Subserviência de Braga Netto a Bolsonaro é uma grande preocupação para parte dos militares

Braga Netto deveria ajudar a conter arroubos de Bolsonaro

Bela Megale
O Globo

A subserviência do general Braga Netto, hoje ministro da Defesa, ao presidente Bolsonaro tem causado grande incômodo entre alguns integrantes das Forças Armadas, incluindo nomes que atuam no próprio governo. Essa visão, porém, não é compartilhada pelos comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica, que estão alinhados à postura de Braga Netto. O trio segue afinado com o presidente e está embarcado na defesa do voto impresso.

Nesta quinta-feira, a reportagem publicada pelo jornal “Estadão” circulou em alguns grupos de WhatsApp como exemplo dessa “subserviência cega e sem limites” de Braga Netto.

POLITIZAÇÃO MILITAR – Esse grupo de militares é crítico à gestão do ministro e vê Braga Netto como um dos responsáveis pela demissão de seu antecessor, Fernando de Azevedo e Silva, em março. Silva deixou o cargo junto a comandantes das três Forças por não atender a pressões de Bolsonaro para que militares defendessem publicamente seus pleitos. A reunião que culminou na exoneração dos quatro generais aconteceu na casa de Braga Netto.

A avaliação é a mesma que recai sobre o general Luiz Eduardo Ramos, já demissionário da Casa Civil e prestes a ser substituído pelo líder do centrão, o senador Ciro Nogueira (PP-PI). O general atendeu a uma escolha de Bolsonaro, enterrando o discurso crítico que militares faziam sobre a atuação do Centrão dentro do governo.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Bela Megale tem razão em falar sobre “parte dos militares”. A outra parte é formada de bolsonaristas fanáticos, como o comandante da Aeronaútica, brigadeiro Carlos de Almeida Baptista, que dá a maior força às atitudes antidemocráticas de Bolsonaro e Braga Netto. É aí que mora o perigo. (C.N.)

6 thoughts on “Subserviência de Braga Netto a Bolsonaro é uma grande preocupação para parte dos militares

  1. Como um general pode ser um capacho onde o genocida limpa seus sapatos cheios de sangue.

    É assustador ver que defende com unhas e dentes um imbecil anárquico que já quis explodir a adutora do rio Guandu.

    Agora o demônio está em high level mode e quer implodir o brasil.

    É sua cartada final, porque sabe que se não der certo o auto golpe, vai preso junto com seus rebentos e a micheque.

    Vão todos parar na JAULA!!!

    O Bebianno já tinha dito isso antes de falecer: “se não fizermos tudo direito, vamos todos ser presos”.

    JL

  2. Samba do crioulo doido. Uma hora os generais controlam Bolsonaro, outra hora são subservientes. Pô, da pra decidir? Credibilidade ZERO de vocês da impren$a ultrapassada.

  3. O bolso não pôs esse magote de generais no governo pelas capacidades intereleródicas dos milicos – agora tornados milionlicos, pelo tamanho das propinas cobradas por alguns deles. O que serve ao abestado é o termo general e a força que o título opera sobre os inimigos do rachadista. Quando o amigo de miliciano diz que não háverá eleições sem voto impresso, a maioria das pessoas que têm a mínima noção da política, comenta ,as não dá a mínima a fala do bobalhão. Agora, quando a coisa é dita por um general, todo mundo recebe como uma ameaça séria – embora muitos saibam que de seriedade ~mesmo é o que menos tem no que foi dito pelo papagaio verde ou de outra cor qualquer. A importância do milico na questão, não vai além do peso que a fala do fardado tem para a opinião pública. Os ministros são fusíveis para queimarem-se no lugar do presidente. Quem acha que os generais são adoradores do lingua nervosa está equivocado. O que eles adoram mesmo é a diferença entre os vencimentos que tinham como generais e o que têm agora (deve ter triplicado) como ministros, só e somente só, isso. É tanto que as coisas não são ditas diretamente mas plantadas, ardilosamente para poderem serem desmentidas depois, mas produzindo o mesmo efeito que teria se ditas diretamente, que é o que importa. E assim são produzidas toneladas de cortinas de fumaça para disfarçar os efeitos produzidos pelas descobertar da cpi da covid-19 que faz muito mal as pretenções de reeleição do ator das cenas.

    Vade retro enganação!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *