Tribunal nega pedido de habeas corpus a José Dirceu

José Dirceu vai continuar em liberdade, por enquanto…

Deu na Agência Brasil

A Justiça Federal negou nesta sexta-feira (3) pedido de habeas corpus contra eventual prisão do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu na Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Na decisão, o desembargador Nivaldo Brunoni entendeu que o receio de ser preso não comporta decisão preventiva do Judiciário. Ao rejeitar o pedido, o desembargador asssinalou que o fato de o ex-ministro ter sido citado pelo empresário Milton Pascowitch, em depoimento de delação premiada, não significa que ele será preso.

Na quinta-feira (3), ao protocolar o pedido no Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, o advogado de Dirceu, Roberto Podval, argumentou que, devido à dinâmica das investigações, “tudo leva a crer” que Dirceu está prestes a ser preso.

“No âmbito da Operação Lava Jato há investigados presos preventivamente e outros foram soltos mediante a fixação de condições pela autoridade ora apontada como coatora. Além destes, muitos foram conduzidos para prestar depoimento, mas sequer chegaram a ser presos”, disse Brunoni.

O ex-ministro cumpre prisão em regime aberto por ter sido condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão.

One thought on “Tribunal nega pedido de habeas corpus a José Dirceu

  1. Que final trágico espera o “chefão” da máfia petista. Perdeu mandato, perdeu possibilidade da presidência, perdeu a liberdade. O que mais falta perder? Fugindo de um lado para o outro, pedido de “habeas corpus” com justificativas dignas de um canalha. Envelhecido física, moral e mentalmente. E tudo para defender crápulas, companheiros de ontem e traidores de hoje. José Dirceu está a receber o que merece. Sem que seja preciso perdoar seus erros, mais uma vez agradeço à Roberto Jeferson. Sem ele, certamente, estaríamos piores ainda. Está pagando o que devia e nos brindando com a cabeça do “Zé” na bandeja e a derrocada total do PT.
    José Dirceu, o assessor dos corruptos, corruptor de um governo inteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *