Tudo caminha para Lula se materializar em Haddad para chacoalhar a eleição

Resultado de imagem para fernando HADDAD

A vantagem de Haddad é sua baixíssima rejeição

Eliane Cantanhêde
Estadão

A grande novidade da eleição presidencial, tão pulverizada e incerta, está para surgir: a entrada em cena do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, que une o útil, a força do ex-presidente Lula, ao agradável, a sua própria imagem, que extrapola o PT. Condenado, preso, longe de holofotes e microfones, Lula mantém seus inacreditáveis 30% das pesquisas, numa eleição com tantos nomes e nenhuma certeza. Logo, Lula é quem tem o maior capital e o maior potencial de transferência de votos.

Livre, passando ao largo de denúncias de corrupção, Haddad é aquele bom moço sem a pecha, as marcas e as cicatrizes do PT e amplia o leque de eleitores do partido. Petista só vota em petista, mas tem muita gente que não morre de amores pelo PT, mas poderia votar de bom grado no professor Haddad.

COMPLEMENTO – Lula e Haddad, portanto, se complementam. Um tem voto, mas alta rejeição. O outro não tem voto, mas não tem rejeição. Um garante a largada, o outro tem de fazer o resto, ganhar fôlego, abrir horizontes. Ou atrair as elites, assim como José Alencar, em 2002, atraiu o capital.

De bobo, Lula não tem nada, muito pelo contrário. E ele acha plenamente possível que em algum momento seja solto, mas dificilmente trabalha com a hipótese de ser candidato até o fim. Sabe que sua candidatura tem mil e uma utilidades, mas é uma ficção.

Aliás, será mesmo que Lula gostaria de voltar à Presidência? Ele saiu do Planalto com 80% de popularidade, governou com a herança bendita de Fernando Henrique e numa época de prosperidade na América do Sul raramente vista. Voltar para quê? Para enfrentar a crise, a dívida, os 13 milhões de desempregados e os Estados falidos?

MAIS UM POSTE – É muito mais cômodo – e prudente – que Lula use a “candidatura” para manter força política, exposição na mídia e carregar um candidato nas costas. Alguém que não precise ter o que ele já tem, mas agregue o que ele não tem. Quem poderia ser, além de Fernando Haddad?

Lê-se que Haddad acaba de se lembrar que é bacharel em Direito, foi buscar a carteira da OAB e vai integrar a equipe de defesa de Lula – já tão congestionada, causando atropelos e batidas. Para disputar com Cristiano Zanin, que está desde o começo? E com Sepúlveda Pertence, que é um ás?

Logo, o advogado Haddad tem um único objetivo: obter passe livre para entrar e sair da prisão de Curitiba, com acesso direto a Lula. E não me venham dizer que vão falar de flores. O (muito) mais provável é que falem de… eleição.

PETULÂNCIA – Até aqui, Jair Bolsonaro está isolado na liderança, petulante ao ponto de prever vitória em primeiro turno, e o segundo pelotão está embolado com Marina, Ciro, Alckmin e, tentando correr atrás, Alvaro Dias. O resto é o resto. Mas a entrada de Haddad para valer tem potencial para dar uma boa chacoalhada nisso.

O primeiro efeito tende a ser nas pretensões de Ciro, que só chegou até onde chegou no vácuo do PT, troca desaforos com a própria sombra e cria constrangimento para empresários na casa deles, a CNI. A um sinal de Lula, boa parte dos votos do Nordeste migram para Haddad. E, sem Nordeste, não há Ciro.

OS EXTREMOS – Consolidadas a direita, com Bolsonaro, e a esquerda, com Lula materializado em Haddad, que o centro trate de jogar a sério, deixando vaidades de lado. O treino está acabando e a pergunta é: quem quer levar a culpa por um segundo turno entre Bolsonaro e PT?

Tem candidato que não tem voto para se eleger, mas tem para impedir as chances do centro. Aliás, é isso que Fernando Henrique e o próprio Alckmin tentam dizer para Alvaro Dias, que divide os votos de centro no Sul. Assim como não seria surpresa a candidatura de Haddad a presidente, não seria a de Dias ao governo do Paraná.

17 thoughts on “Tudo caminha para Lula se materializar em Haddad para chacoalhar a eleição

  1. Eliane, não força q o pt n ganha mais m.. nenhuma e não vai chacoalhar p… nenhuma tb. Vcs da Globo estão tremendo com a eleição do Bolsonaro. Vão entrar no prumo.

  2. O que te encanta em Bolsonaro?

    Porque ele tem 3 filhos políticos?

    Porque ele votou a favor da reforma trabalhista?

    Porque a lei trabalhista, segundo ele, tem que beirar a informalidade?

    Porque ninguém sabe o motivo da saída dele do exército precocemente e se a reforma é remunerada ou não?

    Porque é um ultraliberal?

    Enfim, ele é mais do mesmo.

  3. Perder uma copa do mundo não é nada.

    Perdemos o fundo soberano.
    Perdemos o ciência sem fronteiras.
    Dividimos como irmãos o pré-sal.
    Estamos vendendo nossas reservas em dólares com operações de swaps.
    Perdemos direitos trabalhistas.
    Estamos tirando dinheiro da Educação, segurança e saúde para pagar a dívida pública.
    Terceirizamos nossos trabalhadores.
    Entregando nossas empresas.
    Isenções fiscais para bilionários.
    Reforma da previdência sem provar se existe déficit.

    etc….

    É isso que queremos?

  4. “Voltar para quê? Para enfrentar a crise, a dívida, os 13 milhões de desempregados e os Estados falidos?”
    Não, voltar para acabar de raspar o tacho e depois culpar os outros pela crise.
    Haddad vai entrar para desempenhar no Brasil o papel do Héctor Cámpora, de assumir o poder apenas para favorecer seu líder. Sua vitória será um golpe severo para o estado de direito, e tornará os políticos corruptos intocáveis e inamovíveis. Mas nossa intelectualidade liberal certamente ficará feliz com isso.

  5. BASTA. CHEGA DOS ME$MO$. FORA TODO$. VEM COMIGO BRASIL. SIMBORA PARA O FUTURO. EVOLUIR É PRECISO. Em verdade eu vos digo: o Obrador original, autêntico, brasileiro, esse cabecinha branca que vos fala, anti-continuísmo da mesmice de verdade, com projeto próprio, novo e alternativo de política e de nação, com nome, sobrenome (RPL-PNBC-DD-ME), começo, meio e fim, que prova a que veio, tem potencial para ir além do Obrador mexicano, arrebanhar até cerca de 70% de apoio popular, face ao poderio natural do megaprojeto que bate de frente contra o establishment apodrecido e muda de verdade, para melhor, a política e o país, que pede a rendição do $istema político podre, em prol da redenção da nação e da população, a medida que faz o contraponto ideal aos últimos 128 anos de continuísmo da mesmice da república 171 do partidarismo eleitoral, do golpismo ditatorial e dos seus tentáculos, velhaco$, que perfazem a plutocracia putrefata que aí está, há 128 anos, com jeitão de cleptocracia e ares fétidos de bandidocracia sob a égide do $istema político apodrecido, com prazo de validade vencido há muito tempo, que mantém a política, o estado, o mercado e a população capturados, dominados e manipulados por bandidos mancomunados, que nos fazem suas vítimas, reféns, súditos e escravos, e dos quais urge nos libertarmos, como propõe o HoMeM do Mapa da Mina do bem comum do povo brasileiro, via RPL-PNBC-DD-ME, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, com Democracia Direta e Meritocracia Eleitoral, e, sobretudo, porque urge recuperarmos o tempo perdido e nos livrarmos da perda de tempo imposta pelo continuísmo da mesmice do $istema político podre. https://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/360948/%C3%89tica-nacionalismo-e-pol%C3%ADticas-sociais-elegeram-Obrador-no-M%C3%A9xico-diz-pesquisadora-da-Fiocruz.htm

  6. Haddad vai dividir ainda mais os 30% de votos da esquerda. Nunca passou disso no 1º turno. Lula quer que vence qualquer um, menos alguém da esquerda para fazer frente a sua hegemonia na área. Afinal ele é uma idéia. É o Padim Ciço da política.

    • E, o Haddad conseguiu perder para um boneco, ainda, no primeiro turno. Ele vai tirar votos do Coroné e da Cobra Amazonense e com isto, sobe a candidatura do Picolé de Chuchu.

  7. Tenho dúvidas se a Eliane é uma analista isenta ou admiradora inconfessável do Haddad(coisas de mulher?) . Petralha eu sei que ela não é.

  8. “Disconcordo” de quase tudo.
    E principalmente da jornalista Eliane Cantanhede que embora muito boa jornalista e com boas fontes, ta forçando a barra seguindo as ordens da cúpula da Globo.
    Fernando Haddad não é “limpo”.
    Ta no lixo tambem:

    https://www.oantagonista.com/brasil/pf-indicia-fernando-haddad/

    Não adianta forçar a barra!
    O pestilento do Lula e sua propriedade. ..o PT não vão mais para lugar algum.
    Parem de sofrer, esquerdistinhas imbecis.
    Façam como nosso editor CN que embora seja esquerdista (mas é um sujeito honesto intelectualmente e politicamente) .
    Esqueçam essa pressão fake do PT e Lula.
    Essa eleição tem tudo para ser Bolsonaro.
    Gostem uns poucos ou não.

  9. 1) O então candidato Lula ficou mais de duas décadas dizendo que ia fazer e acontecer…

    2) Eu acreditei…

    3) Qdo chegou aos poderes fez o contrário e ele mesmo disse que os banqueiros ganharam muito dinheiro no governo dele.

    4) Agora ele quer voltar e ser presidente novamente, diz que vai fazer o que não fez…

    5) Quem é que garante? Eu não acredito mais no petismo/lulismo/ex-querdismo…

    6) Mas não voto nos direitistas…

  10. O Haddad vai acabar tirando os votos do Coroné, no Nordeste e nem isto vai ser suficiente para ele ir para o segundo turno. Se o PT não se unir com o Coroné, vão jogar a eleição no colo do Bolsonaro.

  11. A Eliane deve estar querendo uma boquinha de assessora do picolé de chuchu, com o Haddad ou com o Bolsonaro, enfim com a turma da famigerada “elite cheirosa” do aécio e cia, que enfiaram o golpe do ú do povo, e ainda tem a cara de pau de se meterem em política e mais do que isso, não querem largar das tetas do erário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *