Sonho sinistro da reeleição de Michel Temer termina antes mesmo de começar

Resultado de imagem para temer vampiro CHARGES

Charge do Elvis (Humor Político)

Carlos Newton

Quando o procurador-geral Rodrigo Janot arquivou o pedido da Lava Jato para que o presidente Michel Temer fosse investigado no esquema de Caixa 2 da Odebrecht para o chamado “quadrilhão” do PMDB, informamos aqui na Tribuna da Internet que a decisão não adiantaria nada, porque Temer seria incluído de qualquer jeito, não havia como escapar. Explicamos que, ao investigar a Odebrecht, o doleiro Renato Funaro, o ex-assessor presidencial José Yunes, os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, a força-tarefa automaticamente estaria apurando também a participação de Temer.

Foi exatamente o que aconteceu. As provas se avolumaram, foi feito novo pedido da Lava Jato à Procuradoria-Geral da República e desta vez não houve jeito – Raquel Dodge teve de defender no Supremo a inclusão de Temer no inquérito.

SEXTA-FEIRA 13 – No Planalto, quando foi anunciada a decisão do relator Edson Fachin, o clima ficou sinistro, parecia sexta-feira, 13. Tudo mudou de repente. Desde o decreto de intervenção no Rio de Janeiro, o ambiente no palácio era de euforia, sobretudo quando o Ibope revelou os números da pesquisa por telefone encomendada por Elsinho Mouco, o personal marqueteiro de Temer.

A aceitação do decreto foi tão elevada que o núcleo duro do Planalto passou a acreditar que o presidente tinha mesmo condições de se reeleger. Especialmente porque Temer é um ator excepcional, do porte de Bela Lugosi, Christopher Lee e Vincent Price. Em busca da reeleição, ele passou a interpretar o caçador dos vampiros da criminalidade, invertendo totalmente os papéis do roteiro político. E estava sendo aplaudido em cena aberta.

No entanto, com a decisão de Fachin, este espetáculo não terá final feliz para Temer e os demais atores do elenco do Planalto, que continuarão implacavelmente perseguidos pela força-tarefa.

OUTROS INQUÉRITOS – Temer já está sendo investigado no Supremo em dois outros inquéritos – o que apura o recebimento de vantagens do grupo J&F e a investigação do decreto para beneficiar empresas no setor portuário.

Como se sabe, o procurador-geral Rodrigo Janot apresentou duas denúncias contra Temer, uma pelo episódio da mala de R$ 500 mil da JBS carregada pelo assessor presidencial Rocha Loures e outra pela participação no chamado “quadrilhão” do PMDB. Ambas as denúncias foram rejeitadas na Câmara, que não autorizou a abertura dos processos contra o presidente, mas as investigações continuaram a ser feitas, em caráter sigiloso.

Em tradução simultânea, o sonho de reeleger Temer está terminando antes mesmo de começar. Ele somente vai se lançar candidato depois do dia 7 de abril, quando acabar o prazo de desincompatibilização, para atrapalhar a candidatura de Henrique Meirelles. Mas Temer não tem a menor chance. A cada semana a força-tarefa “vazará” alguma informação contra ele, e os outros candidatos vão fazer uma festa no horário eleitoral da TV.

###
P.S.
Temer é cínico e continuará interpretando o papel de paladino da luta contra a criminalidade. Mas o relator Fachin também sabe ser cínico e justificou a investigação alegando que Temer pode promover a “dissipação de provas”. Ora, a esta altura do campeonato, o vampiresco presidente já destruiu todas as provas que se encontravam nos famosos porões do Palácio Jaburu. Mesmo assim, a justificativa de Fachin é válida e serve também como Piada do Ano. (C.N.)

6 thoughts on “Sonho sinistro da reeleição de Michel Temer termina antes mesmo de começar

  1. Se for candidato, vai levar uma surra dos concorrentes, principalmente num debate. Como diz o ditado, “quem tem rabo não se senta”, e o de Temer parece ser bem grande como diz a matéria.

  2. Raquel Dodge está prevaricando e essa atuação da PGR de Temer é inaceitável !

    Raquel Dodge é a Prevaricadora Geral da República !!!

    Já era pra PGR ter feito a 3ª denúncia contra Temer no caso da MP do porto de Santos faz meses !!!

    Mas Raquel Dodge, a Prevaricadora Geral da República, foi escolhida por Temer justamente pra isso: continuar engavetando essa denúncia !

  3. Caro CN … bom dia!

    Como o senhor sabe, sou filiado no MDB!

    Só em setembro de 2.015 é que o STF julgou inconstitucional o financiamento político por empresas jurídicas.

    A operação Lava Jato teve início em 17 de março de 2.014.

    A meditar, né???

    Abraços.

  4. Cobap:
    As aposentadorias e pensões acima do salário mínimo foram reajustadas em 1º de janeiro de 2018 em 2,07%. Foi adotado o INPC. Entretanto o índice oficial do país, que é usado em contas do governo como no Orçamento e na definição de políticas econômicas é o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo). Esse indicador acumulou uma variação de 2,95% em 2017. Houve uma perda de 0,88%. A COBAP exige essa diferença.

    As perdas salariais históricas dos aposentados e pensionistas acumularam 84,52% no período de setembro de 1994 até janeiro de 2018. A COBAP continua na luta pela recuperação dessas perdas.

    O valor médio das aposentadorias e pensões está em R$ 1.200,20 e isso corresponde a apenas 1,28 salário mínimo. Se continuar assim num futuro próximo o INSS pagará apenas um salário mínimo para todos. É isso o que o governo deseja.
    O sujeito contribui a vida toda laboral para ser ludibriado no final, estes deputados e senadores nada fazem, a maioria está contaminada, é uma excrecência.

  5. Newton eu gostei de vampiresco e os grandes astros que a maioria dos que aqui frequentam não viram e não sabem quem é : Bela Lugosi, Chistopher Lee e Vincent Price. Bons tempos em que assistiamos filmes com esses atores no “Azteca” na Rua do Catete, próximo ao Palácio do Catete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *