Temer precisa selecionar os melhores em cada setor

Resultado de imagem para ministerio charges

Charge do Frank (www.danosse.com)

Carlos Chagas

Irritou-se Michel Temer com a  divulgação de parte das delações premiadas do ex-diretor da Odebrecht, Claudio Melo Filho, no fim de semana que passou. Por isso, escreveu segunda-feira ao Procurador Geral da República recomendando celeridade na apuração das acusações, para não prejudicar a votação das medidas econômicas a cargo do Congresso. O presidente precisou voltar atrás, alertado para o fato de que as delações seguem em segredo de Justiça até que o Supremo Tribunal Federal se pronuncie sobre elas.

Mesmo assim, a indagação continua, porque alguém escorregou para a imprensa o vazamento  das delações. O governo imagina má-fé na divulgação, já que atingiu especialmente ministros e ex-ministros do PMDB. Mas não perde por esperar.

TOMAR CALMANTE – Seria bom Temer tomar um calmante, porque novos vazamentos virão, especialmente quando conhecidas as listas dos donos da empreiteira, pai e filho, envolvendo muito mais gente. Não haverá partido que escape, adiantando muito pouco o palácio do Planalto divulgação de supostas colaborações premiadas”. O que importa não é saber se a divulgação foi ilegítima, mas se as acusações são verdadeiras.

Parece que sim, na maior parte dos casos. Em Brasília e fora de Brasília cresce a impressão de que depois de o Supremo Tribunal Federal iniciar o julgamento de corruptos beneficiados com foro especial, ou de o juiz Sérgio Moro começar a julgar outros importantes cidadãos comuns, não haverá como o presidente evitar profunda reforma do ministério. Os “amigos” privilegiados ou não, devem começar a tratar de seu futuro. A oportunidade para Temer será promover ampla mudança, mandando passear políticos e convocando luminares. Depois de aprovadas as medidas econômicas será hora de selecionar os melhores em cada setor.

3 thoughts on “Temer precisa selecionar os melhores em cada setor

  1. QUENTINHA NO CENÁRIO TEMER: COM A DECISÃO DO TSE DE JULGAR A IMPUGNAÇÃO DA CHAPA DILMA/TEMER PARA 2017, TEREMOS INDIRETAS JÁ, PORQUE Caso o tribunal decida por cassar a chapa, devem ser feitas novas eleições. A Constituição Federal diz que, caso isso aconteça a partir do segundo ano de mandato, as eleições são indiretas e só votam parlamentares. V. http://www.conjur.com.br/2016-dez-13/relator-avisa-acoes-chapa-dilma-serao-julgados-2017

  2. Se o Temer promover ampla mudança, com certeza perderá o apoio da maioria dos parlamentares, por isso, ele está esperando, que cada um caia, sem a necessidade da sua intervenção.
    Se o Tribunal cassar a chapa Dilma/Temer, haverá eleições indiretas e com esse congresso, que aí está, vão eleger um igual ao Temer ou pior.
    Se a lava jato, não conseguir fazer uma limpeza ampla e geral, adeus ao futuro do Brasil, pelo menos a médio prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *