Temer quer acumular e se manter como presidente do PMDB

Helio Fernandes

Tem consultado juristas para saber se pode continuar como presidente do PMDB, mesmo depois de empossado como vice-presidente da República. Não recebeu resposta afirmativa.

Tem conversado muito com o advogado terapeuta, Marcio Thomaz Bastos, que lhe disse textualmente: “Ministro você pode ser”. Temer ficou satisfeito, sonha preencher um “ministério-problema” para Dilma.

Tem até meta-alvo: a Defesa. Como Nelson Jobim é do PMDB, mas sem aval do partido. Temer resolveria sua ambição e a dúvida de Dilma.

***

TEMER “ESCREVENDO” NA FOLHA

Assina o próprio nome, os jornais imitam a internet, não exigem indicação. E no texto, exibe total conhecimento da “menas verdade”.

Vejam só o que diz: “Quem não se conformar com as decisões tomadas em convenção nacional do PMDB, pode se desligar do partido, sem que este exija o mandato”. CONVENÇÃO NACIONAL? Ha!Ha!Ha!

***

DESPRESTÍGIO NA CÂMARA

Henrique Eduardo Alves e Claudio Vaccarezza lutam servilmente para substituir Michel Temer na presidência da Câmara. Um do PMDB, o outro do PT, são representativos de uma época ingrata e desvalorizada da vida pública.

Não têm o menor prestígio. Henrique Eduardo Alves, com 10 mandatos de deputado, nunca passou daí, seu cacife só dava para isso. Vaccarezza, ao contrário do que o nome sugere, quer andar rápido. Só que nem o partido o recomenda.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *