANÇA JURÍDICA, etc,etc, tudo isso numa conjuntura de Juros Reais altos, acima de 6%aa o que incentivava grandemente a se comprar Títulos do Governo e NÃO PRODUZIR.

    Temos agora que fazer tudo ao contrário e valorizar ao máximo a CRIAÇÃO DE RIQUEZA cujos maiores motores são os EMPRESÁRIOS.
    Só com criação de abundante RIQUEZA crescente, poderemos ter altos Salários Médios e bom Padrão de Vida para o POVO.

    Nenhum Modelo Econômico é mais eficiente para produzir RIQUEZA do que o CAPITALISMO DE MERCADOS, “NACIONALISTA”, aquele cujo Governo é enxuto, combate os Monopólios e dá SEGURANÇA JURÍDICA protegendo a Propriedade Privada, objetivo da PRODUÇÃO.
    Prioridade para a Empresa Nacional e o CAPITAL BRASILEIRO.
    No Capitalismo de Mercados bem Organizado os Capitalistas conseguem acumular mais Capital, e os Trabalhadores devem conseguir transformar TRABALHO em CAPITAL para não depender só de Aposentadoria na velhice.

    O Governo BOLSONARO/MOURÃO está indo na direção certa, embora ainda não tenha dado suficiente bom exemplo cortando mais na carne da NOMENKLATURA, e não frisando o carácter NACIONALISTA de sua Política LIBERAL.

    Mas quem foi capaz de criar uma EMBRAER SA ( Glórias ao 2º SANTOS-DUMONT, o Eng. Aer. Cel. Aer. OZIRES SILVA e seus Companheiros), pode fazer qualquer coisa. Está provado.

    Feliz Ano Novo ao Proprietário Editor/Moderador Sr. CARLOS NEWTON, Sr. MARCELO COPELLI, aos Escritores, Comentarista e especialmente aos Leitores do bom TRIBUNA DA INTERNET ONLINE, que vale bem uma Mensalidade de R$20.
    Abração.

  7. -A educação e justiça social EVITARÁ que as crianças de hoje entre para o crime amanhã.

    -Agora, achar que barbado que passou a vida roubando, traficando e curtindo farra e carrão com dinheiro fácil e que não sabe fazer nada além de tomar cerveja de segunda a segunda e ficar no zap, irá trabalhar de servente de pedreiro (não sabe fazer nada, ora!) é muita boa fé e ingenuidade…

    • Tomara que dê certo e que o salário do trabalhador valha mais em 2022!

      (PS: Será muito ironia: o Cara que não entende nada de economia, e que ASSUME isso, coisa que nenhum dos presidentes passados tiveram a coragem de assumir, venha a conseguir alinhar a economia desta zona. Veremos…)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *