Superliga de Volei: o SESI, campeão nacional, com tranquilidade, facilidade e credibilidade.

Helio Fernandes

O Cruzeiro começou arrasador, tentando impor a filosofia de jogo e a competência de seu técnico argentino. Venceu o primeiro set, 25 a 19, os paulistas perplexos, não sabiam o que dizer. Mas o gás acabou nesse set.

O SESI, dirigindo pelo craquissimo jogador que foi Giovani, campeão pela seleção, conquista seu primeiro título nacional, como treinador. Foi ótimo para esse esporte, técnicos e jogadores, que o patrocinador fosse o mais importante órgão empresarial, a FIESP, seria negativo e pejorativo se fosse a FEBRABAN.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *