Supremo começa a boicotar o juiz que devassa a Petrobras

http://diariodenoticias.com.br/images/20140911165943_Manchete02.jpg

Zavascki atende a advogado e questiona o juiz

Mario Cesar Carvalho
Folha

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, encaminhou ao juiz Sergio Moro, que julga a Operação Lava Jato, questionamentos que o advogado Fabio Tofic Simantob apresentou à corte sobre políticos citados na investigação.

Para o advogado, que defende Gerson Almada, vice-presidente da Engevix, a PF sabia desde setembro do ano passado que deputados mantinham relações com o doleiro Alberto Youssef, mas o juiz só reconheceu o fato após a operação ter sido deflagrada, em 17 de março deste ano.

Segundo Simantob, a omissão sobre a presença de políticos visa impedir que o caso seja remetido ao Supremo. Deputados federais só podem ser investigados pelo STF porque gozam de foro privilegiado.

Gerson Almada está preso na PF de Curitiba desde o último dia 14 sob acusação de pagar propina para obter contratos na Petrobras.

Os políticos que apareceram na apuração em 2013, segundo o defensor, são os deputados André Vargas (sem partido-PR) e Luiz Argôlo (SDD-BA). Ele relaciona dois fatos que comprovariam a omissão: a PF cita o número do telefone de Argôlo em relatório de setembro de 2013 e a entrega de R$ 120 mil ao chefe de gabinete do parlamentar também naquele ano.

O advogado diz que o juiz impede réus de citar os nomes de políticos que são acusados de receber propina com o mesmo objetivo: manter o processo sob sua condução.

Procurado pela Folha, Moro não quis se pronunciar.

Em questionamentos similares, ele disse que políticos não são investigados, mas sim o desvio de recursos da Petrobras. Para o juiz, se o dinheiro desviado foi posteriormente usado para pagar propina a políticos, ocorreu um novo crime, de corrupção, que não é objeto das ações que ele julga.

Moro já escreveu que veta réus de citar políticos que são acusados de receber suborno para preservar a autoridade do Supremo.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – O juiz Sergio Moro está agindo de forma adequada. Começou a investigar a corrupção interna na Petrobras, e até então não havia a menor relação com os políticos. Quando os depoimentos começaram a envolver parlamentares, que têm foro privilegiado e só podem ser julgados no Supremo, o juiz se acautelou e evitou vazamentos, para não inviabilizar as investigações. Deixou a apuração sobre o envolvimento dos políticos para uma segunda etapa. Tudo estava indo muito bem, mas agora parece que o Supremo resolveu atrapalhar.

Acontece que o juiz Sergio Moro sabe o que faz e já enfrentou o ministro Zavascki, que apressadamente mandou libertar o ex-diretor Paulo Roberto Costa, que saiu da prisão rindo para os repórteres. O  juiz mandou prendê-lo de novo e Zavascki se fechou em copas. Agora, voltou à tona. (C.N.)

15 thoughts on “Supremo começa a boicotar o juiz que devassa a Petrobras

  1. foro privilegiado para L-A-D-R-Ã-O é uma desfaçatez inqualificável.

    nestepaiz há um costume desavergonhado de só considerar LADRÃO aquele que rouba galinhas ou mesmo uma lata de leite em pó para saciar a fome própria ou de familiar.

    esses políticos acusados, que tentam safar-se na “casa” denominada pelo comentarista acima (nik rj), até que provem em contrário, além de ladrões são – cada um deles –
    abafador, agadanhador, agafanhador, cafunje, camafonje, capiango, capoeiro, carteirista, carteiro, descuidista, escamoteador, furtador, gaipilha, gateador, gato, gatuno, ladranete, ladranzana, ladrão, ladravão, ladravaz, ladrilho, ladrisco, ladro, ladroaço, ladronaço, lança, lanceiro, lapim, lapina, lapinante, larápio, lascarino, malandéu, malandréu, malandrim, malandrino, malandro, manata, milhafre, olhapim, olharapo, pandilheiro, pilha, pilhante, pilharete, pilho, pivete, pixelingue, pula-ventana, punga, punguista, puxador, rapinador, rapinante, ratazana, rato, ratoneiro, roubador, trombadinha, ventanista; assombra-pau, bandoleiro, cabeleira, cabra, cabra-de-chifre, cangaceiro, capuava, celerado, criminoso, facínora, facinoroso, faquista, flagicioso, larápio, malfeitor, pandilha, pandilheiro, quadrilheiro, sacomano, sacomão, sacomardo, salteador.

  2. Calma gente!! O juiz Sergio Moro, tá inspirado e bem informado, ele vai se sair muito bem, o seu trabalho vai dar excelentes resultados, para o bem deste País. O enfoque está bem equacionado, não é um mercador de decisões judiciais, que vai atrapalhar o desfecho , os políticos tipo Renan, Humberto Costa, Gleisi Hoffmann e etc se preparem, pois a batata deles já tá no forno assando.

  3. Um País que tem uma Suprema DESSE QUILATE, não é um País, é uma coisa!!!
    Permitam, fazer um pedido a quem pode resolver essa imoralidade em que o Brasil a cada dia afunda mais: DEUS PAI , MISERICÓRDIA, Mande uns “enfartes de paralisia” a esses membros, que se consideram “TU”, maltratando esse POVO que CRÊ EM TI.
    RUI BARBOSA, JUNTE-SE A NÓS, E REFORCE TUA PRECE “DEUS”, JUNTO A “ELE”, A SITUAÇÃO NO BRASIL ESTÁ VERGONHOSA, CONFORME TUA POESIA/PRECE: TENHO VERGONHA DE MIM EM SER HONESTO.
    SENHORES, SÓ COM “REZA FORTE”, OS GOVERNANTES DOS 3 PODERES, ESTÃO PODRES.
    POR UM BRASIL DECENTE E JUSTO.
    DEUS, PROTEJA ESSE JUIZ, A EQUIPE DA PF, E MPF, ILUMINANDO-0S, PARA QUE A “VERDADEIRA JUSTIÇA” ACONTEÇA, E NÃO ISSO QUE AÍ ESTÁ REPRESENTADA PELA CANALHADA DA SUPREMA. VERGONHA NACIONAL E MUNDIAL.

  4. Gostaria muito que estes juizes se olhassem no espelho: velhos, sem nenhuma moral e ética, pois só o que importa para eles é se sentirem o máximo, pois podem comprar os melhores uisques, passearem em lugares bonitos, em primeira classe, arranjar namoradas com idade de serem suas netas , no entanto, a mediocridade e pobreza de espirito é tão grande que só veem refletido no espelho $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

  5. Sei que é doloroso para muitos admitirem, mas os indicados ao STF pelo Executivo passam pelo crivo do Senado, onde há representação de TODOS os partidos. E são aprovados por unanimidade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *