Suplicy, um estorvo diante do espelho

Insiste em ser candidato a governador de São Paulo. Depois de 16 anos da derrota para o mesmo cargo, agora, uma diferença: não consegue legenda. O PT conhece Suplicy como ninguém, tem até uma solução: ofereceu a ele o cargo de embaixador no Haiti ou no Irã. Levaria cartão vermelho dos dois países.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *