Toffoli vai ou não vai explicar a mesada de R$ 100 mil da sua mulher?

Resultado de imagem para toffoli

Silêncio de Dias Toffoli é constrangedor e revelador

Carlos Newton

Como dizia o grande humorista Paulo Silvino, “perguntar não ofende”. Então, o povo quer saber se o criativo ministro Dias Tofolli, inventor da tese da plausibilidade da inocência de José Dirceu, vai ou não vai explicar por que recebe uma mesada de R$ 100 mil mensais de sua mulher, a advogada Roberta Maria Rangel.

A edição desta semana da revista digital Crusoé denuncia que os repasses de R$ 100 mil ao ministro do Supremo Tribunal Federal saem de uma conta de Roberta no banco Itaú, com destino a outra mantida em nome do casal no banco Mercantil do Brasil.

Os repasses, de acordo com a publicação, foram realizados ao menos desde 2015 e somam R$ 4,5 milhões. Dos R$ 100 mil mensais depositados pela mulher de Toffoli, diz a revista, metade (R$ 50 mil) é transferida para a ex-mulher do ministro, Mônica Ortega, e o restante é utilizado para custear suas despesas pessoais. Ainda segundo a reportagem, a conta é operada por um funcionário do gabinete de Toffoli.

IMPEACHMENT – No linguajar policial, a existência desta conta é tipo “batom na cueca”, não existe possibilidade de defesa. Por isso, a mesada pode motivar um pedido de impeachment do ministro, que jamais deveria ter sido nomeado para o Supremo, pois não tinha notório saber e agora não tem reputação ilibada.

Não é o primeiro ato pouco republicano de Toffoli, que há alguns anos aceitou a reforma de sua casa pela empreiteira OAS, segundo revelou o ex-presidente da empresa, Léo Pinheiro.

Na reportagem, a revista digital Crusoé revelou que, em 2015, a área técnica do Mercantil encontrou indícios de lavagem de dinheiro nas transações efetuadas na conta do ministro, mas a diretoria do banco ordenou que as informações não fossem encaminhadas para o Coaf, órgão de inteligência financeira do Brasil. Todos os bancos são obrigados a comunicar ao Coaf transações suspeitas de lavagem de dinheiro, mas como se tratava de um ministro do Supremo, deixaram para lá…

49 thoughts on “Toffoli vai ou não vai explicar a mesada de R$ 100 mil da sua mulher?

  1. Cheira a algo parecido com aquele “aporte” que a Mendes Júnior fazia para colaborar com a criação de uma menininha tida fora do casamento por Renan.

    • Uai, por que a crítica á digníssima esposa do Tofôfo. O filho do Lula enricou e foi até chamado de Ronaldinho das finanças; a mulé do Cabrau tinha um iscritório de adivogacia. Por que não criticam o Neymar que só vive caindo no campo?

      • Não critiquei a mantenedora da ex do marido, embora ache muito peculiar uma mulher dar de seu trabalho, para um vidão assim para a antecessora. Natural seria ele pagar a pensão e ela, a atual, manter o padrão de vida do casal. Pelo que diz a reportagem, além de pensão à ex, ainda dá mimos ao feio e de má aparência marido. Talvez o sr Sapo não se lembre do affair Renan X Mônica Velloso X Mendes Júnior.

  2. Se um simples contribuinte comprar um Chevette caído e não declarar à Receita Federal, vai ser intimado, levar dedo na cara e será processado.

    Já o grande jurista Dias Toffoli (que nunca escreveu um só livro de direito), levou 2 paus no concurso para juiz estadual e não tem nenhum curso além da graduação nas coxas, pode tudo e muito mais.

    Com mega poderes, intocável, cercado de colegas do mesmo naipe, mexa com ele e estará frito.

    • “Chevette caído”, só, não!
      Entendeu?
      Erre, errO mesmo, sua DIRPF em R$ 300,00 (sei de caso verídico),
      e a ”’sóbria” Receita Federal virá ‘de pau’ em cima de você, no seu encalço !!! !!! !!!

  3. Não. Tofoli não vai se explicar. Ele é um dos “donos do estado” e não precisa dar explicações das suas mutretas a ninguém.

  4. Nos últimos anos a radicalização da sociedade brasileira inviabilizou qualquer pacto social, pacificação ou conciliação política.

    É como se quem tivesse iniciado esse processo, não tenha tido a clareza de sua dimensão.

    Percebemos isso pelas declarações da mídia aterrorizada, que amplificou tudo isso e também por autoridades da República que participaram desse processo e estão assustadas com os acontecimento dos últimos meses e o que está por vir.

    Está claro que chegamos no Brasil a um ponto crítico em que não haverá solução pela política, no sentido do que já houve no passado, pois não existe conciliação nem pacificação, principalmente pela situação econômica que não tem condições de ser revertida pelo menos no contexto ultraliberal em que vivemos.

    Não se trata aqui de previsões simplesmente pessimistas. O Brasil faz parte de um projeto de retomada pela direita subordinada às grandes corporações transnacionais, que está acontecendo em vários países da América Latina. Os países que não se subordinaram a essa política como Nicarágua e Venezuela – e não se trata aqui de apoiar ditaduras – estão sob forte ataque.

    Portanto, ao que essa radicalização levará o Brasil?

    Regressão social e econômica em níveis nunca vistos em nossa História.

    Isso conduz à barbárie e à repressão e criminalização dos movimentos sociais.

    Qualquer avaliação sobre o futuro com base na situação em que vivemos está no campo da especulação, mas considerando a continuidade da crise econômica e até mesmo o seu aprofundamento, temos um futuro muito preocupante.

    • Cidadão brasileiro,
      ce ta tomando cachaça estragada, (“retomada pela direita subordinada às grandes corporações transnacionais, que está acontecendo em vários países da América Latina) tu tem devaneios, não vive no continente latino americano.

    • Cidadão brasileiro, sua análise faz sentido quando a realidade é observada do ponto de vista material, onde o egoísmo permeia todos os atos humanos e não é avaliado, sequer cogitado, nas análises superficiais da mídia e nas atitudes da nossa sociedade. Sociedade esta mal educada, cujas instituições humanas servem unicamente para entreter e exitar o egoísmo em vez de procurar trabalhar para eliminá-lo – tendo consciência de que “nenhuma empresa subsistirá se ela não for fundada sob a rocha da ética e da moral” (Allan Kardec, pseudônimo de Hippolyte Léon Denizard Rivail, educador, autor e tradutor francês, notabilizou-se como codificador do espiritismo). Isto só será possível quando se admitir que na realidade somos seres espirituais, caminhando para nos tornarmos melhores nessa escola na qual estamos aprendendo, o mundo terreno. Isto nada tem a ver com religião, mas com o sentido da vida, que não é material, mas espiritual, não cessa, e para torná-lo mais justo, mais caridoso e mais amoroso é preciso que seus habitantes estejam interessados em polir-se moralmente, entendendo que quanto melhor fizerem as tarefas que lhes cabe fazer, melhor será o entorno onde vivem (família, trabalho, amigos etc), ato contínuo o próprio mundo que habitam. Sem esta consciência a caminhada é aos trancos e barrancos, marcada pelas adversidades, pelos conflitos de toda ordem e pelo pessimismo. Repito: isto nada tem a ver com religião, mas com o verdadeiro sentido da vida. Como se certificar disso? A maneira mais simples é olhando em volta, a Natureza, ali tudo funciona perfeitamente, uma árvore não deseja ser uma pedra e vice versa e tudo está em perfeita harmonia, cada um cumpre sua função. O mundo dos homens deveria observar mais o que o cerca e desviar-se daquilo que nada lhe acrescenta, exceto materialmente. Para entender a vida é preciso entender a morte e vice versa. Mas quem se importa…(como diz nosso editor Carlos Newton).

    • É piada de mau gosto falar em pacto social se na fritada dos ovos quem toma no ……. é sempre o pobre trabalhador.Isso não é só no Brasil,pode se ver o caso da Venezuela , Nicarágua e muitos outros países governados por pessoas sem o menor conhecimento da justa causa.Como diria o personagem de Chico Anysio ” o que eu quero é me arrumar,o povo que se f……..”

    • Impressionante, um texto todo pomposo para escrever as mesmas hipocrisias e mentiras de sempre. A esquerdas nunca são culpadas de nada, todos os desastres dos governos socialistas e assemelhados são sempre culpa dos outros, da imprensa que não permite lhes permite roubar em paz, do povo que não aceita ser escravizado, da economia mundial que não se adequa a suas loucuras… a culpa é sempre da CIA, do capital internacional, da justiça, da mídia, do povo, da democracia… essas coisa chatas que vivem atrapalhando os ditadores comunistas de criarem o paraíso na Terra.

  5. Perguntas:
    Se este dinheiro que Toffoli recebe for comprovado que é ilícito suas sentenças serão anuladas?
    Toffoli corre o risco de impeachment para ser desalojado do STF ou a presidente da Casa pode demiti-lo a bem do serviço público?
    Não seria que, em razão de um dia ser flagrado em ato desonesto – o recebimento desse dinheiro mensal -, o ministro agia sempre de forma tendenciosa, parcial e política?
    Este assunto seguirá em frente ou apenas foi noticiado e fim?!

    • Antes de vir ao conhecimento do público essa história da mesada, já estávamos assinando petição online para que ele não assuma a presidência do STF, por absoluta falta de condições. Já são 300 mil as assinaturas. A iniciativa é, como sempre, do professor Modesto Carvalhosa. Quanto a essa mesadinha tão humilde, seria preciso autorização para a PF investigar. Quem daria, o próprio STF, ou o Senado? Então, caro sr Bendl, vai ficar por isso mesmo.

      • Mara, minha prezada colega de blog,

        Acho que tens razão.

        Senado e o STF não autorizarão que Toffoli seja investigado, logo, as estrepolias do ministro vão ficar por isso mesmo, conforme escreveste e muito bem!

        Abraços.

    • Pedro Rios,
      lembres-se das palavras do GRANDE Charles De Gaulle; aliás,deturpadas:
      ”’o Brasil não é um país sério”’.

      na verdade, o IMENSO De Gaulle disse que
      ”o Brasil não vale a cagada de uma pata”,
      o que é até constrangedor.

      • A. luís,

        Faz tempo que leio neste blog que alguns colegas nossos insistem em aludir a De Gaulle a frase que registraste, de que não somos um país sério.

        Ledo engano.

        O autor da frase é o diplomata brasileiro Carlos Alves de Souza Filho, embaixador do Brasil na França entre 1956 e
        1964, genro do presidente Artur Bernardes.

        Rolava o ano de 1962 e o contencioso entre o Brasil e França, conhecido como a Guerra da Lagosta – conflito em que, tal qual a famosa Batalha de Itararé, não se disparou um tiro nem rolou uma gota de sangue.

        O casus belli girava
        em torno da captura de lagostas por parte de embarcações de pesca francesas, em águas territoriais brasileiras, mais precisamente no litoral de Pernambuco.

        Alertado por pescadores brasileiros, a notícia chegou até o
        terceiro andar do Palácio do Planalto.

        O presidente João Goulart após reunião do Conselho de Segurança Nacional, mandou despachar para a região um formidável – se considerado o tamanho da ameaça – contingente da Esquadra
        Nacional, apoiado pela Força Aérea Brasileira.

        De Gaulle, por sua vez, convocou o embaixador brasileiro para uma conversa no Palácio do Eliseu, sede do governo francês.

        Detalhe: O episódio serviu para a imprensa francesa lançar um desses debates que embalam a França. A lagosta anda ou nada? Caso nadasse poder-se-ia considerar que estava em águas internacionais; caso andasse, estaria em território brasileiro, uma vez que se admitia à época que o fundo do mar pertencia ao Brasil.

        No debate diplomático, a tese francesa, naturalmente, sustentava que a lagosta nadava. Sem contato com o leito oceânico, poderia ser considerada como peixe. Portanto passível de ser pescada legalmente pelos franceses.

        O almirante Paulo Moreira da Silva, especialista da Marinha contrapôs os franceses com um argumento singelo: Se a lagosta fosse
        considerada peixe quando dá seus “pulos” se afastando do fundo submarino, então teria, da mesma maneira, que ser acatada a premissa do canguru ser uma ave, quando dá seus “saltos”.

        Quanto a De Gaulle ser GRANDE (sic), espero que tenhas te referido à sua altura, evidentemente, pois como general e presidente da França foi um verdadeiro fiasco!!!

        Abraços.

        • Quanto à segunda declaração de De gaulle, que não valemos uma cagada de pata (sic), o “IMENSO” general foi um dos símbolos da covardia francesa durante a Segunda Guerra Mundial!

          Fugiu para a Inglaterra em 40 e, de lá, sem enfrentar um soldado alemão que fosse, “chefiava” a resistência francesa!

          Durante os preparativos do Dia D, cujo desembarque seria na Normandia, território francês, o chefe da operação era Eisenhower, comandante das Tropas do Ocidente.

          Pois o esperto e grandalhão general quis ser o chefe do desembarque, pois seria no seu país!

          E insistia que não permitiria a operação se a sua vontade não fosse atendida.

          Churchill, encheu o saco e lhe disse:
          – Continua nos aborrecendo com este teu capricho que, após a guerra, o teu país será dividido entre os aliados!

          Outra do imbecil, maldoso e mau caráter francês:
          Durante a Segunda Guerra, a Indochina (Laos, Camboja, Vietnã, Tailândia) era colônia francesa.

          Os japoneses ocuparam o Sudeste asiático, e toda a produção de arroz, o búfalo que arava os campos para este cereal foram confiscados pelos nipônicos.

          Os vietcongues morriam de fome, de doenças, maltratados.

          De Gaulle sugeriu que os povos que compunham a Indochina ajudassem no combate ás forças imperiais japonesas, que teriam a sua independência quando a guerra acabasse!

          O pessoal ajudou, os japoneses foram expulsos, as duas bombas atômicas colocaram uma pá de cal na expansão territorial que desejava o Japão, sob as ordens do Primeiro-Ministro Tojo.

          Ah, claro que De Gaulle não honrou a sua palavra, e Ho Chi Min, o grande líder vietcongue, decide que o seu país seria comunista, que lutaria contra o capitalismo e os franceses.

          E chama para ser seu general, simplesmente aquele que seria o melhor militar do século passado em estratégia e tática, Võ Nguyên Giáp!

          O minúsculo general derrotaria os franceses em 54, na Batalha de Dien Bien Phu, humilhantemente, encerrando o domínio colonial no pais com a divisão do Vietnã do Sul e do Norte, e venceriam também os americanos na unificação do Vietnã e implantação do comunismo!

          Bom, mas eu falava do safado do De Gaulle.
          Pois bem, vendo-se derrotado pelos vietcongues, o francês sem qualquer pudor, exige de Eisenhower que este o ajudasse contra a resistência da Indochina, caso contrário SE LIGARIA AOS COMUNISTAS!!!

          Este é o De Gaulle, um falso mito, assim como Zé Dirceu, uma mentira como guerrilheiro!

  6. Eu percebo uma coisa que a maioria das pessoas não tem a menor clareza do que está acontecendo. Acham que os problemas do Brasil são causados apenas por fatores internos. Não entendem que tudo isso está interligado em um plano de recolonização imperialista, com ajuda dos políticos corruptos e das elites nacionais.

    Realmente, a mídia conseguiu o que queria, cegar a sociedade brasileira.

    Cada um que procure a verdade.

    • O problema não está nos “outros” e muito menos num plano de recolonização imperialista. O problema do Brasil está na corrupção desenfreada do sistema político principalmente após o PT ter tomado o poder.

      • Ou o cidadão brasileiro é um teleguiado canhoto ou um lunático perfeito, mesmo que sua “visão clara” esteja certa uma conspiração imperialista, cabe ao brasileiro de bem eleger um PATRIOTA de verdade para nos livrar dos imperialistas malvados, pois só o povo que quer que se torna escravo, estamos nos libertando de lula e seus compassas não seremos escravos de ninguém, com Patriotas no comando estratégico da nação iremos nos libertar de todos os lesa-pátria e seremos uma nação de valores.
        Por esses e por outros otários baba ovo do lula que vou votar no BOLSONARO E VOU FAZER CAMPANHA DE GRAÇA
        Não haverá segundo turno

        • Não sou nem uma coisa nem outra. Não quero o PT de volta nem qualquer candidato de esquerda.

          Mas, será que o Bolsonaro conseguirá fazer alguma coisa com um Congresso corrompido?

          Sendo presidente, ele vai ter que agir com força para impedir forças poderosas, principalmente os derrotados que vão querer seu impeachment.

          Pelo menos uma coisa eu sei, ele é o candidato mais corajoso dentre os que se apresentam e não tem papas na língua para falar o que é preciso.

          • Não tenha esse medo, pois até a anta com todas as forças em ataque teve seu devido e justo tratamento o que mudaria de hoje para manhã, e se é de seu interesse real a mudança e como vc disse sendo presidente sozinho não adianta, então procure candidatos isentos e realmente patriotas, não ligados em militarismo não, candidatos que sejam preocupados com o destino de nosso pais mesmo que ex militares .
            Eu vou votar no Bolsonaro sim de pirraça, e não estou eu aqui querendo que vc vote nesse ou naquele, reflita a conjuntura e decida.
            Quanto a fazer alguma coisa sozinho Bolsonaro já disse não farei nada sozinho tudo vai depender do congresso.
            Quanto a pedir impitimam, não é proibido pedir a dilma mesmo teve 35 pedidos, mas para pedir tem de ter motivos e provas de crime, crime que o Bolsonaro ainda não cometeu, e se cometer , sim tem de ser punido, não tenho bandido de estimação se errar que pague, exemplo gosto do ex-governador de Minas que está preso fez um bom governo, errou que pague, a lei tem de ser para todos,
            Quanto a minha rispides em comentarios é que realmente já estou de saco cheio de tanta manobra e esquiva de pilantras para não pagarem por seu crimes, fingindo-se de santo.

  7. -Prezado Cidadão…, a saída da Dilma e a prisão do Lula também não acabaram com a corrupção no país, mas foram importantes por abrirem precedentes!

    -O Bolsonaro não poderá acabar com a corrupção no Brasil, pois ele não é um deus para estar em todos os lugares ao mesmo tempo e supervisionar todas as negociações partidárias, mas a sua eleição irá tumultuar os esquemas já efetivados, já que todos os atuais CORRUPTOS estão contra ele.

    -Aproveito para dizer que não sei se o Bolsonaro é honesto ou é bandido, nem ponho a mão no fogo por ele ou por ninguém no que diz respeito à honestidade. Mas como OS MAIORES BANDIDOS DESTE PAÍS estão contra ele, suponho, por exclusão, que ele seja honesto, pois cada ovelha procura a sua parelha, conforme tem mostrado os atuais acordos partidários.

    Abraços.

    • ora, por isso, não.

      Plagiando e adaptando RUI, o grande:
      “O bom ladrão salvou-se. Mas não há salvação para o ministro corruPTo.”

  8. A presunção de inocência anula a “plausibilidade” do indivíduo ser culpado? O acusado só sera declarado culpado, após todo o processo ter transitado em julgado, isto lá pra depois de uns 20 anos, se não haver prescrição antes.
    A lei brasileira alem de ser frouxa e direcionada para amparar bandidos, ainda acoita ministros como o Tóffoli, dados a fazer interpretações escalafobéticas, visando proteger seus antigos protetores.
    É aquele velho ditado, uma mão lava a outra, e as duas, lavam o rosto.
    Agora, pra quem não tem vergonha na cara, não haverá água e sabão que limparão a cara desavergonhada de certos homens públicos, que trocaram a sua honra, se é que algum dia tiveram, por um cargo público, com a obrigação de acolher as ordens de seus senhores.
    Quem muito se abaixa, o c. aparece. Parece que é o que esta acontecendo com o indivíduo em questão.

  9. Eu tenho muita força de vontade, mas tá difícil vencer na vida. Disseram que ser juiz do STF não é difícil. Mas é preciso ter diproma de adivogadu, prestar concurso pra juiz – tentar, não precisa passar no concurso, e puxar saco de bandido. Se depois eu casá com uma adivogada boa que trabalhi no STJ ou coisa semelhante ajuda muito no rendimento mensal. Vou partir para a luta!

  10. Tão combatido aqui na Tribuna da Internet, o site O ANTAGONISTA através da Revista Crusoé presta com excelente jornalismo investigativo mais um serviço à nação brasileira.

  11. E aí Dra. Carmen, ninguém precisa desmoralizar ou atacar o STF, são autofágicos entre sí ??? Sabendo de suas origens, eles mesmo é quem se atacam e dilaceram o que resta da moralidade da Justiça e Democracia no Brasil ,e, “ardentemente defendem, apoiam e procrastinam as punições aos seus amigos íntimos, iguais e membros familiares ,partidários e ideológicos deles ” !!!! Traduzindo, eles já não representam as Leis, o Brasil e o Povo Brasileiro nesses instantes cruciais de vida nacional. Se tiverem vergonha na cara renunciam, garanto que dói menos ter que sair algemado e togado daquela “Casa da Constituição” , a Nação e os Homens de Bem clamam por isso !!!!!!!

  12. Eu também achava, mas li uma matéria biográfica sobre Paulo Silvino atribuindo o bordão a ele. Pesquise no Google Paulo Silvino + perguntar não ofende.

    Abs.

    CN

  13. “”” … não tinha notório saber e agora não tem reputação ilibada. “””
    sr. Carlos Newton, por obséquio, informe QUANDO o distinto, em sua sua vida pública, TEVE reputação ilibada. É favor, sim?

    O F.A.T.O ESTÁ no Domínio Público !!!
    e fica por isso mesmo ???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *