Temer pediu calma a FHC e Tasso, ao avisar que o julgamento do TSE vai demorar

Resultado de imagem para temer charges chargesTânia Monteiro e Carla Araújo
Estadão

Pouco antes de participar de jantar com empresários, em São Paulo, o presidente Michel Temer se reuniu por cerca de duas horas com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, na noite desta segunda-feira, 29, no Hotel Hyatt. O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), e o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, também participaram do encontro. “Foi uma conversa boa e proveitosa. Conversa boa e capaz de nos garantir, a eles e a nós, de que as reformas passarão”, disse Moreira Franco. Segundo ele, a conversa tratou de “caminhos para o futuro”.

O encontro aconteceu em meio à maior crise política enfrentada pelo presidente Temer. A cúpula do PSDB está sendo pressionada a abandonar o governo, mas o encontro deixou claro que, pelo menos por enquanto, o desembarque não acontecerá.

FIEL DA BALANÇA – O partido deve esperar a decisão sobre a ação contra a chapa Dilma-Temer, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para definir se continua com o governo. O PSDB está sendo considerado o “fiel da balança” para o Planalto.

O esforço é total para não só manter o partido na base aliada, mas também para garantir apoio para a aprovação das medidas provisórias que estão vencendo no Congresso, esta semana, e para as reformas trabalhista e da Previdência.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Em tradução simultânea, não foram tratados “caminhos para o futuro”, porque os tucanos já estão com um pé fora do governo. Temer pediu calma a FHC e Tasso, porque o PSDB já avisou que o apoio a Temer só vai até o julgamento da cassação dele pelo TSE. Temer argumentou que o julgamento deve demorar, porque se trata de processo muito complicado. FHC e Tasso concordaram, até porque os tucanos precisarão do apoio do PMDB para derrotar a candidatura de Rodrigo Maia na eleição indireta, que por enquanto é o grande favorito, salve-se quem puder. (C.N.)

One thought on “Temer pediu calma a FHC e Tasso, ao avisar que o julgamento do TSE vai demorar

  1. O velho mundo sabe das coisas. A confederação europeia quebrou sim em grande parte a hegemonia sufocante dos EUA sobre o mundo, e estão fazendo com que os norte-americanos corram atrás do prejuízo. E nós, quando é que criaremos coragem para resolvermos o nosso país, estados e municípios, tendo como parâmetro a união europeia, que pois em polvorosa a hegemonia norte-americana ao ponto de Trump atacá-la de forma até alucinada, como era de se esperar ? Nós, latino-americanos, devemos começar a nossa grande travessia e mudanças, que se fazem necessárias há muito tempo, a partir do nosso próprio interior, da arrumação da nossa própria casa, à moda bíblica ” Mateus, primeiro os teus “, transformado a federação falida que ai está, devorada pela corrupção, numa nova confederação genuinamente brasileira, independente, com luz própria, rumo próprio, moeda própria e vitoriosa, com abertura de espaço, ato contínuo, para recebermos de braços abertos no nosso novo clube, caso queiram, os nossos irmãos sul-americanos atraídos pelas vantagens palpáveis do projeto novo e alternativo de política e de nação, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME, há mais de 20 anos, quando a confederação europeia era ainda apenas um sonho. Urge pensarmos grande, para que possamos realizar o grande feito que o povo brasileiro e sul-americano precisa e espera da intelectualidade luso-hispano-tupiniquim, há trocentos anos. O capital honesto não tem o que perder dentro de um estado e mercado honestos, pelo contrário só tem a ganhar. E o capital bandido, volátil, que vá especular lá na pqp, com passagem só de ida. RPL-PNBC-DD-ME, saudações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *