TRF-5 suspende um dos pedidos de prisão preventiva de Eduardo Cunha

Cunha ainda cumpre outras duas prisões preventivas

Gabriel Palma
G1 / TV Globo

A Primeira Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região concedeu nesta quinta-feira, dia 14, habeas corpus para Eduardo Cunha em uma das prisões preventivas do ex-deputado e ex-presidente da Câmara.

Cunha, porém, permanecerá preso em razão de outros mandados de prisão preventiva decretados pelas justiças federais de Brasília e do Paraná, em ações às quais ele responde, por suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo a Petrobras e a Caixa Econômica Federal.

ODEBRECHT E OAS – No caso em que ele recebeu o habeas corpus, Cunha é investigado por recebimento de propina em troca de favorecimento às empreiterias Odebrecht e OAS nas obras do estádio Arena das Dunas, em Natal, para a Copa do Mundo de 2014.

O tribunal suspendeu a prisão preventiva por dois votos a um. Participaram do julgamento os desembargadores federais Elio Wanderley de Siqueira Filho, Francisco Roberto Machado e Alexandre Luna Freire.

“SEM RISCOS” – No pedido, a defesa de Eduardo Cunha argumentou que não há mais riscos a ordem pública, já que Cunha ‘não detém mais grande poder de influência política no âmbito nacional’ e que o partido político (MDB) ‘não está mais nos poderes executivos e estaduais, nem compõe a maioria no poder legislativo’.

A defesa também argumentou que ‘não há qualquer indício de risco de fuga do paciente’, outro motivo que embasou a decisão de prisão preventiva de Cunha nessa ação.

“PRISÃO ABSURDA” – O pedido de prisão preventiva pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte foi proferido no dia 6 de junho de 2017.  “Essa prisão é um absurdo. Ela se refere a uma investigação de 2014 em que os próprios delatores disseram que esses fatos não aconteceram. É uma ação penal destinada ao fracasso”, comentou Pedro Ivo Velloso, um dos advogados que atua na defesa do ex-parlamentar, em conjunto com Ticiano Figueiredo e outros profissionais.

7 thoughts on “TRF-5 suspende um dos pedidos de prisão preventiva de Eduardo Cunha

  1. A Bolivia ganhou uma Bozocraudia !!!
    Olha o twitter da megabofa:

    “Sonho com uma Bolívia livre de ritos satânicos indígenas, a cidade não é para os índios, que saiam daqui para os Andes ou para o chaco”

    Bozocraudio dizia o mesmo dos índios em Brasilia.

    A ver qual dos dois ‘morre na praia’ primeiro….

    Falando em Satã, não bastasse o molusco solto, olha o Cunha aí….

    • E tá lá a vampirona, encheram o pescoço dela de ouro, acha que virou a Jefa…

      E todas as plantas de coca, incluindo a receita que gera á Bolívia, decidiram ir morar em Atlântida.
      O trajeto é secreto que os trampanaros podem estar numa emboscada, esperando a passagem do comboio…

      • “Entrou na sede do governo, depois de dar posse a si mesma, brandindo uma Bíblia e dizendo que Deus estava de volta ao poder.

        Na cerimônia em que empossou novos comandantes das Forças Armadas, a Bíblia estava presente de novo, entre duas velas acesas.

        O Livro, se bem se lembram, também foi usado pelo miliciano Luis Fernando Camacho, que invadiu o palácio e rezou, de joelhos, evocando o Altíssimo.”

        BOZOFEBRE sulamericana ?
        GEADA em pleno 16 de Novembro?

        E a trumpanagem-bozominima continua negando a Realidade, dia sim dia não, latrinicamente….

  2. Enquanto isso….

    Em áudio vazado, Silas Malafaia revela sua grande decepção com Jair Bolsonaro, afirma que Bolsonaro chamou Magno Malta para ser ministro, sim, e ainda lhe ofereceu um cargo com salário de R$ 60 mil como prêmio de consolação. O pastor ainda chamou Osmar Terra de babaca.

    http://bit.ly/2CRtBpm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *