Suplente de Itamar que vai assumir no Senado é Zezé Perrela, presidente do Cruzeiro, sob investigação do Ministério Público.

Carlos Newton

O suplente de Itamar, José de Oliveira Costa, o Zezé Perrella (PDT), está sendo investigado pelo Ministério Público de Minas Gerais, que analisa sua evolução patrimonial. Mais conhecido por presidir o clube Cruzeiro, Perrella ocultou de seu patrimônio uma fazenda localizada em Morada Nova de Minas e avaliada por corretores em cerca de R$ 60 milhões.

A Fazenda Guará é uma filial da empresa Limeira Agropecuária e Participações Ltda., cujas cotas foram transferidas para três filhos (95%) e um sobrinho de Perrella. O ex-deputado alega que transferiu as cotas há oito anos e tenta rechaçar as suspeitas, que são muito graves.

Na última declaração de bens entregue ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Perrella informou patrimônio de apenas R$ 490 mil. Na eleição de 2006, quando foi eleito deputado estadual, o presidente do Cruzeiro declarou à Justiça Eleitoral bens no valor de R$ 724,5 mil. Ou seja, ele é o contrário de Antonio Palocci e deveria contratar uma consultoria com o ex-chefe da Casa Civil, para melhorar de vida.

Agora, o presidente do Cruzeiro vai tomar posse no Senado no lugar de Itamar Franco, o que demonstra a importância de haver uma modificação na reforma político-eleitoral, para evitar a existência de suplentes. Seria muito melhor se, no caso, houvesse uma nova eleição.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *