Temer ia renunciar, mas foi convencido por Padilha e Moreira a cair no ridículo

Resultado de imagem para temer nao renuncia

Temer alegou que a gravação foi “clandestina”

Carlos Newton

Quando o colunista Ricardo Noblat anunciou na tarde desta quinta-feira que o presidente Michel Temer ia renunciar, sabia exatamente o que estava dizendo. É amigo íntimo do chefe do governo, um dos poucos que ligam para Temer e ele atende ou dá retorno, da mesma forma como faz com outro jornalista de O Globo, Jorge Bastos Moreno.

Quem deu esta informação exclusiva a Noblat foi o próprio Temer, que estava em débito com o jornalista desde que o levou a um erro brutal no caso da nomeação de Alexandre de Moraes para o Supremo… Justamente por isso, Noblat tinha certeza absoluta de que, desta vez, Temer não iria recuar sem avisá-lo previamente. Portanto, foi com total convicção que o jornalista anunciou que o presidente ia renunciar e comunicaria esta decisão em cadeia nacional. Mas aconteceu exatamente o contrário.

Em tradução simultânea, Temer queria mesmo renunciar. Mas  não contava com a pressão que seria exercida pelos ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretária-Geral), com apoio de toda a entourage do Planalto. Noblat estava certo. O presidente ia abandonar o cargo, mas o inesperado fez uma surpresa, como diria o compositor Johnny Alf.

PRESSÃO ABSURDA – No desespero pela possibilidade de perderem o foro privilegiado, Padilha e Moreira fizeram uma pressão absurda sobre o presidente. Argumentaram que Temer lutara muito para manter o PMDB unido depois da morte de Ulysses Guimarães; após anos de esforços,  conseguira levar o partido ao poder; estava fazendo um governo de recuperação nacional destinado a ficar na História; os primeiros resultados já começam a aparecer; o Brasil precisa que Temer leve sua obra até o final, etc. e tal.

Com habilidade, Padilha e Moreira exploraram um dos principais pontos fracos de Temer – a excessiva vaidade, que com o passar dos anos foi se agravando depois da plástica no nariz, da aposentadoria dos óculos de grossas lentes, do implante de cabelos, do peeling e da esticada no rosto, não necessariamente nesta ordem.

Tanto fizeram que Temer acabou recuando, desistiu temporariamente da renúncia, mas esqueceu de avisar o amigo Ricardo Noblat, para que ele pusesse retificar a informação, dizendo que o presidente mudara de ideia, não ia mais renunciar por isso ou aquilo. Foi assim que, inebriado pela conversa fiada dos ministros, Temer nem lembrou do que dissera ao amigo jornalista e o abandonou à própria sorte, mostrando que, em matéria de caráter, o chefe do governo realmente deixa muito a desejar.

MENTIRAS E MANIPULAÇÕES – Ao afastar a possibilidade de renúncia, Temer cometeu um erro brutal, e seu pronunciamento não teve a menor consistência. Se realmente era inocente, não precisava ter mentido, distorcido e manipulado informações.

Reclamou da “gravação clandestina”, mas isso jamais existiu, pois o que ocorreu foi um procedimento legal, autorizado pelo Supremo, não houve clandestinidade alguma. Ao invés de apresentar provas da inocência, preferiu usar o argumento de que as acusações devem ser esquecidas porque estariam prejudicando a recuperação da economia, uma justificativa grotesca e imoral, especialmente quando o autor é ex-integrante do Ministério Público e ex-professor de Direito Constitucional, com obras publicadas.

O mais patético, porém, foi Temer alegar que o empresário Joesley Batista, dono da JBS, não estava dando propina ao deputado Rocha Loures, ex-assessor especial da Presidência, quando lhe entregou uma mala com R$ 500 mil reais. Na versão ridícula de Temer, o empresário apenas “auxiliava a família” (de Loures, de Cunha ou do próprio Temer?), vejam a que ponto chega a desfaçatez dessa gente.

APODRECER EM PÚBLICO – Dar trela ao canto da sereia entoado por Padilha e Moreira foi um erro estratégico do presidente. Poucas horas depois do pronunciamento (transmitido à tarde, com baixa audiência, para evitar o panelaço), os telejornais e sites da mídia já estavam demolindo as ilusórias argumentações de Temer, que agora está apodrecendo em público, ao vivo e a cores.

Não há como alegar inocência. Governantes de verdade jamais aceitariam receber no Palácio Jaburu, às 22h30m, na calada da noite, um empresário altamente suspeito, sonegador de INSS e outros encargos, para conversar sobre nebulosas transações nada republicanas. O horário era impróprio; e o interlocutor, de todo inconveniente.

O fato concreto é que Temer não existe mais, virou uma peça decorativa no jogo do poder. É por isso que deputados e senadores já estão escolhendo o nome do futuro chefe do   governo, que em breve irá substituí-lo.

###
PS – Ao dizer que a JBS apenas auxiliava a família do deputado corrupto e não se tratava de propina, embora a vultosa doação humanitária fosse de R$ 500 mil, Temer concorre à Piada do Ano com reais chances de vitória, pois a contribuição foi em dinheiro vivo, sem recibo ou nota fiscal. Com esse tipo de declaração, Temer mostra que já perdeu totalmente a noção do ridículo. (C.N.)

22 thoughts on “Temer ia renunciar, mas foi convencido por Padilha e Moreira a cair no ridículo

  1. Valor: “ANÁLISE: Joesley “rifou” Brasil para garantir migração da JBS aos EUA”

    http://www.valor.com.br/politica/4972876/analise-joesley-rifou-brasil-para-garantir-migracao-da-jbs-aos-eua

    “Ao “rifar” o governo Temer e, no caminho, lançar o país no abismo das incertezas política, financeira e econômica, Joesley Batista quer assegurar o passaporte de seu grupo para fora do Brasil.”

    Meirelles deve fazer o rapa, e desaparecer, em breve…

    O caubói da JBS fez um estrago incomensurável no Brasil, e se mandou com a empresa pro exterior….
    Mas deixou o governo corrupto na lona….
    É pouco?
    É muito pouco…

  2. Ao meu ver Temer está sendo vítima de conspiração, por parte de Lula e Joesley, pq a forma como foi feita a gravação e o teor das conversas do Friboi deixam claro a intenção de tentar incriminar o presidente. Ouvi parte das escutas editadas pelo JN e não há nenhuma fala do presidente nessa conversa que possa comprometê-lo. É a cartada final do sapo rato jararaca na tentativa de evitar ou adiar sua prisão e também objetivando “incendiar este país” como reiteradamente ameaçado pelos milicianos petralhada. Eleições diretas neste momento, isso sim é golpe!

  3. O que dizer dessa degravação do áudio que descreve como ‘inaudível’ sempre as palavras que mais interessam???

    Quem editou o áudio antes de liberar ? Quantas horas se passaram até conhecermos essa versão censurada??

    Transparência o cacete!

    O Exercito convocado para defender o Palácio…
    O Brasil derretendo e defendem o Palácio????

    S.O.S.

    Ta Tudo Dominado

  4. Décadas atrás, quando trabalhei em um estaleiro de matriz japonesa, vi em várias reuniões, quando havia algo errado, a inquirição do funcionário e quando o mesmo admitia o engano/erro, verificávamos os procedimentos ou criávamos um para não ocorrer mais, e fim de papo; mas quando o funcionário tentava se justificar ou sair de suas responsabilidades, os porquês? iam um atrás do outro, cozinhando o infeliz em “banho maria” até a realidade se fazer presente.
    Até os altos oficiais tsaristas, tiveram a chance de se redimirem e em praça pública assumirem que erraram e estavam alinhados com o novo regime e com o povo russo.
    Muita gente metida nesta embrulhada, é importante para o Brasil, desde que “MUDE”; penso que é uma saída.
    Abraço.

  5. Que situação!, 3 presidentes acusados de corrupção, a do stf.escorregando na maionese, mandando suas palavras de posse, para as calendas gregas, com 5 ou 6 sinistros, que estupram e vilipendiam a Srª Justiça, dando péssimo exemplo, que no Brasil não há justiça que faça Justiça. (no momento só a 1ª, está a merecer confiança, representada pelo Juiz Sergio Moro, e os jovens que o tomam como exemplo, que Deus os proteja e os ilumine, para lavar o Brasil, pondo os criminosos de Brasília, no lugar que merecem: cadeia e devolução do roubo do cofre)
    Um congresso, mais podre que a podridão, a fazer leis de auto defesa, verdadeiro criminosos hediondos, com sua canetas, infelicitando 220 milhões.
    Que Deus nos ajude, a sairmos desse lamaçal, pacificamente.

  6. 1) Pensamento do dia: “Em tempo de guerra, a verdade é tão preciosa que ela precisa ser guarnecida por uma escolta de mentiras” = Winston Churchill (1874-1965) Estadista britânico.

    2) fonte: Livro das Citações, Eduardo Giannetti: pág. 122. Estação das Letras.

  7. Caro Newton,

    Parabéns e grato pela análise, “retrato fiel” da terrível situação jurídico-política que atravessamos.

    Importante o registro feito da desfaçatez dos agentes públicos ao “justificar” os ilícitos praticados com escopos meta-jurídicos, tais como “recuperação econômica”[?], “retomada do emprego”[?] etc.

    Que república (HF). Pior que a platônica…

    Cordialmente,
    Christian.

    • Gratíssimo por suas palavras generosas, dr. Christian. Quem é inocente não precisa fazer esse tipo de correlação. Lei é lei, precisa ser obedecida. Quanto ao gigantesco Helio Fernandes, aos 96 anos ele escreve em seu próprio blog (heliofernandesonline.blogspot.com) e sua coluna é reproduzida na Tribuna da Imprensa Sindical, editada pelo Daniel Mazola.

      Abs.

      CN

      • Gratíssimo Amigo Newton!!

        Agradecido também pela referência ao gigante mestre Helio Fernandes!!

        Forte Abraço!
        Christian.

  8. Quando o sujeito é honesto e é acusado de alguma coisa, não precisa fazer um discurso ou pronunciamento.
    Basta apenas ele dizer duas palavras:
    “-Então prove!”
    E pronto. A conversa se dá por encerrada.

  9. Em princípio, Temer se aconselhar com Padilha e Moreira só poderia dar no que deu, uma enorme palhaçada, que retirou de Temer o último resquício de dignidade que teria, se renunciasse.

    Evidente que os dois salafrários ministros não estavam pensando no presidente, mas em si mesmos, em permanecerem nos cargos, em manterem o foro privilegiado e, Temer, vaidoso, idiota, imbecil, aceitou a sugestão, o presente de grego.

    A verdade é que este governo desapareceu no mar de podridão que ele mesmo formou. Apesar de já vir surfando em ondas grandes de corrupção e desonestidade pelo PT, Temer deu a mesma sequência de crimes que a sua antecessora, Dilma Rousseff, ladra, subversiva, incompetente e desonesta, traidora e falsa.

    Agora, inegavelmente eleições diretas nessas alturas é golpe arquitetado pela quadrilha petista, colocando como candidato outro larápio, bandido, ladrão, que é Lula.

    Curiosamente, caso a Constituição for seguida ao pé da letra – tenho sérias dúvidas -, o próximo presidente sairia do Congresso, do antro da corrupção e desonestidade, ou seja, o nosso destino está selado pela tragédia!

    • Excelente artigo de Carlos Newton, complementado por este claro e direto comentário do Chicão Bendl.

      Temer deu outro tido no próprio pé, e a sua saída do Planalto será imensamente mais feia do que se tivesse ocorrido na hora certa!

  10. Newton, uma pergunta me ocorre, respeitando tudo o que escreves: Temer renunciando não perderia o “foro privilegiado”.?

  11. Caro C.N., sempre inspirado em suas matérias…Parabéns!
    Amei a citação sobre plástica, implante, óculos e o não necessariamente nessa ordem….bem característico do seu talento jornalístico/artístico, trazendo notícias trágicas com seriedade e humor.

  12. Passando ao largo do mundo que cai, não podemos esquecer que, ainda estamos no governo petista!
    Acho muita graça e desfaçatez dos petistas/comunistas/puxadinhos, quando vão às pedir o “fora Temer”, passando a ideia de que Temer foi eleito pelos céus e não por eles próprios.
    Escrevo isto, a bem da verdade, por ter assistido discursos “inflamados” da esquerda mais idiota e criminosa da atualidade (o que restou do todo) tentando enganar (o povo brasileiro (e consegue enganar parcela dele).
    Ora, quando Dilma foi expurgada do poder, restou seu vice, eleita com os votos petistas e dos puxadinhos.
    A nós restou, tão somente, tirar a “cabeça” do governo petista. Agora, é o “rabo” que está para ser retirado.
    Temer é o resultado da eleição petista, dos votos petistas. Se PT petistas querem esquecer, primeiro assumam SUA CULPA.
    Temer é o vice de vocês, eleito por vocês. Tivemos de aceitá-lo, até agora. Assim mandava nossa constituição.
    Temer é apenas mais uma parte da herança maldita do PT!
    Fallavena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *