Toffoli manda soltar deputado preso na Operação Ararath, que responde a mais de 100 processos

Da Agência Brasil
O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, mandou soltar hoje (23) o deputado estadual José Riva (PSD-MT), preso na Operação Ararath, da Polícia Federal. O parlamentar foi preso terça-feira (20) e transferido para o Presídio da Papuda, no Distrito Federal. O alvará de soltura foi assinado pelo ministro.

O deputado é investigado na Operação Ararath, destinada a apurar crimes contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro. Em novembro de 2013, quando concluiu a primeira etapa da operação, a polícia informou que, desde o começo de 2011, vinha investigando empresas de factoring (fomento mercantil) e de outros segmentos, como uma rede de postos de combustíveis de Cuiabá.

Por meio de operações de empréstimo fraudulentas, as empresas lavavam dinheiro e fraudavam o sistema financeiro, movimentando mais de R$ 500 milhões de reais em seis anos. A base do esquema era uma empresa de Várzea Grande (MT) que encerrou suas atividades em 2012.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – O deputado responde a mais de uma centena de ações judiciais cíveis e criminais. A reportagem não diz qual foi a justificativa do ministro Dias Toffoli. Ou o texto está incompleto ou não houve nenhuma justificativa. (C.N.)

10 thoughts on “Toffoli manda soltar deputado preso na Operação Ararath, que responde a mais de 100 processos

  1. Caro CN, saudações.
    No total, agora, são 121 processos contra este senhor, que é simplesmente o presidente da Assembleia Legislativa do Estado.
    O Brasil vive ‘dias’ Toffolizados … Lewandówskizados … Zavaskizados … Barrosizados …
    Informação: o cara que disse que o crime não compensa acaba de meter mais uma bala na cabeça.

  2. Não sou jurista, mas pelo que ouvi na imprensa, a justificativa da defesa do deputado é que a lei só permite prisão de parlamentares em flagrante delito ou após julgamento condenatório. Isto que embasou a decisão do Juiz em relaxar a prisão. O deputado tem direito de aguardar apreciação do caso pela justiça em liberdade.

  3. O STF deveria ser uma exemplo para os demais órgãos jurisdicionais. Contudo, é uma VERGONHA! É o exemplo perverso de que o Brasil ainda está longe de dar certo. Trocando de assunto, escutei dizer que o salário (subsídio) dos Ministros do STF vai aumentar para algo em torno de R$ 40.000,00 (55 salários mínimos!). Estaremos no caminho certo quando o maior salário e o menor estiverem mais próximos.

  4. Senhores, Tofora (da Dignidade), esperar dele o que, está a serviço da canalhada, e dela faz parte, o cara foi reprovado duas vezes para a 1ª instância, ligadíssimo ao PT- Governo e camarilha, quando o Barbosa sair, a suprema passará a ser a mínima, e aí, que DEUS nos acuda!!!
    Será que o Cidadão- Contribuinte – Eleitor – vai mostrar sua indignação, de ser palhaço, idiota e imbecil em 05/10/14, NÃO REELEGENDO, NÃO VOTANDO NOS QUE PARTICIPARAM DOS GOVERNOS, EM FIM, VOTANDO COM CONSCIÊNCIA E DIGNIDADE, ALIÁS ESTÁ DIFÍCIL, A PROPAGANDA DOS PARTIDOS NA TV, EMBRULHAM O ESTÔMAGO.
    Continuaremos a dar quase 6 meses de nossos salários, fruto do suor e lágrimas, para o governo, que nos dá em troca o “CAOS” na Educação, na Saúde, na Segurança, no Transporte, elementos básicos da CIDADANIA, ou vamos fazer à faxina!?!??
    O trabalhador vive na escravatura disfarçada, o governo é a “GRANDE SANGUESSUGA”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *