Temer conseguiu resgatar Lula e o petismo   

Resultado de imagem para lula candidato 2018 charges

Charge do Paixão, reproduzida da Gazeta do Povo

José Roberto de Toledo
Estadão

Não é só Lula da Silva que cresce com a crise e as reformas do governo Temer. Após sofrer a maior derrota eleitoral de sua história em 2016, o PT ensaia recuperar parte da popularidade perdida. Segundo o Datafolha, 15% dos brasileiros apontaram o PT como seu partido de preferência na pesquisa da semana passada. É o melhor resultado para os petistas desde setembro de 2014. Nos últimos dois anos e meio, o petismo oscilara entre 9% e 11%.

Os seis pontos porcentuais de crescimento na preferência pelo PT desde dezembro de 2016 não parecem muito no total do eleitorado, mas viram um caminhão se comparados à simpatia pelos seus rivais. PSDB e PMDB estão estagnados há praticamente um ano: têm 4% de simpatizantes cada um. Mesmo somados, chegam apenas à metade do tamanho do petismo declarado ao Datafolha.

APARTIDÁRIOS – De onde veio o crescimento da simpatia pelo PT? Do eleitorado que até o segundo semestre do ano passado dizia não ter preferência por nenhum partido. Em dezembro de 2016, 3 em cada 4 brasileiros se diziam apartidários. Agora, são 2 em cada 3. A taxa dos sem partido voltou ao nível pré-impeachment.

A recuperação petista ocorreu em todas as regiões. De dezembro a abril, a preferência pelo partido de Lula aumentou de 9% para 14% no Sudeste, de 5% para 10% no Sul, de 14% para 22% no Nordeste, de 7% para 13% no Centro-Oeste e de 6% para 15% no Norte. Cresceu tanto entre os mais pobres (de 11% para 19%) quanto entre os de renda alta (de 5% para 10%); mais entre quem fez o fundamental (de 10% para 18%) do que entre quem fez faculdade (de 7% para 10%).

Como isso pode ter acontecido se o PT não fez nada de notável nesse tempo além de perder muitas das prefeituras que tinha? Em períodos de crise, ganha quem não está na vitrine. Faz um ano que os petistas deixaram de ser vidraça na casa federal, e há quatro meses não respondem pelos problemas de cidades como São Paulo. E a herança negativa que deixaram? Quanto mais o tempo passa e o desemprego aumenta, menos o eleitor se lembra.

AGENDA IMPOPULAR – À crise econômica se soma a agenda impopular que Michel Temer tenta implantar com o apoio tucano. Os 87% contrários às novas regras para aposentadoria propostas pelo governo sobem a 94% entre petistas. Embora a contrariedade com o aumento da idade mínima para os aposentados alcance maioria também entre partidários de PSDB e PMDB, sua proporção é menor: 79% e 88%. Quanto maior a reação às reformas de Temer, melhor para o PT.

Outro fator que ajuda a explicar o resgate parcial do petismo é que a expansão da Lava Jato e das denúncias de corrupção a políticos de quase todos os partidos nivelou o campo de jogo. Não há mais vantagem moral em se declarar simpatizante do partido A ou B. Todos carregam praticamente o mesmo desgaste.

Isso significa que o PT está voltando a ter a penetração que teve no passado? Não chegou nem perto disso. No seu auge, em abril de 2012, o petismo alcançou 31% dos brasileiros, segundo o Datafolha. Desde então, sua influência só caiu. É o primeiro crescimento significativo da preferência pelo PT em cinco anos.

ANTAGONISMO – Além disso, é de se esperar que, como ocorreu no passado, ao aumento do petismo corresponda um crescimento do antipetismo. A diferença é que não se sabe quem vai se beneficiar disso. A transfusão para o PSDB deixou de ser automática.

Há novos jogadores capazes de atrair antipetistas tanto quanto os tucanos foram no passado. Com a vantagem de que transitam melhor no maior grupo do eleitorado. Jair Bolsonaro tem 76% de sua intenção de voto concentrada nos eleitores sem partido. E Joaquim Barbosa, o ex-ministro do STF, ainda mais: 81%.

7 thoughts on “Temer conseguiu resgatar Lula e o petismo   

  1. Menos né. Temer ser rejeitado pela população não ajuda em nada lula e o pt, pelo simples fato que não apaga o mal que fizeram, juntos, ao país. Até onde se sabe Temer não será candidato contra alguém do pt, ao mesmo tempo que é sabido que o pt sempre teve e sempre terá seus 25 a 30% de eleitores, fazer o que? Cada um apoia a quem mais se assemelha.

  2. Temer é mais do mesmo. Não fez por merecer o crédito que o povo lhe deu, pois não luta contra a corrupção como deveria, nem saneou o Estado e acabou com privilégios. Só aperta o povo. Parece tudo um jogo de cartas marcadas.

  3. Ora, que papo mais furado!
    Dilma foi retirada de onde nunca deveria ter estado. Temer, mesmo sendo tudo que dele falam de ruim, não afundou o país ou desempregou 13/14 milhões. Ele pegou o país na merda, na lama. Montou um ministério medíocre, com ministros incapazes, comprometidos e metidos na corrupção. Não fez o que precisávamos que fizesse. Mas enfim, foi ELEITO e ajudou a reeleger DILMA! Tem tanta legitimidade como teu o falecido e saudoso presidente Itamar Franco, que também ajudou a eleger Collor e dele foi vice. Isto tem de ser jogado na cara dos petistas que, mesmo depois de tudo que já apareceu e está comprovado, continua defendendo, votando e querendo o retorno do vigarista, bêbado, safado e corrupto Lulla.
    Amigos, se Lulla ainda tem a segui-lo 15% de bedéis, fanáticos, canalhas, puxa-sacos, borra-botas ou o que sejam, não é graças ao desgoverno “falcatrua” de Temer. É uma parcela do povo brasileiro que adora ser enganado, ter o sangue chupado, roubado e usado como lacaios.
    Acabo de ver/ouvir vídeo do congresso do PDT em São Paulo. Ciro Gomes, o truculento, informa que Temer, o golpista, quando deputado e presidente da câmara, foi seu colega. Ele viu como Temer distribuía as MPs para achacar os empresário e tomar propina. “Eu vi, muitas vezes, e agora vou me calar em nome de uma elegância: Não vou me calar não!”
    Puxa, e quer concorrer á presidência! Para correligionários diz que não se cala. Cabe perguntar-lhe: por que então se calou durante todos esses anos? Por que não denunciou as falcatruas, a corrupção, os negócios escusos, a malandragem e tudo mais?
    Desculpe amigos, mas continuo sem entender, sem aceitar a posição dos brasileiros que gostam de conviver com a mentira e as trapaças.
    Não é Temer que tirou o caráter e a boa fé dos escravos de Lulla.
    Estes brasileiros tem problema de cegueira, surdez ou, simplesmente, perderam a noção de bom senso, razão e honestidade.
    Deveriam procurar ajuda de toa a ordem, notadamente a psicológica.
    Vão criar vergonha na cara!
    Fallavena

    • -Verdade, Fallavena.

      O Temer (AINDA) é o vice do GOVERNO DO PT… E o atual Ministro da Fazenda, saído do PSDB, entrou na quadrilha em 2002 a CONVITE DO LULA, onde permanece desempenhando o papel para o qual foi chamado até os dias de hoje…

  4. Enquanto de um lado os mais pobres se inclinam por Lula, de outro cresce bastante a simpatia dos mais ricos por Bolsonaro. O ódio a Lula e ao PT levou parte expressiva dos estratos intermediários a posições radicais. Os manifestantes que se confrontarão nas ruas de Curitiba daqui quatro dias representam uma cisão de contornos desconhecidos no Brasil, cujos desdobramentos ainda se farão sentir. https://goo.gl/pp5Cgo

    O ódio nunca é um bom conselheiro.

    • Será?
      Acho que o bando vermelho em Curitiba vai tocar samba de uma nota só…..

      Justiça não tem nada a ver com opinião.

      Justiça seja feita, Lula na cadeia e PT na gaveta….

      Esquece, cara, tá atrasado….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *