Tolerância zero e linchamento na internet

Carina Vitral, presidente da UNE, abraça Serra

Bernardo Mello Franco

Na segunda-feira (dia 8), o tucano José Serra gravou depoimento para um documentário que contará a história da União Nacional dos Estudantes. Após a filmagem, ele tirou uma foto abraçado à atual presidente da entidade, que é filiada ao PC do B. A equipe do senador postou a imagem no Facebook com uma legenda amistosa. Em poucos minutos, a página foi tomada por uma torrente de mensagens enfezadas.

“Que decepção, senador Serra. Este seu ex-eleitor se sente apunhalado”, esbravejou um seguidor, cujo comentário recebeu mais de 2.000 curtidas. “Se ainda restar qualquer resquício de vergonha na sua cara, se retrate”, cobrou outro indignado.

“COMUNISTA” – “Receber militantes de extrema-esquerda que defendem a ditadura de Maduro?”, irritou-se mais um leitor. “Provando que sempre foi comunista”, sentenciou a líder de um movimento pró-impeachment que hoje flerta com o deputado Jair Bolsonaro.

Horas depois, a revolta chegou ao outro lado do espectro ideológico. Simpatizantes da presidente da UNE, Carina Vitral, passaram a repreendê-la por ter conversado com Serra. O tucano ocupava o cargo dela quando os militares deram o golpe de 1964.

A grita foi tamanha que a estudante precisou se explicar nas redes. Ela argumentou que o tucano teve papel importante na história do movimento estudantil. “Em tempos de valorização dos extremos, sei que é difícil para alguns entenderem que esse diálogo possa ocorrer”, escreveu.

MAIS ATAQUES – Mesmo assim, os ataques continuaram. “Não pactuo ideais com quem abraça inimigos golpistas”, protestou um seguidor. “Deu nojo!”, exclamou outra leitora, que acrescentou a foto de um bonequinho vomitando.

O linchamento virtual é mais um retrato da intolerância que bloqueia o debate político nas redes. Na terça (dia 9), Serra e Carina ainda pareciam atônitos com a agressividade despertada pela foto. “Essa patrulha já virou uma aberração”, me disse a jovem militante. “É muito palavrão. Isso não existia…”, lamentou Serra.

19 thoughts on “Tolerância zero e linchamento na internet

  1. 1) Agora o meu depoimento pessoal:

    2) Os camaradas Serra e Carina estão certos: nada como um bom diálogo.

    3) Em tempo: Carina é um nome que vem vem da língua páli, o idioma que Buda falava no século VI antes de Cristo, a origem do termo é Karuna, que significa “Compaixão.

    4) O mundo precisa de Compaixão para a sobrevivência da espécie humana.

  2. Quem criou esse clima de antagonismo e intolerância no seio da sociedade brasileira? No meu entendimento o PT que seguiu e segue a risca a máxima de Maquiavel “Dividir para governar”.

    • Atribuir a um único partido ou grupo político a responsabilidade pelo clima de intolerância é uma das formas de gerar mais ainda intolerância.

      • Quando ao menos um petista assumir que o Lulla é o maior ladrão da história brasileira, então já poderíamos começar a conversar. Mas, pelo menos, um petista que se manifeste contra a corrupção no Brasil , seria um bom começo.

  3. Será que estão me ouvindo mesmo ? Há controvérsia. OLHA OS TUCANO$ BONS DE BICO, AI GENTE, à moda lobos, perdem o pêlo mas não perdem o vício. “A POLÍTICA PRECISA MUDAR, E TODOS SABEMOS DISSO. MAS COMO FAZER AS MUDANÇAS, É A GRANDE QUESTÃO.” E assim, desse jeitin-luso-tupiniquim-minerin, lá vem os camaleões, dissimulados, de novo, na versão tucano$, tentando se adaptar ao novo ambiente político temporal já alojado no imaginário de grande parte da população que ainda sonha e luta por mudanças de verdade no Brasil, sérias, estruturais e profundas, capazes de descortinar a boa política de verdade, com P maiúsculo, e a boa Democracia, com D tb maiúsculo, que, no Brasil, há 127 anos, encontram-se apequenadas e sequestradas pelo partidarismo-eleitoral, o golpismo-ditatorial e seus tentáculos, velhaco$, inclusive os midiáticos, publicitários, marqueteiro$ (Duda-Santana-Cia), jornalísticos, etc e tal, que perfazem a plutocracia nacional com jeitão de cleptocracia e ares fétidos de bandidocracia, e, por conseguinte, a república 171, que, na verdade, de fato, faz todos e todas sacos da mesma farinha apodrecida, do $istema apodrecido, com prazo de validade vencido há muito tempo, que são, pois, o grande objeto conjuntural da grande mudança que se faz necessária, inevitável e inadiável, a esta altura do campeonato do mais dos me$mo$, para que possamos chegar de fato ao novo de verdade, com N tb maiúsculo, e não apenas a mais engodos epidérmicos novos-velhos tipo Collor, Dória, Huck, etc. e tal, como tem registrado e cogitado a nossa infeliz história política repleta de erros, na qual sempre cabe mais 171 a cada nova eleição ou golpe, que ainda não serviram para ajudar os pseudos políticos a fazerem a coisa certa, que, ao que parece, nunca farão sob a égide do $istema político podre, não obstante séculos errático$. Daí, vem o grão tucano-mestre, FHC, já na mesma faixa etária Matusalém de Sarney, Lobão, Barbalho e Cia (isso sem falar de ACMs, etc e tal, entre outros, que até já morreram de velhos agarrados às tetas da viúva), e faz as seguintes indagações: “Você já percebeu que daqui a cinco anos o Brasil vai comemorar 200 anos de Independência?”, “Já pensou se nesse dia você não precisasse votar contra alguém, mas a favor de alguém. Votar não com resignação, mas com esperança. Para esse dia chegar, é preciso passar o Brasil a limpo. E aprender com os erros…” Então tá. Já, já pensamos sim, FHC, aliás já estamos pensando há muito tempo em Democracia Direta Já, com Meritocracia Eleitoral, em não precisar votar em candidatos impostos pelo partidarismo-eleitoral, o golpismo-ditatorial e seus tentáculos velhaco$, e muito menos no $istema político podre, mas vocês não ouvem os nossos gritos nas ruas do Brasil, desde Junho de 2013. Você$ do $istema podre, não param de nos mentir, enganar, impor os seus engodos e nos obrigar a votar sempre no velho continuísmo da mesmice do $istema político podre, há 127 anos. Então a nossa vontade é não votar em mais ninguém do velho $istema que já morreu e que precisa dar lugar ao Novo que urge estabelecer-se. DEMOCRACIA DIRETA JÁ. Simples assim. Que tal o PSDB denunciar ao MPF o novo esquemão do Jurão que está na praça há mais de 1 ano sugando todo o dinheiro da população sequestrado por banqueiros, agiotas, empresários bandidos e afins, que viraram os donos da nação, com o qual irão eleger em 2018, de novo, a mesma e velha esculhambação, mantendo o povo na submissão ao dito cujo congressão bandidão. Basta. Chega dos me$mo$. Democracia Direta Já. Cansamos de tanta enganação. https://www.youtube.com/watch?v=Rev4XuXwayM&feature=player_embedded

  4. Todo homem público é e sempre será julgado pelo que faz, seja na sua vida pública ou na privada(ep a!). Isso pra não falar no antigo adágio: díze-me com quem andas…

  5. Ideológica no Brasil é apenas uma palavra do nosso dicionários , neste pais , o ideais são somente jogos de interesses e oportunismo.

  6. Na verdade, o autor do artigo prega que PRECISAMOS MANTER A TOLERÂNCIA para não sermos desagradáveis, inconvenientes e politicamente incorretos. Não podemos fazer barraco. Ele quer que, mesmo esfomeados e sedentos por JUSTIÇA, devemos, calmamente, usar e diferenciar o talher para peixe do talher para carne, por isso…

    -Precisamos manter a tolerância com o demora nas filas dos hospitais…
    -Precisamos manter a tolerância com as estradas esburacadas…
    -Precisamos manter a tolerância com os traficantes e estupradores…
    -Precisamos manter a tolerância com os maiores impostos do mundo…
    -Precisamos manter a intolerância com uma das piores educação do mundo…
    -Precisamos manter a tolerância com os assaltos nos sinais vermelhos, praticados por bandidos e por agentes públicos…
    -Precisamos manter a tolerância com as quadrilhas que nos governam…
    -Precisamos manter a tolerância com os que nos conduziram para o atual buraco econômico e social…

    Enfim, nós precisamos manter a tolerância com os QUE HOJE CIRCULAM NOS GABINETES e entre nós e que MANTÊM POSTAGENS NA INTERNET simplesmente porque os seus cúmplices no Supremo lhes garantiram e lhes garantem a impunidade e a liberdade, assim como precisamos manter o ETERNO SORRISO de boi castrado nos lábios, simplesmente para que possamos ser chamados de O POVO mais SIMPÁTICO do mundo…

  7. O Serra simplesmente pisou na bola e os amigos tentam defendê-lo. A presidenta (?) da UNE, como todos os últimos presidentes da entidade é mais um (?) que gosta de mordomia, pouco estudo e nada de trabalho. E, quem tem sistematicamente defendido assassinos e bandidos no Brasil e nos outros países não è uma pessoa a quem se deva respeito. E, na posição do Serra, fazer apologia ao crime não é uma boa forma de fazer política.

  8. A atual UJS (União da Juventude Socialista) não acho que se diferencia muito de quando foi fundada nacionalmente no ano de 1985, aqui em Curitiba, num evento do qual participei e foi coordenado por Aldo Rebelo, ministro da Defesa do Governo Dilma.

    Até o ano anterior, em 1984, eu presidia a União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES) e a tendência Viração que vinha aliada de três gestões (duas sob minha liderança), sem mas nem menos rompeu a parceria e nunca mais nos entendidos (o último Congresso vencemos por 26 votos com cabeça do então secretário-geral Élio Rezende de Oliveira de linha brizolista em composição com PMDB, contra duas chapas lideradas uma pelo PCdoB e outra pelo PT, que se uniram à última hora).

    A atual senadora Gleisi Hoffmann pertencia à Viração (PCdoB) e exerceu papel central na parceria que havíamos estabelecido, sendo presidente da União Metropolitana dos Estudantes de Curitiba (UMESC).

  9. Boa tarde ilustres ,leitores(as).

    Em suma ,o senhor Jose Serra ex- presidente da UNIÃO NACIONAL DOS ESTUDANTES- UNE de sua época (foi senador, ministro, governador e prefeito,deputado) revelou-se na dita pós- ditadura MILITAR , um verdadeiro, LADRÃO ,CRIMINOSO e LESA-PATRIA ,juntamente com seus comparsas e alguns membros de sua própria família , isso e publico e notório.

  10. um verdadeiro, LADRÃO ,CRIMINOSO e LESA-PATRIA ,juntamente com seus comparsas e alguns membros de sua própria família , isso e publico e notório.

    Perfeito..””
    Que o diga os milhões de trabalhadores que andam em “latas de sardinhas” esprimidos todos os dias porque as Linhas de Metrô prometidas pelos tucanalhas nestes mais de 30 anos o dinheiro está todo na Suiça…
    A propósito, segundo o Emilio Odrebrejo, bilhões foram depositados nas contas do Zé Vampiro Suiço…
    Como sempre digo, onde tem Bilhão tem Tucaladrão……

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *