TRE mineiro rejeita ação eleitoral contra Fernando Pimentel

André Richter
Agência Brasil

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais rejeitou ação de investigação eleitoral contra o governador do estado, Fernando Pimentel, por abuso de poder político. A ação foi protocolada pela Coligação Todos por Minas, do candidato derrotado nas eleições de 2014, Pimenta da Veiga (PSDB).

No processo, o governador e dirigentes dos Correios foram acusados de usar indevidamente a estrutura da estatal para favorecer a campanha do PT, partido de Pimentel, e prejudicar a candidatura de Pimenta da Veiga. Por unanimidade, os desembargadores entenderam não ficou comprovado o suposto abuso de poder econômico.

A decisão da Justiça Eleitoral favorece também o vice-governador Antônio Andrade, o deputado estadual Durval Ângelo, o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira,  e o diretor regional da estatal em Minas, José Pedro de Amengol Filho.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGPimentel deu uma respirada, mas ainda não se livrou das investigações sobre corrupção, apimentadas pela participação de sua nova, jovem e bela mulher, Carolina Oliveira, que ele mandou contratar no BNDES com salário superior a 20 mil reais, quando era ministro de Desenvolvimento e detinha o controle do banco estatal presidido por Luciano Coutinho. Como se dizia antigamente, o amor é lindo. E perigoso, podemos acrescentar. (C.N.)

One thought on “TRE mineiro rejeita ação eleitoral contra Fernando Pimentel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *