Temer j antecipara o retorno, devido s novas denncias contra trs ministros

Resultado de imagem para moreira, geddel e picciani

Novas denncias incriminam Picciani, Moreira, Geddel e Juc

Eduardo Barretto
O Globo

O presidente da Repblica, Michel Temer, j embarcou de volta ao Brasil. Ele saiu de Tquio s 11h30 da manh desta quarta-feira, no horrio de Braslia. Inicialmente, a previso era que ele retornaria s 23h. O presidente Michel Temer saiu do Japo antes que a priso de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ex-presidente da Cmara, fosse decretada. Antecipando a volta em cerca de 12 horas, Temer decolou de Tquio s 11h30 da manh, no horrio de Braslia, cerca de uma hora antes de despacho do juiz federal Srgio Moro.

s 9h30 desta quarta-feira, no horrio de Braslia, havia ainda a possibilidade de Temer conceder uma coletiva de imprensa em Tquio, o que no aconteceu. Temer saiu de Braslia para viagens ndia, para encontro dos Brics, e ao Japo na ltima sexta-feira. A chegada a Braslia estava prevista para esta sexta-feira de madrugada. Agora, com a antecipao da volta, a comitiva presidencial chegar ao Brasil na noite desta quinta-feira.

O avio deve fazer uma parada para reabastecimento em Seattle, nos Estados Unidos.

ACORDO COM O JAPO – O primeiro encontro entre o presidente e o primeiro-ministro japons, Shinzo Abe, nesta quarta-feira foi marcado pela assinatura do acordo de promoo de investimentos e cooperao econmica nas reas de infraestrutura entre o Japo e o Brasil. No discurso, Temer reforou as mudanas polticas e econmicas no pas, destacando as reformas e foco na rea de infraestrutura.

Nossa prioridade a retomada do crescimento e a gerao de empregos, prioridade que perseguimos com pragmatismos tendo aprofundamento na responsabilidade macroeconmica, da os ajustes fiscais em curso disse o presidente, acrescentando o forte interesse em planos de parcerias de investimentos no setor de tecnologia e destacando que o Brasil precisa diversificar suas exportaes ao Japo.

O premier Abe parabenizou Temer pela visita, realizada aps dois meses de governo. E afirmou que os dois pases so parceiros que compartilham a mesma responsabilidade e tambm citou as mudanas realizadas pelo brasileiro na economia.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG
Temer antecipou a volta devido s notcias sobre novas delaes premiadas que incriminam ministros de seu governo, como Moreira Franco, Geddel Vieira Lima e Leonardo Picciani, alm do ex-ministro Romero Juc. Os caciques do PMDB esto em pnico, diante da possibilidade de uma delao premiada de Cunha, que pode arrasar a vida de todos eles, sem exceo. O clima deprimente, na cpula do Planalto. (C.N.)

 

9 thoughts on “Temer j antecipara o retorno, devido s novas denncias contra trs ministros

    • https://jornalggn.com.br/noticia/em-2003-cunha-questionou-dilma-sobre-contratos-da-petrobras: “Do JOTA … Cunha questionou Dilma em 2003 sobre contratos suspeitos na Lava Jato
      Fernando Melo
      Em 2003 o Brasil vivia um momento de xtase. A democracia era vista como um sucesso diante da chegada do primeiro presidente operrio ao poder e sua grande promessa de melhorar a vida dos mais pobres com o programa Fome Zero. Enquanto o pas debatia este tema, logo nas primeiras semanas do governo de Luiz Incio Lula da Silva, um deputado do PPB do Rio de Janeiro se interessou por uma empresa e suspeitas de irregularidades que recaam sobre ela. Para obter as informaes que desejava, enviou uma srie de pedidos a uma ministra nefita e pouco conhecida nos meios polticos. O deputado tinha interesse em documentos da maior empresa brasileira e pedia respostas sobre processos licitatrios, contratos e seus aditivos. A ministra de culos de aro grosso e fama de durona recebeu a solicitao por fax da Cmara dos Deputados, na poca em que o telefone tinha apenas seis algarismos: 61 319-5626.
      O deputado carioca chama-se Eduardo Cunha.
      A ministra chefiava as Minas e Energia e atende por Dilma Rousseff.
      A empresa era a Petrobras.
      O JOTA teve acesso a centenas de papeis assinados por Cunha e enviados para a Petrobras e para o Ministrio de Minas e Energia. Em ltima anlise, eram ambos comandados por Dilma Rousseff, que alm de ministra chefiava o Conselho de Administrao da estatal.”
      … … …
      CENTENAS!!! abrs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.