Supremo pode adiar julgamento sobre suspeição de Moro nas ações da Lava Jato

Resultado de imagem para supremo CHARGES

Charge do Nani (Charge Online)

Mônica Bergamo
Folha

O STF (Supremo Tribunal Federal) pode adiar o julgamento sobre a suspeição do ministro Sergio Moro nos processos da Lava Jato, marcado para a próxima terça-feira (dia 25). A pressão é grande no sentido de postergar a análise do caso. Mas a decisão só deve ser tomada no dia, e por todos os cinco ministros da Segunda Turma, que julgará o pedido de habeas corpus apresentado pela defesa de Lula.

O habeas corpus foi apresentado ao STF antes do escândalo das mensagens de Moro com os procuradores da Lava Jato, revelado pelo site The Intercept Brasil.

Um dos pilares da argumentação da defesa é o fato de Moro ter conversado com emissários de Jair Bolsonaro para integrar o governo dele quando ainda era juiz.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A notícia é muito importante, e a jornalista Mônica Bergamo tem informantes privilegiados no PT. A defesa de Lula anexou as denúncias do The Intercept. Só quem pode adiar o julgamento é a ministra Cármen Lúcia, que acaba de assumir a presidência da Segunda Turma. Já foram dados dois votos contra Lula, pelo relator Édson Fachin e pela então revisora Cármen Lúcia. Além de Lewandowski, o ex-presidente, que será o último a votar, faltam Gilmar Mendes e Celso de Mello.

A dúvida é saber se os três têm coragem de libertar Lula com base nessa armação mal ajambrada e que não deu certo, na tentativa de transformar o processo de Lula num conluio de perseguição política. Será que os três ministros terão a audácia de afrontar a nação, agindo ao arrepio da lei dentro do próprio Supremo? É difícil, mas possível. (C.N.)

21 thoughts on “Supremo pode adiar julgamento sobre suspeição de Moro nas ações da Lava Jato

  1. “A dúvida é saber se os três têm coragem de libertar Lula com base nessa armação mal ajambrada e que não deu certo, na tentativa de transformar o processo de Lula num conluio de perseguição política. Será que os três ministros terão a audácia de afrontar a nação, agindo ao arrepio da lei dentro do próprio Supremo? É difícil, mas possível. (C.N.)” “Pau que bate em Chico bate tb em Francisco.” Pode até não ter existido conluio, como acredita o C.N., mas o diabo é que estão presentes todos os elementos do dito-cujo conluio, de modo que não é à toa que pessoas isentas, imparciais, que perfazem mais de 50% do contingente populacional está dizendo e sentindo que houve conluio, inclusive e principalmente juristas de notório saber jurídico e de ilibada reputação. Aliás, comentário parcial como esse que vc está fazendo agora Caro C.N., com aparência de intimidação do STF, colocando a sua vontade pessoal, como se fosse a vontade da nação, ainda não consultada a respeito ( ou consultada nas urnas em 2018 com a abstenção de mais de 40 milhões de eleitores), com a população votante fazendo do PT o maior partido da câmara federal, tb afeiçoa-se elemento de um possível conluio, “data venia”.

    • “…que pessoas isentas, imparciais, que perfazem mais de 50% do contingente populacional está dizendo e sentindo que houve conluio…”
      Kkkkk, mais de 50%? Teve alguma pesquisa do Ibope ou algo parecido??

      “…inclusive e principalmente juristas de notório saber jurídico e de ilibada reputação….”
      Kkkkk. Por mera coincidência os que defendem os corruptos condenados e prestes a ser condenados na Lava Jato. Mas, é mera coincidência.

      Interessante é que não apareceu até agora nenhuma mensagem nesse sentido.

      • O meu comentário fala por si mesmo, não precisa ser explicado, posto que explícito. Se tivéssemos como apurar os crimes do judiciário, em conluio com o ministério público e a segurança pública, desviados das suas funções, te garanto que pelo menos 70% do sistema podre estaria na cadeia. E quando se diz sistema podre, o judiciário não está excluído disso não, viu.

  2. Em qual pais esses senhores ganhariam a vida recebendo um alto salario e as mordomias ?, Quero ver eles arriscarem perder tudo que conseguiram na vida ate hoje na conta do homem mais honesto do Brasil sair da cadeia , a terra brasileira e fertil , mas necessita muito de adubo tambem. Vamos aguardar , mas tenho certeza que preferem continuar vivos e com saude comendo lagostas e tomando vinhos importados

    • De juízes não. A nota, se verdadeira, é da AJD (Associação de Juizes pela Democracia). Obviamente, a nota foi redigida pela sua diretoria e sem a devida consulta aos membros. E, aliás, quantos membros fazem parte dessa associação? Representam quantos porcento da quantidade de juízes brasileiros?

  3. Talvez tenha passado despercebido e não registrado um trecho da segura fala de Moro ontem na CCJ do Senado.

    Em dado momento ele mandou um recado ao STF. Disse ele:

    “então anulem tudo, soltem todos os presos e todo o dinheiro recuperado e reposto aos cofres públicos e das estatais que seja devolvido aos réus que foram condenados”.

    Para o bom entendedor, basta. Foi um recado ao STF.

  4. “fato de Moro ter conversado com emissários de Jair Bolsonaro para integrar o governo dele quando ainda era juiz”

    A colulista da folhona, como sempre, tentando enganar os leitores para defender os ladrões petelhos. Os farsantes queriam o quê? Que Moro pedisse demissão, antes de acertar a sua ida para o ministério?

  5. Mais uma prova de que o STF tem que ser fechado. Chega, não precisamos de uma instituição custosa aos cofres públicos que não faz nada nenhuma além de soltar bandidos e infernizar a nossa vida. Já estou enojado com esses urubus.

  6. A PF deveria redobrar a segurança do ministro Celso de Melo. A vermelhada é bem capaz de mantê-lo em cárcere privado, até que soltem o maior larápio de todos os tempos: há 2 votos contra – Carminha e Fachin, dois a favor, Lew e gilmarmendes. Com empate, o tipo cai fora da cana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *