Temer determina afastamento de quatro vices da CEF por 15 dias

Temer tentou manter a corrupção na Caixa

Guilherme Mazui
Deu no G1

A Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República informou que o presidente Michel Temer determinou nesta terça-feira, dia 16 o afastamento de quatro dos 12 vice-presidentes da Caixa Econômica por 15 dias. Inicialmente, a nota da Presidência mencionava o afastamento dos vice-presidentes.

Posteriormente, numa nova nota, o Palácio do Planalto informou que a determinação de Temer se aplica somente aos quatro investigados pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal, que segundo a Caixa são: Antônio Carlos Ferreira (Corporativo); Deusdina dos Reis Pereira (Fundos de Governo e Loterias); Roberto Derziê de Sant’Anna (Governo); José Henrique Marques da Cruz (Clientes, Negócios e Transformação Digital). Procurada, a Caixa informou que cumprirá a decisão de Temer. 

IRREGULARIDADES – A decisão do presidente foi anunciada após o Ministério Público Federaldo Distrito Federal e o Banco Central recomendarem ao governo federal o afastamento dos vice-presidentes. Os pedidos foram apresentados em razão das suspeitas de irregularidades na Caixa investigadas pelo MPF e pela Polícia Federal . 

Deflagrada em 2016, a Operação Greenfield investiga desvios em fundos de pensão de bancos e de estatais. Por meio dessa investigação, a PF e o MPF descobriram irregularidades no Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS), vinculado à Caixa, e deflagraram uma segunda operação, batizada de Sépsis. No caso do Banco Central, o diretor de Fiscalização da instituição, Paulo Sérgio Neves de Souza, recomendou à secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, que afastasse os vice-presidentes em razão da suspeita do envolvimento deles em irregularidades.

Ana Paula Vescovi é a presidente do Conselho de Administração do banco público. Já a recomendação do MPF foi feita em dezembro do ano passado, à Presidência da República e à Caixa. Os procuradores pediram a saída dos 12 vice-presidentes do banco, mas a Casa Civil e a a Caixa rejeitaram a recomendação. Os procuradores, porém, reforçaram o pedido ao encaminhar ao presidente um ofício, no qual afirmaram que Temer poderá ser responsabilizado, na esfera cível, por ilícitos que eventualmente venham a ser cometidos pelos vice-presidentes da Caixa.

ÍNTEGRA –  A íntegra da primeira nota da Secretaria de Comunicação Social dizia que, ” O presidente da República, Michel Temer, determinou ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e ao presidente da CEF, Gilberto Occhi, que afastem os vice-presidentes do banco por 15 dias, prazo que terão para apresentar ampla defesa das acusações”.

Já a segunda nota da Secretaria de Comunicação Social retificava que ” O presidente da República, Michel Temer, determinou ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e ao presidente da CEF, Gilberto Occhi, que afastem os quatro vice-presidentes do banco por 15 dias, prazo que terão para apresentar ampla defesa das acusações”.

7 thoughts on “Temer determina afastamento de quatro vices da CEF por 15 dias

  1. Só 15 dias hein, pra dar tempo de consultar Segovia e Dodge !

    Raquel Dodge está prevaricando e essa atuação da PGR de Temer é inaceitável !

    Raquel Dodge é a Prevaricadora Geral da República !!!

    Já era pra PGR ter feito a 3ª denúncia contra Temer no caso da MP do porto de Santos faz meses !!!

    Mas Raquel Dodge, a Prevaricadora Geral da República, foi escolhida por Temer justamente pra isso: continuar engavetando essa denúncia !

  2. Antônio Carlos Ferreira (Corporativo); Deusdina dos Reis Pereira (Fundos de Governo e Loterias); Roberto Derziê de Sant’Anna (Governo); José Henrique Marques da Cruz (Clientes, Negócios e Transformação Digital), quais destes são funcionários de carreira?

  3. Realmente a bandidagem tomou de assalto todas as Instituições. Nunca seremos uma nação democrática e livre. A diferença para a Venezuela é que ainda deixam a gente pensar que escolhemos os governantes (Urna eletrônica só no país da jabuticaba)

  4. Posso nem escutar as iniciais CEF, Sempre acho que deveria haver uma cpi, uma lava caixa também. A gente ficaria conhecendo um laranjal. Outro dia uma senhora na tv disse que há 44 anos joga os mesmos números na quina, pois nem quadra fez ainda. Eu também faço fezinha há bastante tempo, de teimosa, ajudando a engordar o prêmio do “ganhador” e não engulo esta teoria das probabilidades, com o Brasil inteirinho jogando,

  5. E o Gato Angorá cada vez mais envolvido nas falcatruas. Mas como diz o Lucas Silva, a Prevaricadora Geral da República continua sentada no ar-condicionado junto com o general que não faz nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *