Três poemas de Natal, na criação de Paulo Peres

Resultado de imagem para espirito de natalCarlos Newton

O advogado, jornalista, analista judiciário aposentado do Tribunal de Justiça (RJ), compositor e poeta carioca Paulo Roberto Peres inspirou-se no Natal para escrever estes três poemas.

###
PARABÉNS, JESUS CRISTO!

Parabéns, Jesus Cristo,
Hoje é o seu aniversário!
Estamos felizes,
Embora façamos do cotidiano
Um Natal de sua sabedoria,
Pois os seus dogmas
São a Lei maior deste Universo.

Todavia, neste dia, especialmente,
Queremos presenteá-lo
Através de orações,
De canções e de reflexões.
Mestre, faça sua festa
Em nossos corações,
Abençoe e ilumine esta noite,
Onde o vinho, o pão e a fé
Sejam uma dádiva
Aos famintos e injustiçados.

Sinto-me gratificado
Em fazer do seu aniversário
O maior acontecimento da História
E nele desejar a todos
Um Feliz Natal!

###
PAPAI NOEL

A lavagem cerebral
Do governo mundial
Substitui no Natal
Cristo por Papai Noel.

Comando inverso papel
De renas puxando trenó
Sobre a neve brasileira
Qual estórias da vovó.

Papai Noel na trincheira
Do capitalismo selvagem
Ilude com sua imagem
O cotidiano da criança.

Seja criança rica, seja criança pobre
Traz um sonho sempre nobre
Que Papai Noel não atenua
Quando é criança de rua.

Criança que dorme nos braços da lua,
Nos bancos das praças ou sob marquises
Com fome, com frio, do crime aprendizes,
Eivadas de medo, de drogas, de suicidas
Estatísticas nas elites esquecidas.

Crianças “crianças” nas brincadeiras,
Nas fantasias aventureiras
Do brinquedo improvisar
Esperando o Natal chegar.

O Papai Noel, como princípio,
Cujo enfeite sempre foi visto,
No lixo ontem joguei.

Armei um humilde presépio
E na bênção de Jesus Cristo
O Natal festejarei!..

###
POEMA DE NATAL

Amigo,
como é gratificante
saber que você existe
e temos os mesmos ideais,
mormente, no que concerne ao
Natal,
dia este, onde cada pessoa
seja ela religiosa ou não,
em qualquer lugar do mundo,
tem que parar, tem que pensar,
tem que se curvar pelo
menos um segundo e festejar
o nascimento de
Jesus Cristo,
pois haverá sempre
alguém desejando um
Feliz Natal
e, não importa de que
maneira isto é feito,
importa sim
o seu significado
e a marca registrada
da presença eterna do
Messias
em cada Ser Humano!

5 thoughts on “Três poemas de Natal, na criação de Paulo Peres

  1. Passando aqui para desejar a todos muito amor e paz.

    Te desejo vida
    Flávia Wenceslau

    “Eu te desejo vida, longa vida
    Te desejo a sorte de tudo que é bom
    De toda alegria, ter a companhia
    Colorindo a estrada em seu mais belo tom

    Eu te desejo a chuva na varanda
    Molhando a roseira pra desabrochar
    E dias de sol pra fazer os teus planos
    Nas coisas mais simples que se imaginar
    E dias de sol pra fazer os teus planos
    Nas coisas mais simples que se imaginar

    Eu te desejo a paz de uma andorinha
    No voo perfeito contemplando o mar
    E que a fé movedora de qualquer montanha
    Te renove sempre e te faça sonhar

    Mas se vier as horas de melancolia
    Que a lua tão meiga venha te afagar
    E que a mais doce estrela seja tua guia
    Como mãe singela a te orientar

    Eu te desejo mais que mil amigos
    A poesia que todo poeta esperou
    Coração de menino cheio de esperança
    Voz de pai amigo e olhar de avô

    Eu te desejo muito mais que mil amigos
    A poesia que todo poeta esperou
    Coração de menino cheio de esperança
    Voz de pai amigo e olhar de avô”

    https://youtu.be/nOqg-qlNEVc

  2. Poeminha de Natal

    Desde os tempos mais remotos

    Diziam as profecias

    Que viria a este mundo

    O esperado Messias.

    Num pequeno povoado,

    Lá longe, no Oriente,

    Por um anjo anunciado

    Ele estaria com a gente.

    A jovem abençoada,

    Que se chamava Maria

    Foi então a escolhida

    Pra nos dar essa alegria.

    Fruto do amor divino,

    Nasceu num rastro de luz

    Esse lindo Deus-menino

    A quem se chamou Jesus.

    Ele veio pra mostrar

    O Seu exemplo ao mundo:

    Da humildade, do perdão

    E do amor mais profundo.

    Nesta época de Natal

    Vamos celebrar bastante,

    Mas nos lembrarmos primeiro

    Do Aniversariante!

    Quem nos guia, nos conduz…

    Parabéns, Menino Jesus!!

    ©Oriza Martins

  3. Simplesmente assino, a todos, com o desejo de um Natal diário, da vinda, de Jesus a nós, nos trazer o Código da vida- seu Evangelho de Amor à Deus e ao Próximo, para iluminar o Caminho da Luz Divina, para nossas Almas.

  4. Buda profetizou Jesus ?
    Antonio Carlos Rocha
    “Na época, ó monges, em que os homens viverem até a idade de 80 mil anos, surgirá no mundo o Perfeito, o totalmente desperto, o senhor chamado Metteya (Amizade) dotado de saber e de boa conduta, caminhando no bem, conhecendo os mundos (…) Ele ficará à frente de uma ordem que compreenderá vários milhares de religiosos, da mesma forma que eu, no presente, estou à frente de uma ordem que compreende centenas de religiosos” (Digha Nikaya, III,76).

    – fonte: “O Pensamento Vivo de Buda”, editora Martins, 1965, pág. 65.

    – Os “80 mil anos” podem ser um problema de tradução da língua páli, falada no século VI antes de Cristo, deve ser os 80 anos que nós conhecemos na atualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *