Temer não é vice, apenas vice-versa

Politica e eleitoralmente, ninguém consegue entender a insistência do PMDB indicando Temer e a inconsequência de Dilma em aceitá-lo. Primeiro, que isso representa submissão e subserviência explícita ao PMDB.

Segundo, que Temer não tem voto pessoal, e coletivamente divide o partido. em suma: não há suma. Quem está orientando a campanha de dentro do Planalto-Alvorada?

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *