Supremo afasta Lula das urnas e dá ainda mais força à Operação Lava Jato

Resultado de imagem para lula preso charges

Charge do Sponholz (sponholz.arq.br)

Pedro do Coutto

Escrevo este artigo na noite de ontem, logo após o voto de Rosa Weber, quando Luiz Fux começava a definir suas razões para negar o habeas corpus ao ex-presidente Lula. Considerei a votação absolutamente decidida, mantendo a dúvida apenas se o placar final seria 6×5 ou 7×4. Não importa. O importante é que a decisão do Supremo explodiu qualquer esperança no sentido de que Lula, através de recursos buscando efeitos suspensivos, pudesse protelar sua condenação até disputar a sucessão de Michel Temer nas urnas de outubro.

O Supremo bloqueou tal hipótese, sendo necessário compreender que, ao mesmo tempo em que negou o habeas corpus pretendido, tornou mais difícil qualquer outro recurso a instâncias abaixo da Corte Suprema, como é o caso do STJ.

CARTADA DECISIVA – Na verdade, os advogados de Luiz Inácio Lula da Silva ao recorrerem ao STF jogaram uma cartada decisiva. Se vencessem, o plano de recursos em escala poderia dar certo, mas como perderam, nenhuma instância abaixo poderá conceder a medida protelatória. Trata-se de uma certeza que tem base na hierarquia natural do Poder Judiciário.

O caminho das urnas, portanto, está fechado e o rumo para a prisão está aberto. A Repercussão do julgamento de ontem foi total e registraram-se mais manifestações a favor da negativa do habeas corpus do que gestos de inconformismo. Natural este desfecho, inclusive no próprio Partido dos Trabalhadores, que agora vai partir em busca de uma nova candidatura ao Planalto. Essa candidatura pode ser de outra sigla, uma vez que a legenda do PT se explodiu na noite de ontem.

Eu disse que escrevi este artigo tão logo Luiz Fux começou a definir seu voto. Espero que o Supremo conclua sua jornada antes do amanhecer.

BAIXO ASTRAL – O amanhecer dos acusados pela Operação Lava Jato será quase tão ruim quanto o de Lula e dos petistas. Digo por quê. Porque vale acentuar que o resultado do julgamento produz profundos reflexos na vida nacional. Um deles é o prosseguimento mais intenso e mais veloz das ações da Operação Lava Jato. Claro.

 Basta pensar um pouco. Se foi a Lava Jato que causou o debacle do ex-presidente da República, ela ganhará ainda mais força contra os que se corromperam e também contra os que alimentaram a corrupção. Neste caso, vão crescer as delações premiadas, uma vez que será este o único caminho para que empresários que fizeram acordos com políticos e com administradores públicos. Somente assim podem aliviar seu comprometimento, o qual certamente poderá conduzi-los à prisão.

Os corruptos que se encontram presos, em consequência do desfecho de ontem perdem a esperança de ganharem a liberdade. E os integrantes do governo Michel Temer não vão ter uma boa alvorada na manhã de hoje. Pelo contrário. Encontram-se em pleno crepúsculo, não faltam sombras  em relação a seu futuro.

2 thoughts on “Supremo afasta Lula das urnas e dá ainda mais força à Operação Lava Jato

  1. Lula já foi.

    Agora falta o Temer !

    A PGR Raquel Dodge terá que fazer a 3ª denúncia contra Temer.

    Caso contrário ela estará cometendo crime de prevaricação !!!

  2. O ministro Luiz Fux, foi perfeito ao negar o HC ao ex presidente Lula. Réu condenado em duas instâncias, é sinal que as provas já foram examinadas e não há mais o que fazer, portanto cabe a execução provisória da pena sim, os outros recursos sem dúvidas serão apenas protelatórios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *